MUSO SOUP SINGLES #35.1: Michelle, Scott Swain, Exxyle, Asha Jane, Essem, Richard, Kiey, Young e mais novidades passando pelo Folk/Country, Rock, Reggae, Hip-Hop e eletrônico

Broke Casino é uma das novidades de hoje


FOLK/ACÚSTICO
01 - SCOTT & MARIA
Depois de apresentarmos eles há alguns meses, em nossa lista da Groover, o duo está de volta ao site pela Muso Soup, com a faixa 'Home', revelada no início do mês.

Trazendo uma sonoridade harmônica, com um jogo de vozes muito bem executado, eles apresentam uma composição feita com alma e coração, imergindo de harmonias emocionantes e se inspiram principalmente em elementos da natureza ao trazer uma sonoridade essencialmente folk, repleta também de elementos britânicos do gênero.

A faixa composta durante o ano de 2020 é considerada pela banda como um lembrete de que mesmo quando estamos passando por uma tempestade violenta, nossos corações podem ser um farol de segurança. Quando sentimos amor, nos sentimos em casa.

Já musicalmente, ela traz a participaçãoda pianista francesa Vanessa Sanfilippo e Forbes Coleman de Birmingham no baixo e guitarra elétrica. A pianista toma conta de uma das versões do single, que pe o quinto do álbum "Wish Me Away", ainda a ser lançado. 

Ouça ambas versões abaixo:




02 - AZA BROWN
Recentemente lançou a faixa 'Only One Way', divulgada nas plataformas de streaming início de Julho e sendo um dos trabalhos mais recentes do artista e passando por diversas vertentes, como o rock acústico, soft unida a harmonia do power pop, AOR, além de elementos do rock clássico e de suas raízes britânicas, ao longo de 4min10s.

Liricamente, a faixa é uma lamentação épica de amor, perda e apego ao que se tornou fora de alcance, é uma daquelas canções em que o ouvinte pode aplicar sua própria história às letras e se perder nas emoções e texturas giratórias criadas por Aza.

Assista ao videoclipe e ouça a faixa:




03 - KATE ELLIS
Após duas faixas voltadas para uma sonoridade folk, temos uma artista que mantém as raízes deste estilo, mas unindo vocal e elementos instrumentais mais característicos do country na música 'Another Way' e que vocês irão saber um pouco mais abaixo.

Trazendo uma história real, ela se inspirou no seu pai para contar a história de um homem imperfeito que faz o melhor que pode, se sua maneira, percebendo que alguém só pode viver pelo que vê como real, e nem sempre podemos ver outra maneira de ser. "É a música de uma filha que busca perdão para seu pai e entende a conexão entre eles. O amor permite que você aceite essa pessoa com todas as suas fragilidades". comenta ela em release oficial.

Instrumentalmente, a faixa traz diversos elementos do country e folk, além do acréscimo de instrumentos de corda e um piano. 




04 - MICHELLE
Artista britânica, ela traz uma sonoridade que mescla entre elementos do country, folk e indie pop, com toques de Taylor Swift para a faixa 'Good Game', revelada há cerca de um mês nas plataformas de streaming.

Liricamente, ela traz um sarcasmo ao falar sobre pegar a estrada e seguir em frente - tudo sem perder sua autoestima e confiança. Já instrumentalmente, ela trouxe novos elementos para a faixa, como a gaita que está aprendendo recentemente e encaixou perfeitamente dentro do backgroud da música.

O resultado pode ser ouvido abaixo:




ROCK
05 - GHOSTS OF OUR FORMER SELVES

São os responspáveis por apresentar um trabalho feito com amor, dedicação e que mescla diversos estilos dentro da faixa 'Now We're Talking', lançada em Julho.

Nesta faixa, eles falam sobre a dificuldade que as pessoas costumam ter para se abrir nos relacionamentos, buscando retratar o conceito de abertura total e honestidade de ambas as partes numa relação. Instrumentalmente, a banda consegue passar pelo pop rock, Soul e elementos de outras épocas, como um estilo vocal que às vezes nos remeteu a Roy Orbison ou o sintetizador clássico dos anos 80, se inspirando também em nomes como The Police.




06 - SCOTT SWAIN
Também no final de Julho, ele lançou um single retirado do seu EP "Isolation", escrito/gravado durante o lockdown com algumas partes feitos de maneira remota com a banda.

Em 'Skeletons', eles apresentam uma sonoridade rock única, com instrumentos de sopro, elementos do country, de trilhas de cinema do gênero e outras instrumentações que somadas transformam em uma verdadeira complexa e ótima obrade arte musical. 

"Os bloqueios da Covid tornaram a gravação um grande desafio. Gravar bateria remotamente foi surreal - um grande respeito a Chris (produtor) e Jack Wrench (baterista) por sua experiência, profissionalismo e inovação ao fazer isso. Tornou tudo possível - acho que você pode ouvir no resultado final que a bateria tem um som épico!", comenta o artista em release oficial.

Não somente o peso da bateria, como instrumentos de sopro como o saxofone dão outros ares para a faixa, que pode ser ouvida abaixo.




07 - OF SHADOWS AND LIGHTS
Estão de volta ao site pela 4a vez, continuando uma belíssima exploração sonora e liricamente, indo além dos seus limites musicasi na faixa 'The End Of A Nightmare', revelada nas plataformas de streaming em Julho.

Apresentando um leque de vertentes, a faixa traz um rock mesclado ao synthwave, com riffs pesados, tons psicodélicos e até mesmo um flerta de post-punk ao longo de quase 4min10s de duração, sem contarmos com a versão totalmente instrumental que mostra ainda mais como foi impecável o trabalho por trás da música. 

"Direta e honesta em suas intenções, a faixa traz alguns vislumbres do synthwave inspirado no rock que esperamos, e de toda sua versatilidade e criatividade. Como sempre, ele mantém seu forte elemento melódico que enfatiza sua aptidão para compor", comenta o release oficial.

Para fãs de:
Nothing But Thieves, Muse, Royal Blood, Des Rocs, Inhaler, Palaye Royale, Dorothy, Twin Atlantic, Death From Above 1979, Pegasus, Dave Gahan, High Flying Birds.

Confira a faixa:




08 - BROKE CASINO
É um quinteto de Manchester que se formou em 2018 e rapidamente foi chamando atenção na midia local. Agora eles ganham proporções internaconais com a faixa 'Tell Me (I Want You)', revelada mês passado.

Nesta faixa eles apresentam uma sonoridade indie rock unida a sintetizadores que dão um ar mais oitentista para este que é o culminar de um ano de frustração e bloqueio, uma melodia de rock esmagadora com potencial para um hino de dança. Expressa nosso desejo de liberdade, a necessidade de sair, dançar e se soltar. Um desejo de LIBERDADE, sem limites. Nós queremos você!".




09 - MOON WALKER
Aparecem novamente no site, com a faixa 'Light Burns Out', um dos singles mais recentes da banda responsável por dar uma variedade em seu estilo instrumental, ao longo de quase 4min.

Nesta faixa, eles deixa ma guitarra de lado insere piano e mellotron característico do power pop e da psicodelia sessentista, trazendo vocais harmônicos para uma faixa de lirismo instropectivo. 

O resultado deste faixa que se volta principalmente para uma sonoridade retro pode ser ouvida abaixo:




REGGAE
10 - MARK VENNIS & DIFFERENT PLACE

Ele está de volta ao site, ainda em divulgação do álbum "Fighting On All Front", lançado ano passado em todas as plataformas de streaming.

Dentro dele, temos 'Cut Me Loose', faixa voltada principalmente para o reggae e que fala sobre o fim de um relacionamento que não funcionou, em grande parte devido a pressões sociais externas.

A faixa pode ser ouvida abaixo:



METAL
11 - EXXYLE

Divulgou no inicio de Agosto a faixa 'The Cancer Redux' em todas as plataformas de streaming.

