Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Bula toca Charlie Brown Jr., Motorocker toca pela primeira vez em SP e Matanza lança novo CD em São Paulo
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Neste último Sábado (09/05) as bandas Bula   e Matanza se apresentaram em São Paulo, no Aquarius Rock Bar, localizado na Zona Leste. L...

Neste último Sábado (09/05) as bandas Bula  e Matanza se apresentaram em São Paulo, no Aquarius Rock Bar, localizado na Zona Leste.

Leia resenha abaixo:

Por volta das 22h50 (horário  previsto era 23h), a banda liderada pelo Marcão (ex-guitarrista do Charlie Brown Jr.) entrou no palco e começou o show com a faixa Dilemas. A segunda faixa foi o primeiro single e clipe  a ser lançado pela banda, a música Duas Caras.


Sendo a primeira banda e experiência em que Marcão é  o frontman, ele também tocou no show a música Ela Nasceu Pra Mim, que tem letra feita por Chorão/Marcão/Thiago Castanho e instrumental de todo o Charlie Brown Jr.

Falando no instrumental, ele deve ser a parte que mais destacada da banda, principalmente para quem estava conhecendo a banda no dia do show. Músicas como Anthem (Rush)/Doses Gigantes,  Bilhetes de Ida, Armas de Lado (com o backing vocal da baixista Lena) e  Não Estamos Sozinhos (com o Beatbox do baterista Pinguim) são algumas das músicas que destacam o talento individual de cada um dentro da banda.

Foto: Marcela Sanches / Bula
Até então, eles já tinham tocado no Da Leoni (2x), em Santos e no Lollapalooza, tocando apenas músicas  do disco de estreia. Isso mudou no show de ontem, no Aquarius. Com a baixista Lena vestida de Nirvana, a banda tocou Come As You Are (faixa do Nirvana e já cantada pelo Chorão, durante uma edição do Altas Horas).

Normalmente a última música a ser tocada em seus shows é Não Estamos Sozinhos (faixa lançada por Marcão,  em 2013, dedicada aos seus amigos Chorão e Champignon) mas dessa vez aconteceu algo até então inédito. Depois de tocar todo o setlist e  ainda ter tempo para mais uma música,  Marcão atendeu o pedido de grande parte do público (após perguntar o que o público queria) e mandou pela primeira vez um som do Charlie Brown Jr., escolhendo a faixa Papo Reto (também com beatbox do baterista Pinguim) e levando o público fã da Bula e/ou do Charlie Brown Jr. se emocionar, com uma mistura de alegria em ouvir ao vivo essa música e tristeza por tudo que ocorreu.

Próximo show é dia 29 de Maio em Bauru.


Motorocker se apresentou pela primeira vez em São Paulo
Segunda atração da noite, a banda Motorocker se apresentou por volta das 01h, abrindo o show com a música Acelera e Freia, do disco Rock Na Veia (2010) e seguiu com a faixa-titulo do seu primeiro disco, intitulado Igreja Universal do Reino do Rock (2006). 

Voltando ao segundo disco, foi a vez de mandar duas do álbum, com Homem Livre e Rock Na Veia. Sendo aguardado por muitos fãs que não tiveram a oportunidade de sair do estado para ver a banda, ela seguiu o seu show com Salve a Malaria (terceira faixa do seu disco de estreia).

Apresentando também seu mais recente disco, lançado em 2014, foram escolhidas duas músicas do álbum para serem tocadas no show, foram eles Curva de Rio e Roqueiro Brasileiro.

Com mais de 20 anos de estrada, essa foi a primeira vez que a banda tocou em São Paulo, após tocar por diversas cidades ao longo do Brasil.

Próximo show é dia 15 de Maio, com Velhas Virgens e Matanza, em Curitiba.
Foto: Matanza
A atração principal subiu ao palco por volta das 02h do Domingo (10)  ao coro de "Jimmy, viado" entoado pelo público O show marcou o lançamento do  disco intitulado "Pior Cenário Possível", mas esse foi o melhor cenário que a banda e o público podia encontrar num dia das mães.

Passando por todos os discos da sua carreira, as faixas escolhidas do primeiro disco foram Ela Roubou Meu Caminhão, Mesa de Saloon e Rio de Whisky.

O segundo disco teve mais músicas presentes no show, O Chamado do Bar foi a música escolhida para o show ser começado. Outras músicas do A Arte do Insulto (2006), como Não Gosto de Ninguém, Clube dos Canalhas, Meio Psicopata, Whisky Para Um Condenado e Ressaca sem Fim também estiveram no setlist.

Foto: Instagram/@rodrigo_cs7
As músicas do disco Músicas para Beber e Brigar (2003) que estavam presentes no show foram Bom É Quando Faz Mal, Todo Ódio da Vingança de Jack Buffalo Head e Pé Na Porta, Soco Na Cara.

Divulgando o mais novo disco da banda, intitulado Pior Cenário Possível (lançado há quase um mês), a primeira faixa do recém-lançado foi A Sua Assinatura (primeira faixa do disco).
Com o andamento do show, outras músicas do novo disco foram tocadas, são elas: O Que Está Feito Está FeitoMatadouro 18, Chance Pro Azar, Orgulho E Cinismo e A Casa em Frente ao Cemitério.

Foto: Instagram/@belzkayo
Dos últimos dois discos da banda, (sem contar o mais recente) apenas cinco músicas estiveram presentes no total. Do intitulado Odiosa  Natureza Humana foram tocadas Ela Não Me Perdoou, Remédios Demais e Carvão, Enxofre e Salitre. Já do disco Thunder Dope (2012) foram escolhidas Mulher Diabo e Pane Nos Quatro Motores.

Com cerca de 25 músicas, o show acabou por volta das 03h do dia 10. O próximo show é 15 de Maio, em Curitiba.

Postar um comentário

 
Top