Em pleno 2021, Rick Bonadio crítica funk no Grammy e toma invertida de Annita: "Escolhe um ritmo e exporta"



2021, funk rolando solto no Grammy, nenhum rock entre os principais prêmios e sons mais ouvidos (seja no Brasil ou lá fora) e um produtor que em algum momento fez sucesso no começo dos anos 2000 mostrando parte da razão de tudo isso: Ter pessoas, ainda hoje, com esse mesmo pensamento: Algo fora do seu nicho musical ser considerado lixo.

Durante apresentação da Cardi B no Grammy Awards 2021, Cardi B apresentou o remix de WAP feito pelo brasileiro Pedro Sampaio. Durante a performance no palco um "vem de quatro' é dito e transmitido em rede americana e, no Brasil, pela TNT.

Não foi necessário muito, para que Rick Bonadio fizesse o seguinte tweet: “
Já exportamos Bossa Nova, já exportamos Samba Rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fazem por causa de 15 segundos de Funk na apresentação da Cardi B me deixa com vergonha. Precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro‘”, escreveu o produtor. Em seguida, ele apagou a publicação e pediu desculpas. “Não da pra aceitar que sempre a mesma batida com letras de putaria seja algo necessário ou a “cultura do país”. De qualquer forma eu respeito todos do Funk por suas batalhas e vitórias. Desculpem se ofendi, nunca é minha intenção.

Disse ele, Rick Bonadio, produtor do hit "Me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém"... Em suas devidas proporções e época, no quesito de letra, o que difere um do outro? Um ser rock e o outro ser funkão fazendo sucesso lá fora? Se já exportamos tudo, até o Samba que um dia foi considerado coisa de vagabundo, por qual razão não o funk?

Depois, ele ainda mandou um (e manteve por lá): "O que eu espero é que ao fazer sucesso o Funkeiro busque melhorar, estudar música, letra e crescer musicalmente para então tornar o gênero crossover definitivamente mas com qualidade." Certamente ele nunca acompanhou o gênero nem sequer um pouco, para ver a evolução que teve nos últimos 10,15 anos.
Sobre essa declaração, Anitta deu resposta avassaladora, que vocês podem conferir abaixo:



Ela ainda complementou: "Ahhhh e sozinho também… Não vale chamar um amiguinho pra unir forças e nem comemorar quando tem vitória de outro amiguinho. Aí, você conseguindo, eu vou faço uma campanha pra deixarem de ser meus fãs e serem seus…"