MUSO SOUP ÁLBUNS #9: Jordan Popky, Timothy Ray, Buenos Diaz, Mako Bron, Tertia e mais artistas passando por estilos como o folk, country e eletropop

01-  JORDAN POPKY
Jordan Popky é um cantora e compositora, que trafega pelo folk em seu projeto de estreia. Trazendo influencias como Joni Mitchell e Cigarettes After Sex, ela apresenta uma voz marcante, unida a um instrumental muito gostoso de se ouvir.

'Closer to Mine' teve letras compostas entre 2017-19, trazendo temas como saudade e conexão humana, uma coisa que se contrapõe a outra nos dias atuais.

Ouça o EP abaixo:




02 - LATIFA NUR
Seguindo pelo pop, mas também pelo contemporâneo ,como com o piano executado com perfeição no início de 'Prayers Are Answered' e um vocal principal  cheio de sotaque, mas super envolvente de se ouvir, principalmente com o backing vocal de diversos artistas espalhados pelo Reino Unido.


O EP de 5 faixas foi lançado no último dia 14 e vocês podem ouvir abaixo:



03 - CHAY SNOWDON
Em "Are You Sitting Comfortably? (Then We'll Begin)" eles mostram que todos os anos gastos para sair o EP de estreia foram bem trabalhados.

"Vocês estão sentados confortavelmente? Iremos começar." É o tipo de pergunta e afirmação que vemos um shows ou peças teatrais e esse EP é de fato um espetáculo a parte, com 'What The Kids Want' apresentando um vocal muitas vezes rasgado, mas com entonações típicas do indie rock, em um som repleto de riffs enérgicos e que com certeza arrastaria multidões, se estivéssemos numa época apta para shows.




Já em 'Tough Guys Die First' ouvimos uma música mais com a cozinha mais destacada, com o baixo se sobrepondo a guitarra em muitos momentos.

Ouça o EP abaixo:




04 - CHAOTIC NEUTRAL GANG
Mantendo a pegada rockeira da faixa anterior, apresentamos a vocês o álbum "Demonstration", que, pela faixa de abertura, traz um som mais voltado para o alternative rock, com efeitos vocais notáveis e até mesmo trazendo um som mais eletrônico, como em 'St Peter's Part I'.

Com 25min de duração, o álbum pode ser ouvido abaixo:




05 - TIMOTHY RAY
Timothy Ray é um projeto pop do músico Tim Brummel. Ele escolheu o nome desse artista porque ele é "Timothy", embora seja normalmente chamado de Tim. E o apelido que deu à esposa quando se conheceram foi Ray. Juntos foi assim que ele ganhou o nome de "Timothy Ray".

Completando 10 anos de casado, Timothy deu de presente a sua esposa um álbum com 12 músicas, intitulado "Take It In", onde ele conta desde quando se conheceram até a criação de 4 filhos juntos.

A temática por trás do álbum ganhou destaque, tendo cerca de 150 mil streams no singles que antecederam o lançamento do álbum completo.




06 - BUENOS DIAZ
Lançado na segunda quinzena de Dezembro de 2020, "Remember" foi gravado em 2018 e traz uma coleção de músicas compostas após Nick Diaz retornar de uma viagem à Índia.

As faixas básicas foram gravadas ao vivo em um gravador Tascam 388 1/4 "usando principalmente instrumentos house e amplificadores no estúdio com overdubs mínimos ocorrendo na caixa do Protools com Blackler Mastering dando os toques finais em Brooklyn, NY. 

O EP que trafega pelo Rock 'n Roll e dreampop como estilos principais, aborda temas como vício em heroína na faixa de abertura, a viagem para a Índia e mostra uma forte de influencia da harmônia rítmica e vocal dos Beatles na faixa 'I Want You', trazendo um solo que caberia facilmente na carreira solo de George Harrison nos anos 80. Já 'Raindrops' fecha o EP com um drone pacífico ao estilo indiano e algumas linhas poéticas simples.



07 - ROB QUO
Lançado no começo de Março, o artista trafega por estilos como o Country e o Acoustic Rock em "Rule Of Tree", EP com 5 faixas e aproximadamente 20 minutos.

Riffs de violão e uma bateria altamente acústica dominam o início de 'To Be Easy', que traz um vocal onde nos remete bastante ao estilo musical de artistas como Roy Orbison (sim, o começo da parte da canta, unida ao instrumental, me lembrou ele) e músicas com sucesso considerável nos anos 50/60. 'Ain't It Sad' e 'Keep Your Distance' são as faixas mais country do EP, enquanto 'Now You Know' trafega mais pelo pop.

Ouça o EP abaixo:




08 - MAKO BRON
Lançado no último dia 12, Mano Bron apresenta "Mirror Mirror", um EP com 4 músicas e aproximadamente 17min e que trafega por estilos como o indie rock destacado no estilo vocal, pelo pop eletrônico com synths na faixa de abertura (também presente no instrumental de outras faixas), bateria cadenciada no inicio de 'Something Always' e uma guitarra 'suja' do alternative rock em 'Awkward Moment', faixa que abre o EP.

Mako tem uma longa história tocando, gravando e fazendo turnês com bandas de Sydney. Essas variadas iterações de criatividade (entre 1998 e 2007) o viram apoiando heróis underground como Kim Salmon e Cloud Control e cantores pop internacionais como Jason Mraz.

Mirror Mirror é um compilado de reflexões curiosas em que o ouvinte é obrigado a se desafiar nas grandes narrativas do som.





09 - TERTIA
Lançado no último dia 19, Tertia divulgou um Mixtape com 6 faixas, sendo quatro delas feitas no DIY, com a própria artista produzindo um som que une o lo-fi, experimental e Dream pop como estilos principais, regados de efeitos eletrônicos e sintetizadores, como podemos ver na faixa 'Emily' ou até mesmo algo mais voltado para o jazz, como em metade de 'Liquid Baby'.


10 - DOORS IN THE LABYRINTH
Lançado hoje (15/3), "In The Shadow of Monolith" é o segundo álbum da lista, apresentando ao público 10 músicas, que passam por estilo como o postgoth/darkwave e o rock alternativo, trazendo faixas que caberiam facilmente em baladas como o "Madame Satã" (caso de 'Caldera, faixa que conta com bateria e bumbo marcantes, unida a uma voz imersiva e que faz o ouvinte entrar dentro da música enquanto a ouve), num mundo anterior a 2020. Algo mais metal, experimental e psicodélico também está presente no solo de guitarras e sintetizadores seja na faixa de abertura ou em 'God's Love', que também traz um som mais progressivo.




Esta matéria foi criada via Musosoup, entenda mais aqui: #Sustainablecurator

Postar um comentário

0 Comentários