Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Cachorro Grande faz último show do ano na laje da Galeria do Rock e toca música do famoso "rooftop concert" dos Beatles
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Neste último Sábado (12/12) os gaúchos da Cachorro Grande fizeram aquele que foi o último show de 2015 em um local inesperado e onde eu não...

Neste último Sábado (12/12) os gaúchos da Cachorro Grande fizeram aquele que foi o último show de 2015 em um local inesperado e onde eu não me lembro ter acontecido algum show antes: O telhado/laje da Galeria do Rock, fazendo parte do evento Jornada do Patrimônio.

Marcado para às 17h, o público precisava retirar seu ingresso(pulseira) à partir das 12h do mesmo dia, já mostrando o quão intimista seria último show da banda no ano.
Apesar do primeiro (esse que voz fala) ter retirado por volta das 12h40, até minutos antes do show, haviam os últimos 10 ingressos, finalizados por alguns sortudos dos fãs que estavam na fila da galeria Olido, onde era para pegar os ingressos.


Começando o show por volta das 17h30, a primeira música já mostrou que, apesar de terem um setlist fixado no show, o mesmo não seria seguido pela banda, que proporcionou algumas gratas surpresas.
Tocada pela segunda vez nos últimos shows, mas poucas vezes nesse ano, (Os Doces Exóticos de) Charlote Grapewine foi a responsável por abrir o último show do ano.



Faixa título de um dos discos da banda, a terceira música do show foi As Próximas Horas Serão Muito Boas e o setlist foi seguido até a 9ª música do setlist, 8ª do show (com exceção de Use O Assento Para Flutuar, faixa do último disco da banda).








Tendo a oportunidade de ouvir algumas músicas pela primeira vez, as próximas três foram uma sequência de músicas poucas tocadas pela banda, Conflitos Existenciais (que Beto Bruno afirmou não lembrar da letra) contou com a ajuda da galera (que participava como segunda voz praticamente do show todo, não há pedidos da banda, mas por realmente saberem cada uma das letras desses 7 discos já lançados e estarem sintoziados com eles) e cantou sem errar a composição feita por ele, atendendo a pedidos e inspirados por um "rooftop Concert" as próximas músicas foram Get Back (grande sucesso dos Beatles, além de ser nome do projeto que se tornou o disco Let It Be e um show nos telhados da gravadora da Apple, há 46 anos) e a maior surpresa ainda, Tomorrow Never Knows (última faixa do disco Revolver), que improvisada, foi tocada em sua maioria o instrumental, que ainda foi maior do que a original, colocando o DNA da Cachorro Grande em sua versão.



Voltando a ordem do setlist, Tomorrow Never Knows foi emendada com Vai T.Q.Dá, que também sendo bem maior do que a versão de estúdio, contou com um momento de gerações no palco, com Beto Bruno, sua filha, a filha de Pelotas e filha de um primo do Beto, trocando uma resenha, enquanto a banda continuava a tocar o instrumental.






 
Mandando para o fim do show, a última música foi Você Não Sabe O Que Perdeu e o setlist (salvo alterações citadas na matéria) foi o seguinte:



Postar um comentário

 
Top