6 EPs/Álbuns que descobrimos hoje e passam pelo Rock, Pop, Eletrônico e trabalhos multigênero




ROCK
JONATHAN CRAYNE
De Adrian, cidade localizada em Michigan (EUA), esse é um artista que estreia por aqui com o EP "Oknow", que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Sendo revelado ao mundo no último dia 6, esse projeto trafega por vertentes do rock como o alternativo, garage, grunge e une elementos anos anos 90 a uma produção moderna, com belíssima linha vocal, enérgica instrumentação e algo autêntico do início ao fim, nos fazendo ter interesse de ouvir mais e mais vezes ao longo da dia, semana ou mês.

Ao longo dessas seis faixas, eles mostram todo o talento da banda e a capacidade de trafegar também por outros estilos, trazendo notas e tons de gêneros como o jazz, metal e até folk ao longo de um trabalho executado e produzido com perfeição.

Sobre o EP, é comentado em release oficial: "Honestidade e originalidade são o ethos deste projeto. Procuramos criar um álbum de rock autêntico que preenchesse seu próprio espaço dentro do gênero e nosso lugar na história.... O EP foi gravado de forma independente no estúdio de Chris Momany em Adrian MI. Masterização por Brandon Cooksey no Inc. Studio em Ypsilanti".

Ouça ele abaixo:


MULTIGÊNERO
CALEB HAYASHIDA
É um artista com vivência em Harford, Estados Unidos e que estreia por aqui com "Moby Dick or The Whale", divulgado nas plataformas de streaming e que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Com 11 músicas extensas e quase 55min de duração, esse trabalho completamente conceitual se baseia no conto de Herman Melville e entrega uma sonoridade primária do folk rock, mas que se funde ao progressivo, art rock, art pop, cinemático, experimental, entre outros gêneros que juntos se tornam completamente únicos e dão ainda mais intensidade a história, trazendo diversos elementos narrativos e que explora vários personagens e temas do livro ao longo de sua duração.

Sendo um trabalho muito bem executado, produzido, repleto de experimentalismo e que consegue trafegar, de uma maneira única, por diversos gêneros, englobando um leque bem amplo, ele pode ser ouvido abaixo: 





THE QUIET DRINKS
Depois de ter estreado sua carreira em 2020, com um single, eles estão de volta e pela primeira vez em nosso site, com um EP divulgado nas plataformas de streaming no [ultimo dia 20 e que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Sendo intitulado "Grand Atlas", ele pode se encaixar em diversas vertentes e gêneros, com uma linha vocal clássica do americana, outros elementos instrumentais do country, solo/riffs do classic rock/blues, passando também pelo soft rock, pelo contemporâneo, pela vibe anos 80 e muito mais, ao longo de um trabalho que mostra todo o talento e versatilidade da banda formada por Peter Temple - baixo, James Thomas - guitarra/composição e Roxy Seven nos vocais, mesclando perfeitamente o estilo vocal feminino a toda a harmonia, instrumentação e fluxo rítmico do álbum num geral.

"Este projeto realmente parece enraizado nos sonhos da Califórnia de arte e natureza, com uma corrente subjacente de dissonância política. Estávamos tão inspirados por nossos domingos religiosos no estúdio de Peter, cheio de sequóias e espaço. Espaço ilimitado para ser alto e sentir emoções em voz alta. Começaríamos com uma progressão de acordes divertida e cativante, e à medida que escrevemos as letras - seja sobre uma história/personagem específica, ou um sentimento, a música em si se tornou mais sombria e dissonante enquanto nossas letras inevitavelmente se voltavam nessa direção. Acho que depois dessa rotina precisávamos de um grande lançamento das partes bobas da cultura californiana - então explodimos com County Affair que acabou sendo a primeira música do álbum para não assustar todo mundo haha. Mas o coração do álbum são realmente as músicas dissonantes despojadas no meio, um sanduíche da Califórnia!" comenta eles em release oficial.

Ouça o EP completo abaixo:




POP
THORNBRAVER
Aparece por aqui com seu EP de estreia, intitulado "Mostly You" e revelado nas plataformas de streaming durante o último dia 20.

Composto por Paola Altamirano, artista vivente de Miami (EUA), ela entrega um lirismo inspirado em seu primeiro desgosto da vida, entregando uma alta dose de sinceridade em suas faixas, abordando temas como a sensação de crescer e se encontrar após seu primeiro relacionamento, numa sonoridade indie/dreampop e até mesmo midwest emo, trazendo uma sensação nostálgica muito boa para nós ouvidos e mente durante toda a extensão desse trabalho. 

Ouça ele (e já fique de olho em futuros trabalhos da banda) abaixo: 


BURLINGTON
Cantor, compositor, produtor e musicista, Burlington estreia por aqui com o belíssimo trabalho feito em "Daylight Sipping", que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Lançada no final de Abril, mas conhecida por nós hoje, esse álbum conta com 11 faixas que percorrem quase 43min de duração e entregam para o público ouvinte diversas vertentes do gênero, seja ela mais indie, bedroom, comercial, contemporânea, alternativa ou até mesmo pop rock, além de um belíssimo lirismo que aborda temas como amor, desgosto, crescimento, honestidade, aproveitar amigos/familiares, entre outras experiências boas ou ruins que o artista teve nos últimos anos e com certeza será identificada/conectada por outros ouvintes durante a audição de um trabalho muito bem produzido e executado.

Sendo feito praticamente de maneira DIY, o artista gravou, mixou, masterizou e produziu sozinho o álbum, em seu quarto de hóspedes, com exceção de 'Roots', que foi composta com seus amigos Josh e Sam.

Confira o álbum completo abaixo:



ELETRÔNICO
KYPHOSE
Diretamente dos Estados Unidos, esse é um artista que estreia por aqui com "Drowning", EP e single revelado nas plataformas de streaming durante o final de Março e que iremos falar um pouco sobre abaixo.

Sendo lançado em um EP, a faixa conta com quatro versões, incluindo em português brasileiro, instrumental e até mesmo comentada (essa sendo quase o dobro da duração, obviamente), falando sobre o lirismo da faixa, que entrega uma história sobre a batalha interna de nós, críticas que sofremos diariamente e um pedido de ajuda, consequência de todas as críticas que muitos sofrem atualmente, principalmente nas redes sociais e muitas vezes são desnecessárias e nenhum pouco construtivas. 

Trazendo até mesmo um videoclipe, o artista é responsável pela produção, mixagem, masterização e até criação da capa desse belíssimo trabalho com um lirismo totalmente necessário hoje. 

Confira o clipe AQUI e ouça todas as versões abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde