Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: De Bula a Jack White: Leia sobre os shows que cobrimos no Lollapalooza 2015
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Neste último Sábado (28/03) nós cobrimos alguns shows do Lollapalooza 2015, que aconteceu nesse fim de semana, no Autódromo de Interlag...

Neste último Sábado (28/03) nós cobrimos alguns shows do Lollapalooza 2015, que aconteceu nesse fim de semana, no Autódromo de Interlagos e nessa matéria iremos falar sobre alguns dos shows que rolaram no primeiro dia do festival.

O primeiro show que acompanhamos foi da recém-formada banda BULA. Composta por Marcão Britto, André Pinguim (ambos ex-Charlie Brown Jr) e Lena Papini (Ex-A Banca), a banda fez um show com cerca de 45 minutos. 


Tocando faixas do seu disco de estréia, intitulado Não Estamos Sozinhos, o show foi feito para um bom público, que era misturado entre fãs que conhecem a banda, e pessoas que não conheciam, mas perguntavam para os fãs alguns itens sobre a banda. Abrindo o palco Ônix, o show teve o seguinte setlist:

  1. Doses Gigantes
  2. Armas de Lado
  3. Ela Nasceu Pra Mim
  4. Voar Com Você
  5. O Sol Dela Brilhou
  6. Bilhetes de Ida
  7. Só na Contabilidade
  8. Não Estamos Sozinhos
  9. Dilemas
  10. Duas Caras


Às 17h, também no palco Ônix, começava mais um dos shows mais esperados da noite. Sendo a grande atração do palco, Kasabian se apresentou para um publico que invadiu a pistas, gramados, morros e todos os locais que tinham visão para o palco.



Com grande presença de palco, o vocalista (assim como outros membros) tomou conta da platéia, que não tinha ninguém parado. O público, que entoava coros junto com a banda, e cantava sozinho as letras quando a banda pedia, estava totalmente sintonizado com o show.

Como show sendo mesclado entre lados B e os singles mais famosos da banda, o setlist completo foi o seguinte:

Foto: Multishow
Apenas cinco minutos depois do Kasabian encerrar seu show no palco Ônix, um dos shows mais aguardados do primeiro dia do festival era iniciado no palco Skol: Robert Plant.

Aguardo principalmente pelo público mais velho do festival, o show foi em um ótimo palco, dando para assistir o show tanto da parte de frente do palco, quanto nas pistas de autódromo e outros ângulos. Se no segundo dia o Smashing Pumpkins não estará no palco que devia, no primeiro dia os artistas para o palco Skol foram muito bem selecionados.

Agradando tanto fãs de sua carreira solo como fãs de Led Zeppelin, o show foi mesclado com faixas do seu disco mais recente, intitulado Lullaby and… The Ceaseless Roar e faixas do Led Zeppelin. Encerrando o show com Whole Lotta Love / Rock 'N Roll o setlist foi o seguinte:

Foto: Multishow

Por volta das 21h15, começava o show que encerrou o primeiro dia do Lollapalooza 2015 e também o show que mais me impressionou. Tocando por quase 2h de música seguida de música, sem descanso.

Passando por vários momentos e estilos da sua carreira. No show é possível ouvir desde um Blues com guitarras pesadas e em sua maioria instrumental (que é grande parte do show) até a música Country (com violinos, pianos e Cellos).


Apesar de não ter o tão encontro esperado entre Jack White e Robert Plant, o show ainda teve uma sequência de The White Strypes, com Cannon, Dead Leaves And The Dirty Ground e Screwdriver. Entoado por todo o público, o show foi finalizado com Seven Nation Army, um dos singles mais famosos dele.

Ser um dos maiores guitarristas do mundo e ter uma banda de musicistas que reúnem guitarras, violinos, pianos e cellos em um mesmo show é algo que com certeza me impressionou e fez ser o show da noite. Como não consigo ter palavras para descrever o quão incrível é esse cara esse banda no palco, assista ao show dele (no Lollapalooza Argentina 2015) logo abaixo e tire suas próprias conclusões.



Postar um comentário

 
Top