MUSO SOUP SINGLES #37.1: Jesse Grossi, Raleÿell, Kaiyi, Megzz, Diamond Blacc e mais passando pelo Rock, Folk, Pop, R&B e Hip-Hop



ROCK
01 - THE HELL BEINGS
Banda britânica, eles estão no site pela primeira vez com uma faixa lançada nas plataformas de streaming em Dezembro, mas que hoje é apresentada por nós para o público brasileiro.

Trafegando por vertentes como o alternativo, grunge e stoner, eles tocam por 2min15 uma metáfora sobre sofrimento e sonhos e o esforço do universo em tirar eles de nós, com esse lirismo unido a instrumental e linhas vocais acelerados até mesmo com tom de desabafo. 

A faixa pode ser ouvida aqui:



02 - JESSE GROSSI
Presente no site pela sétima vez, Jesse lançou no início de Setembro a faixa 'Grow Up', onde mescla o alt/indie rock a uma linha vocal repleta de ótimas harmonias dentro um lirismo que fala sobre tentar enfrentar a maturidade e lidar com as lutas de envelhecer, mas ainda agindo como uma criança, como o próprio artista comenta em release oficial.

Instrumentalmente ainda podemos notar elementos do ska e reggae ao longo de uma faixa e videoclipe de 3min de duração. 

Assista:



03 - RALEŸELL
Banda de Israel, eles estão no site pela segunda vez e agora com uma faixa lançada nas plataformas de streaming ontem (13).

Neste trabalho, eles mesclam entre o indie rock e elementos do pop presentes numa faixa repleta de backing/principal vocals harmonicos e muito bem encaixados a uma linha instrumental envolvente e que certamente poderá ser definida como um dos hinos da banda, fazendo um ótimo crossover entre o pop e o rock. 

A faixa pode ser ouvida abaixo:





FOLK
04 - BRIAN ALLISON
Norte-americano, ele estreia em nosso site com uma faixa escrita quando a pandemia estava no início e nenhum de nós ainda entendia muito bem o que estava acontecendo. Com isso também veio uma montanha russa de emoções e sentimentos que se estenderam para 2021 e ainda ainda está presente em muitas pessoas.

Liricamente, a faixa 'Keep Your Head Up' fala sobre como encontrar força em tempos difíceis, além de unir essa ótima temática a um belo arranjo de cordas, linhas vocais e elementos que se encaixam tanto nos gêneros já citados, como também no cinemático e contemporâneo que leva o ouvinte por uma jornada emocional, edificante e esperançosa.

Ouça:




05 - DAVE MOHAN
Trazendo uma faixa toda acústica, Dave Mohan aparece pela primeira vez no site com a faixa 'Broken Angel' em nova roupagem divulgada em todas as plataformas de streaming no último dia 23. 

Com seu vocal destacado embalando o piano e sendo bem mesclado com backings, liricamente ela faz uma homenagem a todos que deram tudo pelos outros, apesar do preço. Pode ser para quem encontrou anjos desprevenidos ou para quem a vida nunca mais será a mesma após alguma ação. 

A faixa que passa pelo folkpop, soul, lounge e contemporâneo pode ser ouvida abaixo:




POP
06 - KATE BRUNOTTS
De NYC, ela e lançou como artista em 2018 e desde então revelou já diversos singles e álbuns nas plataformas de streaming. Entre eles, 'Projections', divulgado no último dia 20.

Com elementos intimistas do lo-fi e dream pop unidos a uma produção do bedroom pop, ela ainda traz elementos do cinemático (principalmente por conta dos beats) a uma linha vocal praticamente recitada ao longo de um lirismo fala sobre celebrar quando algo positivo acontece e nós simplesmente curtimos, sem analisar friamente. 

"Eu produzi essa música depois de finalmente ouvir Tyler the Creator e Kanye, e simplesmente estar tão inspirado pelo uso de samples. Essa música parece agosto para mim - quente, pegajosa e nostálgica", comenta a artista sobre o single do seu EP "All Caps", a ser lançado no próximo dia 24.

Uma amostra dele pode ser ouvida abaixo:




07 - KAIYI

Nascida em Hong-Kong e vivendo em NYC, ela é uma produtora/engenheira de mixagem e multi-instrumentista que fez um trabalho DIY em 'Headspace', faixa divulgada no último dia 10 e que trafega por diversas vertentes do pop, como o eletrônico, alternativo e indie, além de liricamente descrever a sensação de gostar de alguém em um momento de indisponibilidade emocional, com sentimento que podem ser captados tanto na letra, quanto na produção, toques instrumentais e paisagem sonora. 

Como contam em release oficial, ao fazer essa música, KAIYI projetou sua própria gravação no estúdio em que estagia, indo e voltando entre as duas salas, tocou e gravou o piano ao vivo ouvido no início, e também mixou a música.

Ouça:



R&B
08 - MEGZZ

É uma artista independente que trafega por estilos como o Pop, R&B e Neo-Soul, estes dois últimos presentes em 'Checkmate', faixa lançada há praticamente um mês nas plataformas de streaming.

Passando por esses estilos, ela fala liricamente sobre a mudança de um parceiro que está brincando com suas emoções e busca trazer para o ouvinte a mensagem "se você jogar com as emoções de alguém, sempre perderá; se for honesto, sempre ganhará, mesmo que seja 'não estão jogando o jogo deles' e isso é o Checkmate". Podendo ser considerado como um divisor de águas, esta faixa foi a responsável por ampliar a confiança de Megzz como mulher, letrista e artista.

Ouça e conheça mais trabalhos dela abaixo:




HIP-HOP
09 - LIL BEETLE
Australiano, Lil Beetle lançou no último dia 20 a faixa 'Let Me Go' em todas as plataformas de streaming e a qual iremos falar um pouco sobre abaixo.

Unindo rap, elementos do R&B e batidas graves do hip-hop, ele fala sobre o quão longe conseguiu chegar musicalmente e emocionalmente, explorando também uma época mais pesada do seu passado e de quando não sabia se iria conseguir seguir em frente, de um tempo que ele tinha a sensação de ser pressionado e queria ser deixado ir. Foi a primeira faixa do artista que trouxe um teor mais emocionante e pessoal, principal por conta das coisas pesadas e de não conseguir seguir em frente a que ele se refere são as drogas e os efeitos dela no seu redor. 




HIP-HOP
10 - DIAMOND BLACC
Depois de 'Out', divulgada por nós recentemente, ele está de volta com a faixa 'Poppin', que foi divulgado na primeira quinzena do ano mas merece nosso destaque por aqui.

Presente no EP de estreia, intitulado "Shannon's Son" um flerta entre hip-hop, trap e vocais com autotune numa faixa que liricamente fala sobre como encontrar a si mesmo e a beleza que contém. A música é um testamento para a mente e a crença em si mesmo, atraindo os ouvintes tanto por conta de seu estilo vocal, como também pelos beats envolventes de uma faixa que não deixará o ouvinte parado. 

Ouça:


Postar um comentário

0 Comentários