quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Mattilha lança EP "A Carne É Fraca", leia resenha e ouça aqui!!


Estreando com o disco Ninguém É Santo, lançado em 2014, ele teve a "fórmula" do sucesso e rendeu mais de 100 shows em 6 estados diferentes, além de um maior reconhecimento nas mídias, passando por rádios, sites reconhecidos e clipes na TV, como em Feita Pra Mim.

Antes mesmo de lançar oficialmente, o EP A Carne É Fraca já teve o single Depois das 3 (Rua Augusta) tocado nas rádios e com clipe passado na TV.

Mantendo a identidade da banda, a faixa-título começa com uma introdução mesclada entre guitarra e bateria, antes de entrar uma letra que combina perfeitamente com a arte do disco, feita pelo Felipe Geciani.

Qual É O Seu Veneno? começa uma puxada de bong e agora, invés de guitarras mais rockeiras, a música traz (ao menos no começinho) uma pegada mais country, que logo é deixada de lado, com a bateria pesada que segue no fundo de toda a letra.

A banda deu um upgrade nos estúdios e trouxe para o EP um backing vocal que não contava nos shows, feito por Marcello Pompeu (Korzus) que também é o produtor do lançamento da Mattilha. Outro integrante do Korzus que teve um papel fundamental no EP é o Heros, que fez o Mix e Master d'A Carne É Fraca.

Uma das coisas, além de música, que os integrantes da Mattilha entendem é da Rua Augusta, onde já fizeram diversos shows e festivais. Tudo isso é trazido em Depois das 3 (Rua Augusta), primeiro single do EP e que consegue resumir bem os acontecimentos da rua mais badalada de São Paulo.



Se o disco começa com A Carne É Fraca, trazendo guitarra e bateria num estilo que já é da identidade da banda, a mesma música também foi escolhida para fechar o EP, mas agora deixando guitarra de lado e colocando violão em seu lugar, além de trocar bateria pesada da banda por batidas mais leves. Numa versão mais curta, a faixa ainda tem a participação de Richard Lintulahti nas cordas.

Ouça o EP A Carne É Fraca:



Leia entrevistas com a banda aqui e aqui.
Saiba mais sobre o Canil Fest III, que acontece sábado, aqui.

Nenhum comentário:
comentários