Apresentando uma mescla entre metal e hard rock, a faixa foi gravada de maneira DIY, com o artista sendo o responsável pela escrita, gravação e produção de uma música que liricamente conta histórias da opressão sistêmica da individualidade e da liberdade pelas classes dominantes e hipercapitalistas usando sistemas de manipulação e controle organizados ao longo dos séculos para subjugar e controlar uma grande população, a comparando todo esse controle com um câncer e que precisamos buscar se impor e ir contra a manipuação do "trabalhe até morrer, obedeça sem perguntar por que, comporte-se ou então..."

"A versão original, The Cancer, foi gravada há 6 anos como minha primeira tentativa de produzir um produto acabado. Não foi impactante o suficiente para transmitir a mensagem. 6 anos depois, The Cancer Redux está trazendo essa mensagem de volta à vida", comenta o artista em release oficial. 




R&B
12 - ASHA JANE

É a dona de uma vivência multi-cultural, crescendo no País de Gales e vindo de uma família com herança celta, jamaicana, indiana e nigeriana. Ela se lançou como artista em 2016, mas tem somente três músicas nas plataformas de streaming, sendo duas delas durante o tempo pandêmico que vivemos. A mais recente delas é 'Proud', revelada para o público ouvinte final de Junho.

Com seu grande conhecimento cultural, certamente ela se inspira dele para compor seu trabalho, seja de maneira lirica ou rítmica, mesclando uma sonoridade pop a um estilo vocal que passa tanto pelo R&B quanto pelo Soul na faixa na 'Proud', que fala sobre não sermos aceitos por quem somos, crises de identidade própria e sexualidade, unindo seu ótimo alcance vocal a uma tema ótimo de ter sido lançado no mês do Orgulho LGBT. 

‘Proud’ foi co-escrita com Violet Skies (Mabel, Tiesto) e Dan Evans, gravada por Lynise Espirit e produzida por KINGKHAN; o colega músico / produtor de Cardiff constrói uma batida fria e uma produção sutil e despojada para permitir que a emoção e os vocais de tirar o fôlego de Asha tomem o centro do palco. Tudo isso é acompanhado por suas letras sinceras e honestas.

Este trabalho pode ser ouvido abaixo:

                                                  

HIP-HOP
13 - ESSEM
Abre nossa sessão hip-hop de hoje, com a faixa 'On My Way Home', divulgada em Junho como um dos seus trabalhos mais recentes.

Além de ter uma sonoridade voltada para o hip-hop, a música traz elementos do R&B, rap e beats característicos de lo-fi mais modernos, numa letra que fala sobre o artista encontrar uma razão de vida ao fazer música, achando seu 'verdadeiro eu' e uma identidade. Algo ótimo e que todos nós buscamos encontrar. 

Tendo inspiração de artistas como Justin Bieber (com a faixa 'Peaches') 'On My Way Home' pode ser ouvida abaixo:




14 - RICHARD
É um rapper e compositor que no início de Julho divulgou nas plataformas de streaming a faixa 'Unstable', marcada como single de estreia do artista.

Nele, ele se volta para o hip-hop em uma faixa dedicada ao seu irmão, falecido há cerca de um ano por conta das drogas, falando sobre o que sua morte significou para todos os seus entes queridos por ser tão inesperado e também relembrando como seu irmão vivia sem medo ou arrependimentos. 

Richard traz a entrega sem esforço de incrível destreza vocal, piadas e notas emocionantes que se conectam com pessoas de todas as esferas da vida.

Instrumentalmente, ele traz além do hip-hop e rap, elementos do R&B que podem ser ouvidos abaixo.




POP/ELETRO/DRUM N BASS
15 - IRINI MANDO
Artista londrina, está no site pela primeira vez com a faixa 'Outlaw', divulgada no último dia 4.

Visualmente, este é o primeiro de quatro clipes conectados a gravados na Grécia ao longo de 2020, já sonoramente, ela passa por um estilo pop comercial, além de apresentar também elementos do R&B, Soul e até mesmo umas pegadas vocais do rap, ao longo de quase 4min. 

Liricamente, a faixa é sobre uma jovem que encontra seu caminho e canaliza seu ímpeto e paixão para o que deseja alcançar, não importa as consequências, sendo praticamente uma carte de amor para ela própria, numa história que se desenrolará ao longo do EP a ser lançado. 

Seu primeiro EP foi gravado no estúdio pessoal de Amy Winehouse, o single ‘Hang’ foi apresentado no primeiro álbum de compilação da Amy Winehouse Foundation, lançado pela Island Records UK.

Tanto o videoclipe em questão, além de outros da artista, quanto a faixa, podem ser conferidos no canal oficial abaixo:




16 - JESTER SOCIETY
De vivência italiana, eles aparecem no site pela primeira vez com uma mescla entre Drum & Bass e eletropop para a faixa '.cynicalcritical.' revela nas plataformas de streaming em Julho e que traz pa participação de Inescence.

Em release oficial, eles definem a faixa como "drum and bass na qual a velocidade das batidas reflete os ritmos cínicos e implacáveis ​​de uma história de amor", apesar de também a definirem como uma música sem sentido.

A faixa passa pelo drum & bass, eletro/synthpop e elementos do EDM. Ouça abaixo:




17 - KIEY
Está pela primeira vez no site,  com o single do seu álbum de nesmo nome, ainda a ser lançado.

Com sonoridade voltada para o eletrônico, unida a elementos pop e uma vibe oitentista, a faixa fala liricamente sobre a serenidade e a felicidade de passar um tempo com seus entes queridos em um domingo, descrevendo a sensação de cansaço após uma semana agitada de trabalho e a alegria de passar o domingo inteiro com alguém, seja um amante ou um membro da família fazendo várias atividades mundanas.

Decidindo criar canções pop apenas em inglês, a música de Kiey difere muito das ondas de rádio do Vietnã, que são ocupadas por baladas tradicionais e, em vez disso, visa um público internacional.

Uma amostra do seu trabalho pode ser ouvida abaixo:




18 - RYE CATCHERS
Eles de volta ao site com uma mescla entre eletropop, EDM e Dance na faixa 'Anything', que ganhou um remix por parte da dupla MazexMxtreme, dando outra roupagem a faixa que orignalmente flerta entre o poprock e Soul.

Este remix de house vocal mostra as habilidades do grupo de música eletrônica nigeriana MazexMxtreme, misturando techno house com melodias pop e que podem fazer Rye Catchers atingir outros públicos. 




19 - YOUNG
Está escrevendo e produzindo músicas nos últimas quatro anos, com delas sendo a faixa 'Same To You', divulgada em Junho e sendo parceria com o artista Hayes.

Nesta faixa, ele traz uma instrumentação clássica do eletrônico e que se une ao estilo vocal pop para um lirismo que deve se relacionar com um grande leque de pessoas, tal como as batidas envolventes, dançantes e até mesmo relaxantes por alguns momentos presentes durante os quase 4min de faixa. 

Sobre ela, ele comenta em release oficial: "Refiz a música inteira devido ao descarte do projeto, pois não achei que fosse bom o suficiente, então a refiz do zero com os vocais e um design de som mais aprimorado conforme aprendia mais sobre música e criação de sintetizadores."

A música pode ser ouvida abaixo:




20 - JULIETTE LOUISE
É um artista britânica que em Julho revelou nas plataformas de streaming a faixa 'Light In My Desire', trazendo uma sonoridade totalmente diferente de outros trabalhos de nossa lista hoje.

Neste trabalho com composição e gravação de dentro de sua casa, ela contou com a ajuda de amigos do drum and bass para produzir a faixa que tem o background flertando entre esse estilo e EDM, unido a um estilo vocal característico do pop alternativo.

Liricamente, a faixa é sobre ter um amor que você não tem certeza se acabou ou está se movendo em uma nova direção. 

Ouça:


Postar um comentário

0 Comentários