MUSO SOUP SINGLES #1.1: Antisolar, Sub:Om, Irys, Kritters, Ilenya, St. Wave e mais passando por vertentes do rock, pop e rap




ROCK
01 - ANTISOLAR
É uma banda duo que traz a sonoridade mais soft, AOR, clássica do rock para a faixa 'Do We Tremble At Night?', revelada nas plataformas de streaming há dois meses e meio e que hoje é de conhecimento do público brasileiro.

Sendo o segundo single deles, a faixa nasceu de questões difíceis com as quais Olivier se viu lutando enquanto assistia às notícias de um tiroteio em massa: "será que estamos com medo do que ficaremos se permitirmos que o mundo ao nosso redor seja destruído? Podemos ir além de nossos sentimentos de raiva, tristeza e impotência a fim de provocar mudanças?", refletiu ele. Todo esse tema se expandiu e virou uma música com lirismo super importante e uma linha vocal que nos emociona bastante e também faz pensar sobre todas as coisas que aconteceram com o mundo nos últimos tempos e ainda estão acontecendo. 

Ouça a música abaixo:




02 - SUB:OM
De Los Angeles, eles apresentam a faixa mais rockeira da lista, trafegando por vertentes como o rock alternativo, synth e até mesmo industrial em 'Unify', lançada nas plataformas de streaming há um pouco mais de dois meses e que chega aqui em um dos últimos trabalhos do ano, mas primeiros de nossa nova temporada. 

Combinando essas vertentes ao eletrônico e um lirismo que até envolve metafísica, a banda promete fãs de qualquer um desses estilos musicais, mostrando ter um rico conhecimento de composição, estilos e influencias.

Ouça:




03 - ARN-IDENTIFIED FLYING OBJECTS AND ALIEN FRIENDS
Vindo da Suécia, ele é um artista que está pela primeira vez aqui, com a faixa 'Empty Days', escolhida para ser um dos singles de divulgação do seu álbum duplo e de estreia, que ganhou espaço nas plataformas de streaming ao longo de 2021. 

Trazendo a sonoridade acústica do rock, a faixa apresenta uma calmaria ao ouvinte, seja por conta dos elementos instrumentais ou da linha vocal que, unidas, podem ser consideradas até mesmo como uma faixa de ninar e que apresenta um lirismo sincero e retirado do coração do baterista Åke Lindgren.

Complementando a essas características, temos um belíssimo guitar slide que se encerra a faixa com total maestria, mostrando um conjunto da obra repleto de talento e diversidade não somente instrumental (apesar de estar dentro de somente uma vertente), como também de todo o trabalho harmônico da voz.

Ouça:




04 - NELSON KING
Segue a linha de uma vertente mais acústica do rock, passando pelo AOR, além de influências oitentistas desse estilo, toques de blues e country que podem ser identificados em 'Angels Must Kiss Like This', faixa que abre um disco lançado em 2016, mas que traz um ótimo trabalho durante aproximadamente 1h e, portanto, ganha espaço merecido em das nossas primeiras listas de retorno as novidades. 

Com certeza é um belíssimo trabalho atemporal que nos convida a ouvir não somente essa faixa, como o álbum completo e outras músicas do artista.

Ouça:




POP
05 - FRANCESCA MONTE
É uma artista que vive no Reino Unido e iniciou sua carreira bem jovem , compondo, tocando piano e fazendo tour em locais como EUA, Emirados Árabes e Europa antes mesmo dos 17 anos.

Com uma carreira de quase 10 anos nas plataformas de streaming, diversos singles, EPs e álbuns foram já revelados, até ela chegar em 'THE ONE FOR ME', lançado início de Novembro mundialmente.  

Nesse trabalho, podemos identificar uma gama de estilos que passa pelo eletrônico oitentista, o pop alternativo, comercial, entre outros com sintetizadores, batidas e instrumentais que se encaixam perfeita a uma linha vocal típica de um pop pronto para as pistas e para cada detalhe sonora dominar nosso e corpo enquanto dançamos.

Liricamente, fala sobre o amor doentio que prejudica nossa saúde física e mental, muitas vezes sendo o momento que percebemos que para amar os outros, precisamos primeiro amar a nós mesmos, sendo algo que certamente será identificado e tocado no coração de muitos ouvintes, conhecedores da artista ou não. 

Ouça:




06 - IRYS
Depois de aparecer por aqui de maneira exclusiva, a artista de Berlim está de volta ao site, com o seu dark-eletro pop presente em 'Ride Or Die', seu quinto single que pode ser ouvido e nas plataformas de streaming e com videoclipe desde Novembro. 

Trazendo guitarra, batida sexy, sintetizadores e até mesmo elementos que conseguem unir o indie e o trap, transformando em uma paisagem sonora que nos deixam envolvidos e curiosos em ir atrás de outros trabalhos da artista, com certeza tão bons quanto está faixa de +3m20s.

Sobre a faixa, ela comenta um pouco: "É a recapitulação de um relacionamento tóxico. Eu tentei traduzir o estado de espírito louco em que esse relacionamento me deixou para a música! É por isso que a música tem partes tão diversas : assim como os altos e baixos dos sentimentos em um relacionamento com alguém que confunde amor com jogos mentais!"

Confira:




07 - KRITTERS
A artista nova-iorquina está de volta ao site com o eletro/synthpop presente em 'Perfected Time', faixa divulgada nas plataformas de streaming em Novembro e que conta com vídeoclipe no Youtube, estando disponível também para os leitores do site e que acompanham nossas novidades diárias. 

Com duração de 5min30, a faixa traz uma ambientação sonora que nos permite viajar para as pistas dos anos oitentistas e relembrar de nomes como Pet Shop Boys, seja por conta do estilo e entonação vocal ou da instrumentação repleta de elementos eletrônicos e sintetizadores presentes em toda a extensão da música. 

Sendo o sétimo vídeo produzido por Kirini O.K. e Robert Steadman em um ano, ele traz uma narrativa onde estão no meio de uma missão histórica que envolve uma estátua antiga sendo desenterrada em uma escavação arqueológica, onde rastream o progresso do artefato conforme ele é embalado e transportado para o laboratório do museu e preparado para exibição.

"O vídeo é uma reflexão comovente sobre a história pessoal e a linhagem de Kirini OK - sua herança grega, seus pais arqueólogos e historiadores da arte e seu próprio estudo da história - e, de forma mais ampla, sobre os laços inevitáveis ​​de nossas próprias histórias e do próximo - desejo universal de retornar ao passado para dar sentido ao presente", comentam em release oficial.

Assista:




08 - ILENYA
Cantora e compositora de Milão, ela aparece por aqui de maneira inédita com uma composição dedicada ao amor e à vida, principalmente de quase dois anos difíceis de maneira global e que muitas passaram dificuldades, independente de qual ela seja.

Buscando marcar uma fase nova em sua carreira, ela traz uma faixa onde certamente muitos ouvintes conhecedores ou não do seu trabalho se identificarão, seja por conta da linha vocal emocionante, repleta de tons altos e baixos ou desse lirismo imnportante de se falar hoje, sobre amor, relacionamentos e sermos aceitos pelo que nós somos e cada coisa peculiar e pessoal que carregamos dentro de nós, mas que em muitos momentos nos lembramos do que passou e nos emocionamos com isso, cada um de sua maneira. A faixa também fala sobre a necessida do amor, sendo ele gratuito e sem qualquer tipo de preconceito. 

Confira:



09 - LOULITA GILL
Apresentando uma linhagem mais contemporânea do pop, o vocal suave, repleto de emoção e o piano delicado, mas envolvente tomam conta de 'Will You', faixa revelada nas plataformas de streaming em Outubro e que chega em nosso site dois meses depois, sendo uma das provas de que bons trabalhos e que mexem com nossas emoções são atemporais.

A emoção certamente está presente na letra e sobre ela a compositora falou um pouco: "Todos nós já estivemos lá quando não queremos respostas, soluções, bons conselhos ou sugestões úteis. Na verdade, só precisamos que uma pessoa esteja presente, para que não nos sintamos sozinhos em nossa dor. Mas muitas vezes é mais fácil falar do que fazer. Quando tentamos ajudar alguém ‘consertando’ a pessoa e seus problemas, isso apenas minimiza sua dor e pode levar a uma falha na comunicação e, por fim, a resignações silenciosas". A faixa é um apelo emocional pelo ato de bondade e fazer a pessoa se sentir amada, algo que muitos de nós já fizemos diversas vezes ou ainda fazemos. 

Ouça a parceira com Aron Bicskey:




HIP-HOP/RAP
10 - ST. WAVE
Estadunidense, ele está de maneira inédita com a faixa 'Moma', lançada nas plataformas de streaming há um pouco de um mês e que representa o único rap/hip-hop de hoje.

Numa faixa curta, ele canta sobre o Museu de Arte Moderna, falando sobre seus criadores fazerem coisas sobre suas vidas, da mesma maneira que os cantores, principalmente dentro do rap e hip-hop, fazem diariamente, independente da nacionalidade. 

A faixa e outros trabalhos do artista podem ser ouvidos abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde