MUSO SOUP ÁLBUNS #1: Intaglio, Subsurfer, Historian, e mais passando pelo Metal, Rock, Acústico, Indie Folk/Americana e Pop



Depois de iniciarmos nossa parceria com a plataforma Muso Soup em 15/12/20, fizemos mais 220 matérias entre compilados, matérias exclusivas e nossas seleções de mais lidas de cada mês.

Agora, depois de um período de férias, estamos de volta com a temporada 2021/22, sendo iniciada hoje e com a numeração em nossos títulos sendo zerada.

Confira o primeiro compilado de álbuns e EPs nesse novo ano de trabalho, abaixo!!

METAL
01 - INTAGLIO
A banda russa de metal está de volta ao site, com o álbum "II", segundo disponível nas plataformas de streaming e o primeiro desde o remaster do álbum de 2005. 

Definido por muitos como uma "ópera doom", esse trabalho de 7 músicas em +40min mostra que não somente deverá atrair novos ouvintes, como também mostra um notável crescimento artístico da banda e desenvolvimento dentro de suas próprias vertentes. 

Sendo gravado de maneira ao vivo, tanto na instrumentação mais normal como nos elementos clássicos como violoncelo e contrabaixo, podemos identificar uma grande variedade de vocal que vai do baixo ao soprano e se encaixa perfeitamente com toda a riqueza instrumental presente num álbum que nos permite admirar belas composições liricas, instrumentais e uma experiência sonora que nos navega para outra atmosfera.  

"II" foi gravado e mixado no Slow Burn Studio (When Nothing Remains, Woe Unto Me), foi masterizado por Mika Jussila (Shape Of Despair, Isole, Unholy, Moonspell) no lendário estúdio Finnvox na Finlândia, e inclui capa impressionante trabalhada pelo artista polonês Mariusz Lewandowski (Bell Witch, Atramentus), projetada para destacar e complementar a música single do álbum.

Ouça abaixo:




ROCK
02 - TOM TIKKA & THE MISSING HUBCAPS
Quase um ano depois, Tom Tikka está de volta ao site, agora com um álbum lançado nas plataformas de streaming em Setembro e que dura aproximadamente 40min. 

Se lançando com seu material solo, intitulado "The Missing Hubcaps", ele trafega pela sonoridade do rock acústico, alternativo, soft, hard rock e outras vertentes, conseguindo unir diversos solos enérgicos (como na faixa 'Space Cowboys' a instrumentos clássicos, jogo de cordas e vocais repletos de harmonia pronta para nos deixar envolvidos com o álbum do início ao fim, mostrando toda a capacidade de composição e criativa do artista.

O álbum "This Is My Happy Face" sucede um EP divulgado no início do ano e que chegou ao TOP 5 do iTunes numa certa categoria. O álbum continua esse sucesso dentro da plataforma, com duas faixas #1 e dentro de uma carreira que já rendeu premiações como o ISSA Award, bem como indicada ao Josie Music Awards e ao Hollywood Music In Media Awards.




03 - SUBSURFER
Se mantendo no rock, trazemos agora uma vertente mais animada, com bateria acelerada, cadenciada, riffs muito bem executados e um encaixe perfeito entre cada um dos elementos instrumentais e o vocal presente em "Subversive", álbum divulgado nas plataformas de streaming em Setembro e que traz 13 faixas repletas da energia musical de San Diego, Califórnia e que consegue mostrar elementos até mesmo do poppunk, quanto do surf music.

No release oficial, eles contam que o vocalista e guitarrista Dave Montalbano literalmente escreve as letras enquanto surfa e que esse trabalho segue a ideia original da banda, com singles de surf rock clássico, mas que se transformam em uma sonoridade única.

Ouça o álbum:




04 - FLOWER CROWN
Sendo talvez o trabalho mais indie dentro da categoria de rock em nossa lista de hoje, essa é uma banda norte-americana que em Setembro divulgou o álbum "Heat", com 10 músicas que trafegam por vertentes como o dreampop, shoegaze e o próprio indie, apresentando um lirismo sobre o reflexo dos relacionamentos em evolução dos membros da banda e mudanças na trajetória sobre o tumultuado ano passado e meio.

Unindo a esses estilos citados acima, também podemos identificar elementos que passam tanto pelo lo-fi, quanto pelo surf music e alguns interlúdios instrumentais, como na abertura do álbum e no meio dele. 

Ouça o álbum diretamente do Bandcamp e conheça mais sobre a banda pesquisando no Spotify.



ACÚSTICO
05 - SKY IS ALRIGHT
Depois de aparecer diversas vezes no site em nossa primeira temporada de novidades, eles sucedem o álbum de estreia com versões acústica de seu trabalho, no intitulado "Sky is Alright Acoustics", divulgado nas plataformas de streaming em Outubro e que aparece hoje por aqui.

Ao longo de três músicas, eles trocam as guitarras distorcidas, elementos do shoegaze e dreampop por dedilhados muito bem executados e vocais suaves, mas envolventes que estão presentes em cada uma das músicas, mas sem esquecer dos seus solos e da bateria enérgica em diversos momentos. 

Sky is Alright é uma banda de shoegaze sediada em Londres e Los Angeles. A banda é composta por membros de Signal Hill e The Littlest Viking, que abriram caminho para as cenas de pós-rock e rock matemático de Los Angeles do início dos anos 2000.

Mais dela pode ser ouvido abaixo: 



06 - XANDER CAMERON
É um artista que flerta entre o rock acústico e a sonoridade do cinemático presente em "South Stage Broadway", EP com quatro faixas e que está presente nas plataformas de streaming desde Setembro.

No release oficial, ele descreve esse EP como um conto de fadas sombrio de um artista torturado que sonha em se tornar um sucesso e se deleitar com a fama, mas quando isso finalmente acontece, ele percebe que não é como imaginava ser. O resultado é uma composição emocionante e repleta não somente de entonação vocais, como também de instrumentais belíssimos e sentimentais, que nos fazem se sentir estando dentro das músicas. 

Ouça:



INDIE FOLK/AMERICANA
07 - HISTORIAN
É um artista que está por aqui novamente, agora com o álbum "Out of Season" lançado há quase dois meses nas plataformas de streaming. 

Trazendo uma sonoridade que passa pelo indie folk, soft rock, psicodélico, nostálgico e outras vertentes que se encaixam com o instrumental e a suave linha vocal, o álbum apresenta para o público ouvinte 10 músicas em um pouco mais de 45min e trazendo parceria de nomes como Jenny Conlee (The Decembrists), Kyleen King (The Decembrists), Paul Cartwright (John Misty) e Stevie Scott (MACHINEHEART), entre outros.

Já seu lirismo falar sobre temas como nossa fragilidade, sentimentos e outros assuntos que se encaixam muito bem tanto aos instrumentos tradicionais quanto as batidas eletrônicas e a seção de violoncelo presente dentro do álbum. 

Ouça:



08 - GLENN ECHO

É uma banda que se formou em 2015 e sempre se voltou para o folk, seja por conta das letras ou do instrumental presente em cada um dos seus trabalhos, como "Fixed Memory", primeiro álbum completo e que foi divulgado nas plataformas de streaming em Outubro.

Com 12 músicas, ele traz um som calmo, com uma ótima harmonia acústica e que apresenta uma paisagem sonora pronta para relaxar o ouvinte e se sentir intímo o suficiente para acompanhar todo esse trabalho de estreia que traz balada acústica, ritmos calmos, bandolim e diversos outros instrumentos que se voltam para a sonoridade acústica e intimista numa composição repleta de memórias universalmente nostálgicas e que facilmente serão identificadas com a vivência dos ouvintes.

Ouça o álbum completo:




09 - JEN LUSH
Diretamente de Adelaide, EUA, ela é uma cantora e compositora que traz uma linha vocal suave e emocionante, se fundindo a uma imensa riqueza instrumental que nos permite navegar por cada uma das 11 faixas presentes em "Let Loose The Beating Birds", trabalho que une poesia, folk, indie, americana e até mesmo elementos experimentais muito bem executados tanto por ela quanto por sua ótima banda.

Levando dois anos para ser lançado, o resultado da obra mostra que cada mês e dia de espera valeram a pena, trazendo um amplo leque de estilos, passando também por momentos de solo típicos do blues, instrumentais dançantes, suaves, envolventes e repletos de ótimas harmonias que mostram toda a capacidade criativa de banda ao longo de todo esse projeto produzido, gravado, projetado e mixado no Wizard Tone Studios por James Brown e masterizado por Michael Lynch na Shoehorse sound.

O álbum completo pode ser ouvido abaixo:




POP
10 - BRYONY PURDUE
Formada em música, ela traz todo o seu conhecimento para sua carreira, tanto aperfeiçoando sua voz ao longo de shows em sessões, cabaré e etc quanto nas questões de composição de um trabalho autoral. Esse último pode ser ouvido mais detalhes em "Vexed", seu EP de três músicas reveladas nas plataformas de streaming em Novembro. 

Ao longo de cada uma das faixas, ela traz momentos e sentimentos de sua vida que estão guardados desde a adolescência e tambpem foram sendo aperfeiçoados com o tempo, ganhando maturidade lírica, instrumental e sabendo trabalhar com maestria sua linha vocal que consegue ser doce, suave, mas também alto e às vezes em tom de desabafo sobre solidão ou esperanã como alguns dos temas. 

Cada uma das músicas podem ser ouvidas abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde