A utopia do fim da pandemia em novo clipe de Bluebagbang: Corpo na Rua

 
Foto: Gabrielle Angelim

Bluebagbang, projeto baseado em São Paulo (SP), fundado por Marina Hungria, natural de Itapetininga (SP), dá o pontapé inicial no seu segundo EP, intitulado O Que Vale a Pena, e divulga a faixa Corpo na Rua, disponível a partir de hoje (11) nas plataformas de streaming, acompanhado de um videoclipe produzido pela própria artista. Assista aqui

Seguindo o mesmo processo do EP Manifesto dos Ventos Delirantes, lançado em junho do ano passado, a compositora foi responsável pela gravação, composição e produção de todas as faixas registradas em seu home studio, Thiago Pethit na direção vocal e Rodrigo Florentino assina a mixagem e masterização.

A frase "corpo na rua e copo na mão" foi escrita por um usuário no Twitter e inspirou Marina na criação da canção: "Pensei em como será o momento da celebração do fim da pandemia, haverá um grande carnaval fora de época? Será registrado nos livros de história como a fotografia do beijo pós-guerra de 1945? Após muita reflexão, saiu essa música cheia de expectativas positivas do futuro, quando estaremos, enfim, todos na rua celebrando", revela a artista.

Clipe

Marina idealizou, produziu, editou e dirigiu o videoclipe ao qual interpreta a música à frente de imagens projetadas de um filme de 1945 gravado no carnaval de rua da capital do Rio de Janeiro, que também compõe a capa do EP.

"A ideia é tentar traduzir o sentimento de estar na rua, do carnaval, mesmo que sendo numa projeção de um futuro não tão próximo", pontua a compositora.

OUÇA AQUI

ASSISTA CORPO NA RUA AQUI


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde