MS SINGLES #17.1: pMAD, Joyeur, Losun, Kellan. e mais artistas que trafegam pelo Post-Punk, vertentes do Rock, Country, vertentes do Pop e Rap


POST-PUNK
pMAD
Diretamente da Irlanda, o artista por trás desse projeto estreia por aqui com o single 'Broken', divulgado nas plataformas de streaming no início do mês e que aparece em nossas descobertas desse meio de semana.

Com um vocal dark e tão marcante quanto o baixo presente ao longo dessa fiaxa que ainda entrega uma bateria cadenciada e riffs muito bem executados que dão uma energia ainda maior para a música e para o estado de espírito de quem ouvir. 

Com um lirismo feito para redimir a todos nós e uma intensididade sonora edificante, esse combinação nos ajuda a ter um sentimento de esperança e forças para seguir em frente.

Unindo o gótico e rock alternativo, além do gênero citado acima, a faixa pode ser ouvida abaixo:




ROCK
ASK CAROL
Depois de quase banda, a banda de Oslo (Noruega) está de volta por aqui com o single 'Quiet One', que foi divulgado nas plataformas de streaming há quase uma semana.

Com vocais clássicos do rock noventista (e executados com coração e alma), a banda traz uma belíssima linha de cordas durante toda a extensão da faixa que traz uma vibe dark, melancólia mas que se funde perfeitamente a uma melodia cativante e diversos elementos até mesmo cinematográficos, conseguindo, em uma faixa só, trafegar pelo rock alternativo, indie e dreampop em altas camadas tanto de instrumentos quanto de vocais, sendo algo maestral e muito bem produzido. 

Ouça essa e outras faixas da banda:




3 LITTLE WOLVES
A banda indie de Birmingham está aqui de maneira inédita com o single 'Fractured (A Bit)', que foi revelado nas plataformas de streaming há menos de uma semana.

Divulgando o segundo single de 2022, eles trafegam pelo classic rock, britpop, rock alternativo, entre outras vertentes, com vocal harmônico e muito bem encaixado com o backing, belíssimo solo de guitarra, elementos (talvez eletrônicos) de mais cordas e uma bateria muito bem cadenciada . O conjunto da obra da ainda mais força ao lirismo que fala sobre relacionamentos atuais e passados de sua vida, falando sobre o quanto eles nem sempre são fáceis e como a flata de comunicação poe levfar a uma frustração de ambas as partes. 

Com uma temática que certamente será conectada a diversos tipos de ouvintes, a fiaxa pode ser ouvida abaixo:





ELEKTRIC ANIMALS
Diretamente de Denver, eles estreiam por aqui com o single 'Head In The Ground', disponível nas plataformas de streanming desde o último dia 22 e que iremos falar um pouco sobre abaixo.

Fazendo parte do EP a ser lançado em breve, a faixa é uam bela amostra do que podemos esperar nele, ouvindo a faixa completamente indie rock, seja por conta do estilo vocal, alguns efeitos ou até mesmo o estilo de guitarra, que ainda traz para o público ouvinte um solo característico do blues, mesclando ambos os estilos de uma maneira perfeita e única.

Ouça a faixa e outros trabalhos do artista abaixo:




COUNTRY

SEE YOUR SHADOW
Vindo de Phoenix, cidade localizada no Arizona (EUA), ele estreia por aqui com o single 'Missing West Virginia', que foi revelado para todas as principais plataformas de streaming durante a última sexta-feira.

Trazendo a sonoridade clássica do country, seja por conta do estilo de bateria, riffs, instrumentos de cordas presentes ao longo da faixa, esse estilo de música também é visivelmente notado no vocal harmônico do artista, que traz uma tonalidade que está presente nas faixas mais conhecidas e enraízadas do gênero. 

No release oficial, ele comenta que tinha toda a linha harmônica/instrumental da faixa presente em suia mente, assim como as melodias, algo que pode ser definido como um "sinal" para lançar um trabalho (no caso a música) ou seguir qualquer outro projeto que tenhamos em mente, sendo basicamente um incentivo para ter dado vida a esse grandioso e belíssimo trabalho.

Ouça:



DREAMPOP
CLIFF WHITAKKER
É um cantor, compositor, produtor e guitarrista de Miami que estreia por aqui com a faixa 'Skipping Stones', que iremos falar um pouco sobre abaixo.

Trazedo uma sonoridade primária do dreampop, o artista toca com coração e alma sua guitarra, entregando para o público grandiosos, belos e emocionantes riffs/solos num momento mais instrumental e que faz de fato a guitarra "chorar", como diria George Harrison,. além de entregar emoção para o ouvinte, algo que acontece também enquanto canta seu estilo vocal suave, mas tão cativante quanto suas letras. 

Nela, ele traz um lirsmo sobre crescer e, no release oficial, comenta um pouco sobre a faixa: "Eu a escrevi imaginando-me pulando pedras na margem de um lago tranquilo enquanto relembrava meu passado. Ao pular pedras, percebo que meus pais estão envelhecendo, me desiludi com o amor e meus sonhos de infância foram envenenados pelo cinismo e pela ganância. Em um momento de tristeza tão intensa, a única coisa que pode me consolar é admirar a simplicidade das pedras que saltam alegremente sobre as águas."

Ouça:


ELETROPOP
JOYEUR
Diretamente de Los Angeles, ela traz uma sonoridade mais eletrônica do pop para a nossa lista, com o single 'Underbelly', que foi divulgado nas plataformas de streaming hoje mesmo e já está em nossas descobertas.

Trazendo um vocal doce e que se encaixa perfeitamente com cada detalhe instrumental, ele conta com batidas, ritmos e elementos que trafegam por vertentes como o dream/alt/contemporâneo/art pop, alpém de conectar eles a alguns riffs que aumentam ainda mais a riqueza sonora e melódica dessa música, além de entregar ainda mais poder ao lirismo por trás dela, ao falar sobre o poder da vulnerabilidade e o "medo intenso que vem com a exposição das partes aparentemente não amáveis ​​e delicadas de nós mesmos", como define a artista em release oficial. 

Ouça:



POP
LOSUN
É um projeto criado há alguns anos por Metro, artista espanhol que estreia em nosso site com o single 'Crossroad', que foi divulgado dia 11 nas plataformas de streaming.

Com uma linha vocal suave e harmônica durante toda sua extensão, ela se conecta perfeitamente aos acordes de violão que são executados durante a música e mostra que traz diversos tipos de influências ao navegar pela psicodélia durante o instrumental, apresentando também um baixo destacado e o riff/solo de guitarra. 

Escrito e com co-produção do próprio Mateo, a faixa traz um lirismo inspirado no amor e também busca fazer com que as pessoas se sintam menos sozinhas, ainda mais numa época onde o isolamento se fez necessário muitas vezes. Ainda bem que a música é uma das artes que tem esse poder!!

Também inspirado por Beatles ao longo de sua carreira, essa e outras faixas do artistas podem ser ouvidas abaixo:




R&B
CAMILA ANDREW
Daqui de Bogotá, terra vizinha dos tupiniquins, ela está de forma inédita em nosso site com o single 'What do you want?', divulgado nas plataformas de streaming durante a últiam sexta-feira. 

Entregando uma linha vocal repleta de emoção e que mostra ter de fato sido feita com coração e alma, ela dá ainda mais força aos ritmos suaves, além de melodias e elementos que nos permitem dançar a dois e ficarem envolvidos com todo o conjunto sonoro desse grandioso trabalho. 

A faixa cantada em espanhol e inglês merece ainda mais destaque por ser o single de estreia da artista que, logo de cara, mostra ter uma grande carreira por vir e poderá ser ouvida tanto pelo público de linguagem inglesa quanto espanhola e até mesmo brasileira, sendo fãs de múicas nesses idiomas.

Ouça abaixo:
POP/RAP
KELLAN.

O artista de Seattle está lançando hoje o single 'Annie Adderall' nas plataformas de streeaming e aparecendo praticamente de maneira instantânea em nossas descobertas.

Mesclando de uma forma maestral o rap com o pop, a faixa conta com vocais acelerados do primeiro gênero, quanto entrega também para o público diversas batidas voltadas para o pop e um refrão mais característico dessa vertente, sendo um trabalho que pode agradar facilmente o público de ambos os estilos. 

Sendo uma faixa sobre o amor pela música, shows, madrugadas, dança e libertinagem, ela entrega melodias e instrumentações envolventes do início ao fim, nos permitindo extravasar durante a audição ou com a faixa sendo tocada em alguma festa.

De maneira DIY, Kellan. produziu e gravou o single em seu estúdio caseiro em Seattle, Washington. Nele, o artista trouxe um lirismo inspirado por estar faminto pela música ao vivo - tanto para assistir quanto para se apresentar. As letras foram inspiradas por aquela sensação de estar na frente de uma multidão, balançando o palco e enlouquecendo com o público.

Ouça:

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde