MUSOSOUP SINGLES #17.1: Gloomy June, Brystan, Departure, Robin Shaw e mais novidades que trafegam pelo Rock, Country, vertentes do Pop, Experimental e Hip-Hop/Rap




ROCK
PINI GURFIL
Artista de Israel, ele estreia por aqui com o terceiro single de sua carreira e que foi divulgado dia 18 nas plataformas de streaming.

Com uma sonoridade primária do classic rock, a faixa com uma linha vocal marcante e voltada para um modelo mais tranquilo e quase que narrativo e que trata uma temática que envolve até mesmo a psicoterapia ao abordar as inter-relações entre a ressurreição mental e a ansiedade subjacente, enquanto investiga as perspectivas e o processo de salvação mental, como define ele mesmo em release oficial.

Trafegando por vertentes como o soft/art tock e cinemático, além do já citado classic rock, a faixa conta com um videoclipe que entregará ao ouvinte uma imersão ainda maior do trabalho.

Assista aqui e ouça abaixo:



ANASTASIA ELLIOT
Diretamente dos EUA, ela estreia por aqui com esse belíssimo e grandioso trabalho presente em 'London', faixa lançlada nas plataformas de streaming há praticamente uma semana.

Trazendo para o público ouvinte um estilo vocal que nos remete a nomes atuais como Lady Gaga, a voz que consegue passar tanto por tons mais altos e enérgicos quanto por pontos mais calmos se encaixa perfeitamente a bateria pesada, riffs muito bem executados a instrumentação rockeira que domina grande parte da faixa, mas ainda dá uma pitada de metal, com a crescente dos instrumental, além de trafegar pelo contemporânea, com o acréscimo de piano que, unidos, ficam uma sonoridade única. 

"“London” é o terceiro single do próximo LP de Anastasia Elliot, La Petite Mort. Um álbum conceitual visual que explora amor, perda, morte e reencarnação. “London” continua de onde paramos nas cinzas de seus singles anteriores “Crash Landing” e “Cigarettes & Gasoline”. A música segue uma jornada de desespero enquanto Anastasia tenta convencer sua alma gêmea de que eles se amaram ao longo do tempo, espaço e ao longo de muitas vidas", trecho sobre a faixa é retirado do release oficial. 

Ouça:




SYNTH ROCK
GLOOMY JUNE
Praticamente um mês depois do single de estreia, eles estão novamente por aqui com 'Always Gonna Let You Down', faixa revelada ontem nas plataformas de streaming.

Uma das faixas já confirmadas a estareno próximo EP, já intitulado "Popsick" e confirmado para o dia 13 de maio. 

Trazendo uma sonoridade synth rock, ela entrega para o público ouvinte melodias e ritmos dançantes, eles nos transportam para os anos 80, mas se fundindo a elementos e estilo vocal do indie pop anos 2000.

Composta em 2020, época que a pandemia levava as pessoas a “socializar à distância”, eles mostram um videoclipe onde continuarem suas atividades de socializar em meio a esse período trágico, que leva a temática da letra, escrita do ponto de vista de alguém passando mal em uma festa e espalhando esse mau momento para seu parceiro que vem checar.

"Lembra quando você foi convidado para um show por alguém que você achava que estava fora do seu alcance, e eles o ignoraram a noite toda? Ou quando você ficou bêbado em uma festa só porque se sentiu deslocado? acidentalmente em um relacionamento? Nem todas essas narrativas soarão verdadeiras para todos, mas as que soarem parecerão assustadoramente próximas à vida do ouvinte", é comentado em trecho do release oficial. 

Ouça:




COUNTRY
CHERISE CARVER

É um cantor e compositor de Rogers, Arkansas e que estreia por aqui com 'Get Back Home', faixa lançada ontem ans plataformas de streaming e que chega em nossas descobertas quase que de maneira instantânea.

Trazendo a sonoridade clássica do country, com uma bateria suave, belos riffs ao longo da faixa e grandiosos guitar slides, cada elemento se encaixa perfeitamente se conectam a um vocal harmônico e que dá ainda mais poder a um lirismo que com certeza será identificado por diversas pessoas, trazendo temas sonhos, paixões ou algo não parariam de fazer se tentassem... Indo mais além, ele ainda fala sobre voltar as raízes, algo que a artista de 50 anos fez de fato nesse novo trabalho. 

Ouça:





POP
DIANA BIDÈA
Vindo de NYC, ela já acumulou mais de 380k seguidores no TikTok, com faixas que trazem seus ideais, fala também sobre empoderamento feminino e se conectou ao público ouvinte com essas temáticas presentes até mesmo em 'PRP', faixa lançada dia 8 nas plataforams de streaming. 

Falando sobre se sentir confiante quando se sente atraído por alguém, não apenas esperando que ele dê o primeiro passo, a faixa é essencialmente pop e trafega por vertentes do gênero como o comercial, contemporâneo, além de uma pitada dark/artpop e elementos do R&B, durante +3min de música. 

"Gravar o videoclipe com uma equipe feminina, apenas apoiando umas às outras, mas todas sendo profissionais, deve ser minha lembrança favorita dessa música. Nada mais empoderador", comenta ela em release oficial.

A faixa pode ser ouvida abaixo:




MARIE SAHBA
Cantora e compositora com raízes norueguesas e iranianas, ela é um nome independente que divulgou nas plataformas de streaming a faixa '
Never Got To Know You'.

Lançada no final de Março, a faixa entrega para o ouvinte belíssimas melodias que unem a tradição oriental ao pop escandinavo, certamente uma fusão que deixa esse trabalho sendo único e inconfundível.

Sendo um lirismo pessoal, a faixa retrata a saudade de sua família no Irã, “o que poderia ter sido” se as circunstâncias fossem diferentes e homenagear sua avó, presente na capa desse trabalho.

O single em questão é sequência de "
Out of Control", lançado no final de 2019

Confira:




BRYSTAN
É um nome dos EUA que estreia por aqui com a faixa 'Pyro', divulgada nas plataformas de streaming durante a primeira quinzena de Março e que iremos falar um pouco sobre abaixo.

Trafegando principalmente pelo pop, a faixa ainda traz alguns elementos instrumentais e batidas do hip-hop e trap, se conectando perfeitamente com um estilo vocal que consegue apresentar para o públic ouvinte diversos tipos de voz, vindo em minha mente nomes como Rihanna, em alguns momentos e Beyoncé, em outros... Estilos de voz diferentes, mas ambos presentes nesse trabalho que entrega um liriosmo sobre coisas e sentimentos que a artista experimenta diariamente de uma maneira que busca chegar também em outras pessoas.

Ouça:


EXPERIMENTAL
DEPARTURE
Projeto de Camilo Toston, 'Calle 63' é o segundo single dele e foi divulgado ontem (21) nas plataformas de streaming. Iremos falar um pouco sobre ele abaixo:

Sendo um trabalho completamente instrumental, experimental, com sonoridade relaxante, repleta de elementos cinemáticos, chillout/wave e ainda trazendo um belíssimo solo de corda que se conecta perfeitamente a bateria suave, a faixa é uma homenagem a sua primeira casa e Bogotá, onde cresceu num prédio que morava toda sua família, desde primos até avós. 

Calle 63’ é a primeira de cinco faixas que serão lançadas ao longo do ano dando continuidade ao impulso gerado por ‘Hipocampo’, que foi destaque na playlist oficial do Deezer, Electrolatino.

Ouça:





HIP-HOP/RAP

ROBIN SHAW
Do Reino Unido, ele estreia por aqui hoje com 'Today's Generation', faixa divulgada nas plataformas de streaming há quase duas semanas e que iremos falar um pouco sobre abaixo.

Unindo hip-hop, rap e pop, ele traz um belo solo de guitarra no início, algumas batidas do pop, as rimas aceleradas do hip-hop/rap e a instrumentação lo-fi que mostra toda a versatilidade do artista e facilidade de trafegar por diversos gêneros dentro somente uma música. 

Já o lirismo fala sobre as mudanças que testemunhamos nas notícias e manchetes, desde movimentos políticos a questões ambientais, emprego, poluição e assuntos atuais ainda mais sérios, como a atual guerra na Ucrânia. O trabalho em si foi feito com bastante carinho, coração e ala, com seu início de composição se dando em Outubro de 2021 e se inspirando em 'We Didn't Start The Fire', de Billy Joel.

Sobre ela, ele comenta em release oficial: "Eu queria confiar na mensagem de esperança apesar de todas as adversidades. Como músico, houve muito material para absorver e utilizar de todos os eventos nos últimos anos. A música foi gravada em um estúdio no oeste de Londres em South Acton com meu produtor Chris Hall".

Ouça:




GUS BRANDELIUS
Agora vindo da Suécia, ele dá sequência as faixas voltadas para o hip-hop e rap com 'Flaskor på mitt CV', divulgada dia 8 nas plataformas de streaaming.

Trafegando por outros subgêneros como o lo-fi, hyperpop, leftfield, eletrônico e até mesmo experimental, ele traz um lirismo sobre seus dias de bebedeira, com um teor reflexivo que se conecta a uma vibe instrumental relaxante. 

Ouça:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde