Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Com nova formação, gravação de documentário e clipe, Vespas Mandarinas se apresentou em São Paulo
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Cinco dias depois da saída do baixista Flavio Guarnieri , a banda Vespas Mandarinas (leia entrevista) fez seu primeiro show como Power ...

Cinco dias depois da saída do baixista Flavio Guarnieri, a banda Vespas Mandarinas (leia entrevista) fez seu primeiro show como Power Trio.

O show marcou o lançamento da nova formação, além da gravação de um documentário que deve sair em breve e o clipe da música A Man Without Qualities, do EP lançado recentemente.



Começando por volta de 01h10 da manhã, a banda tocou pela primeira vez no formato com Thadeu nos vocais e baixo, Chuck nos vocais e Guitarra, além de Andre Déa na bateria.

A primeira música a ser tocada foi uma música que a princípio achava ser de um futuro trabalho do grupo, mas na verdade era um cover que inclusive o baterista Déa não conhecia a música até ensaiar para o show, essa música se chama Neste Deserto, do grupo Cabine C.

Sasha Grey foi a segunda música a ser tocada e seguiu com Daqui Pro Futuro, música que deve estar presente no próximo disco da banda. Com  a letra contendo "Tente não pensar, tente esquecer
Nem tudo acontece por uma razão", que é uma das diversas partes que lembrar o momento atual da banda.

Composta em parceria com Arnaldo Antunes, A Prova foi a primeira música do Animal Nacional a ser tocada e a partir daí que a galera ficou mais agitada e envolvida com o som que estava sendo tocado ali.


Já com Nevilton nas guitarras, foi apresentada uma versão com uma arranjo diferente em O Heroi Devolvido.
Nessa música Chuck e Thadeu erraram a letra diversas vezes, talvez até por se confundirem com o arranjo diferente tocado pelas guitarras de Nevilton, ou pelo longo tempo sem show e novos papeis que os integrantes estão fazendo. Os erros nela deixou a música até mais especial neste dia e encaixaram com "Mas no final o que faz falta é o defeito".

Que esse Dia Seja Meu, música que deve estar no próximo disco da banda, foi a escolhida para continuar. Apesar de nova, a música que está presente em praticamente todos os shows de 2015, era cantada em coro junto com o público,que modifica a letra ao vivo para "Espero que nas próximas, espero que esse dia seja meu" e também dedicou para Nevilton, quando foi tocar o solo.
Exatamente no fim dessa música, houve um principio de briga no público, que foi acalmada por Thadeu, seguindo com Santa Sampa, música que foi tocada para "abençoar a cidade e o show", como disse ele antes de começar.


Talvez sendo a música que fez com que grande parte do público presente conhecesse as Vespas, a próxima música foi Não Sei O Que Fazer Comigo, primeiro single do disco de estreia do grupo, lançado em 2013.

Lançada no mais recente EP, o show seguiu com Estrada Escura, que é composta por Taciana Barros e conta com uma versão ao vivo de aproximadamente 8 minutos, sendo dois deles uma ponte instrumental, regada a muita distorção e psicodelia. Com três guitarristas sendo usadas no show a partir desta música, preferi ela na versão ao vivo do que a versão de estúdio. Vale lembrar que isso é algo que ocorre com grande parte dos trabalhos de qualquer banda.


Rolando gravação do documentário Uma Banda Sem Qualidades e o do clipe A Man Without Quatlities, a música Um Homem Sem Qualidades foi tocada duas vezes nesta noite, uma para desfrute da plateia e do vocalista Thadeu e outra para a filmagem do clipe, com um Thadeu mais contido, que não veio para a galera (na segunda versão) e é a filmagem que será usada no clipe, que mescla partes do ao vivo com partes das gravações da versão em inglês no estúdio.


Antes do show eu fiz uma entrevista, para o documentário que saíra em breve e uma das perguntas era "O que você espera do show de hoje?", eu disse que pela sonzeira da banda e pelo local do show, esse show seria aquele para quem não conhece a banda sair amando ela de lá de dentro. Pois então, foi exatamente isso eu que vi, o local intimista, todas as novidades, participações especiais (a partir de certo momento chegou a ser um quinteto, com 3 guitarristas), a gravação de um documentário, de um clipe e diversos outros fatores fizeram que ao longo desse 1 ano e 3 meses que acompanho a banda, esse seja o melhor show que já vi das Vespas Mandarinas e espero que todos sejam tão bons quanto esse.

O próximo show da banda é dia 30 na TEX, com evento e horário a ser divulgado em breve. Conheça a casa aqui!!


Postar um comentário

 
Top