MUSO SOUP SINGLES #22.1: Bridges, J.Levi, Bethan Wyn, Daggerplay, Rootabagga e mais artistas com singles voltados para o R&B, pop, folk, música latina e experimental



01 - BRIDGES
Diante de tudo, 2020 foi um ano de aprendizado para a banda britânica, que teve ajuda de Youtubers para entender o básico de como gravar e produzir suas músicas diretamente de casa. Com esse aprendizado, eles lançaram uma demo que, apesar de ter sido gravada em quarto, teve um resultado melhor que o esperado.

Algumas das faixas foram selecionadas para serem lançadas ao longo de 2021, 'Rabbit' é uma delas, com guitarras harmônicas, elementos instrumentais do Reino Unido em seu background e um vocal típico do indie rock, estilo principal da banda. Ouça abaixo:




02 - KHAKI FEVER
Lançado em Março, 'I Got This Feeling', é o primeiro single de Khaki Fever e escrita ano passado, como um modo de erguer o mundo com seu groove dançante, unido a um vocal marcante, riffs muito bem executados ao longo da música, sem falar dos belíssimos instrumentos de sopro presentes em diversas partes da faixa dançante e que envolve o ouvinte do início ao fim.

Khaki Fever (pronuncia-se Kar-Kee-Fee-Ver) é um duo que apresenta um groove inspirado por bandas como Jungle e Parcels. Parte de seu som épico vem do uso de instrumentação orquestral, semelhante a bandas como Florence and the Machine, Foals e Kasabian. Enquanto Khaki Fever são bastante pesados ​​de sintetizadores, eles mantêm uma sensação ao vivo e atmosfera sobre eles provenientes de vários gêneros, como indie, rock, funk e pop. Com um som tão diverso e variado, Khaki Fever tem algo a oferecer a todos!




03 - SILAS ARMSTRONG
Ele é um artista britânico, que lançou recentemente 'Lost On You', terceiro divulgado pelo artista em 2021 e que, composto ano passado, expressa a emoção da divisão na sociedade atual, trazendo como inspiração o Kanye West (aka 'Love Lockdown' e 'Heartless'). Inspirando-se no início de Kanye West e Michael McDonald, Silas apresenta uma visão apaixonada de sua experiência.

Silas chama sua música de “pop emocional, com o poder do soul, R&B e flertes constantes com os anos 80". Tendo uma experiência tão rica quanto suas influências, ele começou como produtor de rádio no Clube de Jazz de Ronnie Scott, ele testemunhou e entrevistou artistas de todos os gêneros. Ele estava lá quando Prince fez seus shows improvisados ​​no clube e discutiu música com Quincy Jones. Cinco anos de osmose no clube mais descolado de Londres passaram, mas a música pop e a era de ouro dos anos 80 brilham em suas composições. 

Silas Armstrong escreveu seu primeiro EP solo após a morte de seu melhor amigo e vocalista. A tragédia o moldou. Ele se mantém com as pessoas em quem acredita e trabalha junto com aqueles que ama. Tendo se apresentado no Glastonbury e feito uma turnê pela Europa com o Panic at the Disco! como membro da banda, o lockdown de 2020 deu a ele o ímpeto e o material para perseguir seu sonho de uma carreira solo.

"Música ao vivo era o que eu mais sentia falta durante o lockdown, mas o espaço e o tempo para escrever essas músicas me deram a autoconfiança para liberá-las. Agora é a hora."




04 - PAUL GILBODY
Ele é um cantor britânico, que depois de passar muitos anos auxiliando diversos artistas, resolveu dar uma passo maior em sua carreira. gravando o álbum "Untwined", com o lendário produtor John Wood.

A ser lançado em breve, este será um trabalho que trafega por estilos do folk acústico ao jazz funk. 'Angel's Share' é o segundo single desse projeto, apresentando dedilhados acelerados em seu início e se mantendo ao longo da música, junto com um vocal suave e muito bem mesclado com o instrumental, que também apresenta elementos típicos não só do folk, como também da música escocesa. A faixa conta com o renomado cantor/compositor folk Adam Holmes, como vocalista participante.

O artista acredita que este álbum será do interesse dos fãs do trabalho do produtor John Wood, que inclui álbuns seminais como 'Solid Air' de John Martyn.

A paixão do artista residente no Reino Unido é aprender e crescer constantemente, enquanto inspira outros a realizarem seu verdadeiro potencial por meio de músicas animadoras e alegres. Um talentoso cantor e compositor, multi-instrumentista e músico muito procurado, Gilbody gravou e participou de vários álbuns e se apresentou ao redor do mundo, incluindo turnês europeias com KT Tunstall e abertura para o lendário Tom Jones.




05 - J.LEVI
Diretamente de Orlando, FL, o artista lançou no início de Abril a música 'Cada Mañana', onde fala sobre a viagem de 10 dias que fizeram de Orlando a Sacramento, também é uma ode à herança porto-riquenha e dominicana dela, que agora ele também tem, numa faixa sobre se divertir, aproveitar o passeio e viver o momento.

Misturando elementos do Pop, R&B, Hip-Hop e da música latina, este é o terceiro single do artista, que planeja lançar mais 7 ao longo de 2021. Ouça o resultado desa mescla interessante abaixo:




06 - BETHAN WYN
Divulgada na primeira quinzena de Abril, 'Get To Know You' é essencialmente uma música sobre a vida amorosa dos dias modernos, sobre mostrar vulnerabilidade, aproveitar o processo sem comprometer seus próprios limites, é sobre tratar de investir em alguém com base em quanto eles investem em você, enquanto explora a conexão emocionante entre duas pessoas...

Instrumentalmente, é uma música que trafega por vertentes do pop, como o contemporâneo, o comercial e o indie, mas trazendo também elementos do neo soul e o dream pop, com riffs suaves e muito bem executados ao longo da música, que pode ser ouvida abaixo.




07 - DAGGERPLAY
Diretamente de Helsinki, Finlândia, eles lançaram em Março o single 'Eastbound Subway Train', que apresenta um público um rock 'n roll enérgico, trazendo o ritmo acelerado do punk rock, mas melodias e estilo vocal típico da velha guarda celta, mostrando aí as suas raízes, em uma música inspirada na vida real, nas lutas de viver em uma cidade grande e nunca encontrar um caminho através dela. É um olhar inflexível para as dificuldades - econômicas, físico e emocional - que vêm com a existência da era moderna em que vivemos.

Ouça abaixo:




08 - ROOTABAGGA
Eles são banda canadense de rock experimental que no último bimestre de 2020 lançaram o single 'Cyborg Tears', onde mostra vários lados da banda em somente uma faixa, ao mesclar post-hardcore, screamo e metal, unidos a um instrumental regado de experimentos, com os vocais mesclando entre um sussurro baixo e gritos fortes, duros e até mesmo falsete.

Escrito como um projeto solo por Nick Piovesan, o objetivo de Rootabagga é apresentar cada parte de si mesmo musicalmente para o mundo. 




09 - COLIN AND THE CLOUDS
Lançada final de Abril, 'Clouds' é o 5º single da banda, que tem como projeto lançar uma faixa por mês, até quando puderem fazer uma tour. 

O duo sueco de eletro-pop une instrumentos ao vivo com produção eletrônica moderna para oferecer música única, mas cativante, apresentando sua identidade sonora em um trabalho que certamente prende o ouvinte durante toda a música, em um projeto DIY escrito, gravado e mixado por eles mesmos.

Eles conseguem mesclar gêneros como o eletrônico, EDM, dream pop e indie, numa só faixa pode ser ouvida abaixo:




10 - HOLLIN KINGS
Apesar de ter sido lançada há mais de um ano, a razão de estarem na lista de hoje pode ser percebida logo nos primeiros segundos de 'Hold On', que apresenta riffs pesados ao longo da faixa, solo cativante e um vocal libertador por parte do vocalista Max, principalmente no refrão de um single bem estruturado que analisa a luta contra a ansiedade.

Para admiradores do rock clássico, alternativo, hard, mas também de vocais muito bem executantes e um instrumental completamente enérgico. Ouça abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários