M.S ÁLBUNS #1: Third Lung, Megawave, Ian West, Jennalyn, Viscula e mais passando por vertentes do rock, pop, country, R&B/Soul e instrumental



ROCK
01- THIRD LUNG
Abrindo nossa lista de álbuns de hoje, a banda britânica está de volta ao site, agora com o EP "Dialogues Of The Fatal Few", que está disponível nas plataformas de streaming desde o final de Novembro.

Com cinco músicas ao longo de aproximadamente 21min, a banda traz uma sonoridade voltada para vertentes como o rock alternativo, classic e hard rock, com vocais muito bem executados, enérgicos e instrumentais muito bem encaixados com cada estrofe, seja com os riffs ou a linha de bateria presente em faixas como 'Hold The Line".

No release oficial, eles comentam um pouco sobre esse trabalho: "É uma ótima representação de onde estamos atualmente, com algumas pistas de para onde estamos indo como uma banda". 

Ouça:




02 - MEGAWAVE
Com seis anos na estrada, Megawave é uma banda voltada para o pop/indie rock, com elementos do punk rock e que já se apresentou até mesmo no Punk Island, TCS NYC Marathon, Staten Island Pridefest e Newark Comic Con. 

"Rainbow Heartache" é o seu álbum completo mais recente e que traz para o público ouvinte 9 faixas em cerca de 35min com diversas influências que vão de nomes como Sailor Moon e Steven Universe a artistas como Blondie , GROUPLOVE, Just Friends, Tape Girl, Coheed and Cambria e Dance Gavin Dance, mostrando todo o conhecimento de estilos musicais da artista/banda e toda sua capacidade de composição em cada uma das faixas que ainda passam por vertentes como love song e rock alternativo, além das outras já citadas anteriormente.  

Todo o seu trabalho pode ser ouvido no Spotify abaixo:




03 - CORINNA JANE
Diretamente do Reino Unido, Corinna aparece em nossa lista de maneira inédita, encerrando as novidades rock de hoje com o EP "Queen Of Wands", disponível desde Novembro nas principais plataformas de streaming.

Com letras que foram frutos de um momento díficil, ela passou pela dor de ter perdido sua mãe, algo que se transformou nas faixas 'Give Me A Sign' e 'I'm Ready Now', que passam por vertentes como o eletrorock e britpop, trazendo temas como mostrar que estamos bem, mas sem estarmos de fato.

Sendo uma das últimas faixas, 'One Last Serenade', fala sobre a recusa em abrir mão de um relacionamento, embalando esse lirismo ao estilo sonoro dos anos 90. 

As faixas podem ser ouvidas abaixo:




INDIE ROCK
04 - INSANE BLUE
É uma banda com membros tanto da América do Norte quanto da Europa e aparece por aqui de maneira inédita com o álbum "A State Of Mental Confusion", divulgado nas plataformas de streaming no início de Dezembro.

Passando por gêneros como o indie rock, emo, alternativo, melódico, entre outros ao longo de 8 faixas que trazem a influencia de nomes como Radiohead e Jeff Buckley, num trabalho repleto de harmonia e até mesmo instrumentos que normalmente não estão nessas vertentes, como o violino. 

Ouça:



COUNTRY/FOLK
05 - IAN WEST
É um artista de american country que funde esses gêneros ao folk, rock acústico e outros durante as cinco músicas presentes no EP "Songs Eila Won't Dance To", lançado início de Novembro as plataformas de streaming.

Com uma linha vocal envolvente, acelerada e instrumentais gostosos de se ouvir, ele consegue mesclar influencias old school e modernas num trabalho que nos prende e certamente nos faz ficar afim de buscar conhecer mais do seu trabalho. 

Este novo EP é uma coleção de canções Americana Alternativa que distorce o gênero. Imagine se Pavement ou Lou Reed tivessem feito um álbum de inspiração folk. Enquanto a maioria da música americana moderna nos gêneros folk, americana e indie rock se tornou passiva e sem paixão, este álbum é novo e chama sua atenção de uma forma rara. Esta não é uma música pré-fabricada que se encaixa facilmente nas ideias de gênero ou humor da maioria das pessoas, mas algo novo que mistura várias influências do passado e do presente.

Trazendo um toque de Weezer, o EP traz um belíssimo lirismo que se funde com batidas que nos fazem dançar, mas também sentir uma paz interior muito boa, principalmente por conta da maestria com que é executada a harmonia das vozes e a mescla perfeita entre ela e cada detalhe instrumental.

Ouça:




POP CONTEMPORÂNEO
06 - CHRISTOPH SEBASTIAN PABST
É um artista que se juntou com Valeska Rautenberg há um pouco mais de um mês para lançar o EP "Wonderland" em todas as plataformas de streaming e que hoje aparece em nossa lista de EPs e álbuns divulgados recentemente. 

Apresentando para o público ouvinte o mix de belíssimas músicas calmas com o background de piano e sons orquestrados, eles trazem um ambiente sonoro magnífico, neo-clássico e com com um teor lírico altamente emocionamente, ficando mais ainda por conta da riqueza de instrumentos e da linha vocal entoada com coração e alma em cada das quatro faixas, que ainda contam com versões completamente instrumentais naquele que poderia ser facilmente o lado B de um vinil. 

A faixa-título 'Wonderland' é uma homenagem a Alice no País das Maravilhas e traz um piano acompanhado por uma paisagem sonora esférica de cordas e coros. Já 'Butterfly Wings' encanta com sua mistura clássica de vocais e piano: dinâmico, leve e melancólico, mas inspirador de uma forma especial. A música é tocante e abre os olhos e os ouvidos para a essência da vida, para o que muitas vezes é esquecido.

O ambiente de "I Wish I Had Known Before" lembra o ouvinte de um
pontuação do filme. A fantástica mistura de vários elementos cria uma experiência profunda,
pergunta sobre o significado e aguça a visão do que está dentro de si.

O faixa-a-faixa pode ser encontrado no release oficial do EP, que pode ser ouvido abaixo:




POWER POP/SURF
07 - WINCHESTER 7 & THE RUNNERS
É uma banda de três locais diferentes (Atlanta, UK e Holanda), que apresenta um belíssimo talento coletivo, com uma grande variedade de elementos de composição lírica e instrumental que se transforma em uma sonoridade única e autêntica que passa pelo power pop, surf, psicodélico, alternativo, garage, indie, post-punk.

Nas faixas, podemos identificar momentos mais limpos do som e outros mais sujos do underground independente que permite com que o ouvinte analise mais friamente e admire toda a capacidade da produção também ser variada de acordo com o estilo musical do álbum.

Ouça ele completo:




08 - POP
JENNALYN
Trazendo uma linhagem mais comercial pop, ela é cantora/compositora/atriz/modelo/produtora de cinema, entre outras funções somente aos 21 anos.

Estreando como cantora e compositora, "Blade" é seu EP de estreia após cinco anos na área, as faixas proporcionam para os ouvintes uma experiência sonora envolvente, além de certamente nos fazer se interessar a ficar de olho nas redes da mesma, já aguardando trabalhos a serem lançados em breve.

Durante a pandemia, ela escreveu várias canções para uma gravadora polonesa e começou a trabalhar em um novo material original. As faixas passam tanto pelo pop dark, quanto pelo eletrônico e dark, mostrando uma grande variedade musical da artista, seja de áudio ou de visual, com belos vídeos que acompanham  o EP. 

Ambos podem ser vistos abaixo:




INSTRUMENTAL
09 - VISCULA
É uma banda que lançou no último dia 17 o álbum "IV" nas plataformas de streaming, com uma sonoridade totalmente instrumental e que passa por vertentes como o post rock, dark wave, prog rock, psicodélico, soundtrack, cinemático, entre outros ao longo de 8 músicas espalhadas em 24min de duração. 

Com músicas que tocam os instrumentos tradicionais, a banda ainda traz participação do lendário baixista soviético e russo Alexander Titov e um belíssimo trabalho de estúdio feito por George Shilling, um produtor de som britânico de primeira classe que trabalhou com bandas como Blur e Primal Scream. 

Sendo um magnífico trabalho que pode ser relaxante, dançante, reflexivo, de extravasar nas pistas, entre outros, ele certamente é uma obra-prima que dominará os corações e mente do público fã de faixas e álbuns instrumentais.

Ouça:




SOUL/R&B
10 - BRIANNE MATTHEWS
É a responsável por, provavelmente, o primeiro Soul/R&B de nossa retomada as listas, com "Metanoia", EP divulgado nas plataformas de streaming em Março, mas que serve como uma das provas de que a música é atemporal.

Com cinco músicas, ela apresenta belíssimas melodias vocais/instrumentais com elementos que penetram em nossa mente e nos instigam a não somente ouvir o EP na integra, como também ir atrás de outros trabalhos lançados pela artista anteriormente ou durante o ano de 2021.

Ouça de maneira completa:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde