MUSO SOUP SINGLES #28: Reyah, Allyours, Phoebe, Copperstone, Baywud, Adri, Wynona, Lunarcode e mais singles de vertentes do pop, rap/hip-hop, rock e indie; Conheça-os aqui!!


01 - THE DAILY SPREADSHEETS
Lançada no último dia 'Sun Towards Me', traz uma música com estilo vocal que remete a bandas sessentistas da invasão britânica e do power pop, com vocais harmônicos e traços do rock 90s do britpop, por conta dos riffs presentes ao longo de um trabalho escrito, produzido e gravado por Henrique Neves, e mixado / masterizado por Kevin Carafa (Portland-OR-USA).

Este projeto ganhou vida  em 2020, quando o artista de Divinópolis começou a lançar demos gravados em seu quarto em todas as plataformas de streaming.

Henrique Neves. Neves, de 40 anos, é baiano, residente em Divinópolis (Minas Gerais) e compõe canções desde os 14 anos, fortemente influenciado pelos Beatles e pela invasão britânica dos anos 60 (como podemos ver na canção abaixo), além do Power Pop dos anos 70, anos 80 e rock alternativo americano dos anos 90 e rock / britpop britânico (este últimos também presentes na música, em forma de riffs ao longo da música e solo de guitarra).

Conheça mais trabalhos dele pelo Bandcamp ou no Spotify abaixo:


02 - REYAH
É uma musicista de 21 anos, nascida em Passau (Bavária) e que descobriu seu amor pela música desde muito cedo. Com esse amor, ela recebeu educação de música clássica com canto, flauta e piano, este último em sua banda de rock "Breaking Tree" e, além disso, aprendeu sozinha a tocar guitarra. 

Mas não é com o rock que ela chegou ao site hoje. Com uma diversidade em relação aos vários gêneros, ela lançou em Maio a faixa 'Feels Like Summer', com vocais envolventes e beats dançantes, presente em uma música onde podemos ver influências e elementos de vertentes do pop, como o comercial e o eletrônico, além do dance.

Nesta faixa, a artista tem como objetivo espalhar boas vibrações para o próximo verão e certamente isso será alcançado.



03 - THE LONELY TOGETHER
Um mês e meio depois, eles estão de volta à nossa lista, agora com 'Keep A Secret', sexto single lançado pelo projeto escocês liderado por Mike Baillie e que está presente no álbum de estreia 'Everything Visto Backwards Through The Rearviewmirror' e lançado no último dia 9.

Neste projeto, o artista transmite contos emocionantes de amor e maravilha por meio de sua música pop/rock alternativa em camadas. Em 'Keep A Secret', ele apresenta uma faixa que flerta entre o indie/alt rock, repleta de vocais antèmicos e um instrumental com guitarras e baterias enérgicas.

Ouça abaixo:




04 - ALLYOURS
É um projeto norte-americano e que lançaram final de Maio a faixa 'Sweet Babe', definida por Sarra Jayne como Sweet Babe a melodia de verão perfeita para amigos que vão à praia em busca de risos e luxúria, ou casais em um cruzeiro noturno que precisam elevar seu humor.

Nesta faixa, podemos ver uma mescla de elementos como Rap, hip-hop (esses dois seja pelos elementos vocais ou instrumentais), R&B (principalmente também pela variedade vocal e backing presentes no single), além de instrumentais voltados para o lo-fi, no primeiro lançamento da ALLYOURS em parceria FrenchiexVii.




05 - RAY MONICA
Mantendo vertentes da faixa anterior, 'Light The Fire' é o single de retorno do artista, que planeja lançar muitas músicas e participações ao longo de 2021, tais como esta mescla entre urbana, hip-hop e R&B, com autotune presente nos vocais. 

Feito de maneira DIY, o artista é responsável por produzir, escrever, gravar, mixar e masterizar todas suas composições diretamente do seu quarto. Sua relação com a música começou em 2016, quando sofreu de depressão/ansiedade e viu na arte uma forma de tirar coisas da sua mente, tendo papel importante em sua recuperação e tornando desejo em fazer algo que elevasse as pessoas e gerasse uma emoção. 

Tendo também um importante papel social, o artista buscar mostrar que o Hip-Hop não deve ser condensada em drogas, garotas e dinheiro, mas que o gênero permite defender a diversidade de culturas, ideias e pensamentos. Com a vivência de 8 países em 23 anos, o artista traz em seus trabalhos um leque de gêneros que vão da bossa nova e afro ao jazz e pop. 

Em release oficial, Ray define a música sobre a vontade de fugir dos problemas, da tristeza e ir em direção à paixão e emoção com uma pessoa especial. Ele define seu estilo como "Positivity Hip-Hop"




06 - PHOEBE
É uma artista independente londrina, que após ter tocado com banda há alguns anos, lançou recentemente 'Noisy and Annoying', faixa de estreia solo e que foi resposta como um protesto, em resposta aos planos do governo de aprovar um novo projeto de lei de policiamento, numa lei que esmagaria vozes dissidentes ao criminalizar o protesto, algo que já ocorre em terras brasileiras por exemplo, diante do presidente atual. E, acima de tudo, ameaça vitimar grupos que já são policiados de forma desproporcional.

Com vocais suaves, doces e envolventes, a artista consegue apresentar com maestria seu estilo vocal a um estilo de música dançante, como o eletro/synth pop, onde certamente vai atrair um público mais jovem e que poderá se interessar pelo tema, ampliando sua voz de protesto para mais pessoas se preocupareem e apoiarem.

A faixa é parte de uma parceria com The Guilty Feminist que, com a Amnistia Internacional, lançou uma campanha para desafiar as partes mais ambíguas da Lei de Policiamento. 




07 - PETRA JASMIINA
Se mantendo na vertente pop, temos a artista e compositora finlandesa, responsável por apresentar um pop lírico no estilo de Ellie Goulding, Lorde e Taylor Swift, trazendo a narrativa e produção criativa de seus trabalhos, como suas assinaturas musicais.

Lançada dia 5 de Junho, 'Naïve' é seu projeto de estreia, definido como uma ode aos sonhadores radicais, falando sobre artistas de olhos brilhantes e românticos que confiam em seus sonhos interiores, artistas selvagens e idealistas desavergonhados e escolhem viver perseguindo sonhos e acreditar no bom das pessoas.

Encaixando perfeitamente com o tema da música, a artista traz para o ouvinte uma faixa onde instrumentalmente apresenta influências e elementos claros do dream/indie/synth pop, numa composição necessária demais para os dias de hoje, trazendo "Faz muito tempo que espero para sonhar com você" um dos seus destaques principais.




08 - COPPERSTONE
É uma banda norte-americana, lançada em 2020 e que já conta com um EP. Dentre seus trabalhos mais recente, está a faixa 'Pontoon Ride', divulgada final de Maio e que traz ao ouvinte uma música divertida, com estilo voltado para o pop rock noventista, também trazendo elementos instrumentais que nos remetem a 'The Payback', além de riffs envolventes e energécicos no final da música.

Um dia, enquanto dedilhava os acordes da música, o membro honorário mais jovem da banda (e residente de 7 anos) começou a cantar "e agora é hora de um Pontoon Ride" como uma forma de tentar dar um passeio de barco. Ele mal sabia que era novembro e estava muito frio. No entanto, a banda passou o próximo mês ou mais gravando essa faixa e estamos aguardando ansiosamente o tempo mais quente para lançá-la (e quem sabe, fazer o tão desejado passeio).




09 - PIRATES OF RADIO
É um coletivo global de rock experimental com sedes em Dubai, Tailândia e Alemanha e que recentemente lançaram seu quarto single, intitulado 'Prey', pelo selo alemão HopePunkRecords.

Na faixa multicultural, eles apresentam uma eletrizante e que explora uma nova direção para a banda., criando uma paisagem sonora hipnótica de se ouvir, com amostras vocais tailandesas tecidas para ecoar as palavras assombrosas do letrista Ramon, unida a um videoclipe que visualiza muito bem a energia da música.

Neste single, eles apresentam uma variedade de influencias e elementos, passando por estilos como o Experimental, eletrônico, synth/indie/alt rock.

Confira ao videoclipe abaixo:




10 - BAYWUD
Lançada no último dia 18, 'Bombs Away' é uma faixa onde o projeto de pop alternativo fala sobre o final de um relacionamento amoroso.

O videoclipe abre com a imagem de um avião saindo de uma pista e deixando o passado para trás e o título da música é uma metafora a ideia de lançar uma bomba sobre o que restou do relacionamento.

Em release oficial, o artista comenta: "Quando um relacionamento não tem mais nada, é preciso amor próprio e coragem para encontrar as respostas e ter a vontade de deixar tudo para trás e dizer adeus".

A faixa foi escrita e produzida por Rune Westberg, que também tocou guitarra, bateria e baixo na música da banda que tem como planejamento uma nova música a cada cinco semanas até o álbum ser lançado em 15 de outubro de 2021.

Confira o videoclipe:




11 - ALEX UHLMANN
Divulgada no início de Fevereiro, 'Paris Or Rome' é uma faixa com vocais antêmicos, influencias sonoras do indie rock/pop, mas que também apresenta elementos voltados para o folk e um backing vocal harmônico e muito gostoso de se ouvir.

O artista define esta música como muito pessoal, escrita quando ele está procurando o próximo lugar para morar e, certamente, outras pessoas de situação parecida se identificará com esse som. 

Durante esse jornada constante de procurar um lugar onde pudesse se sentir em casa, se revelando uma autodescoberta: A conclusão de que realmente não importa em que cidade você mora ou de onde você é - o que importa é o que você faz para ser feliz.

Depois de ter vivido em Londres, Paris, Bolonha, Berlim e Milão, ele pode afirmar com segurança que viu e experimentou muitas coisas. Ao longo de sua jornada pela Europa, ele não só foi capaz de desenvolver ainda mais suas habilidades, mas também deixou marcas notáveis ​​em sua música.

Como um fã do Britpop, Alex foi atraído para o Reino Unido e, portanto, mudou-se para Londres quando tinha 18 anos para mergulhar na música. Ele ganhou muita experiência tocando em muitos locais de música da capital sempre que podia.

Com a mesma atitude que o permitiu ter sucesso nas partidas de tênis quando adolescente, Alex também fez sucesso rapidamente com sua música. Depois de vários projetos e colaborações com a banda (ou seja, atualmente com a lenda do DJ David Morales), Alex Uhlmann se estabeleceu ainda mais como compositor, cantor, produtor e DJ - e desde 2021 também como artista solo.




12 - ADRY
No dia 21 de Maio, o cantor/compositor britânico lançou 'Well', faixa indie rock, com elementos do classic rock britânico e entonação vocal com 'que' de Oasis e outras bandas da rota musical do Reino Unido.

Sobre a faixa, a artista comenta: "Escrevi a letra em um quarto de hotel em Berlim e gravei em estúdios em Londres e nos EUA. Escrever na estrada abre um novo mundo de inspiração, fundindo diferentes culturas e emoções".

O resultado pode ser não só ouvido, como também assistido com o lyric video, abaixo:




13 - SONIC DESCENT
Diretamente dos EUA, ele tem gravado e tocado música ao vivo por mais de 30 anos, com influências que vão de Sex Pistols, Ramones e Talking Heads a MGMT, por exemplo e todas essas referências podem ser percebidas em 'Luna Tick', faixa divulgada pelo artista na última semana de Maio e que mescla ska/punk, psicodelia/low-fi e new wave/indie, ao longo de um pouco mais de 2min.

Em release oficial, ele conta que enquanto trabalhava em Hollywood, teve a chance de produzir um documentário sobre a existência de OVNIs, onde conheceu diversas testemunhas militares importantes que compartilharam histórias de "eventos extraterrestres" bizarros e inquietantes. Tudo isso teve influência dentro de seu estilo musical, estando presente em cada uma das letras do próximo álbum do artista, onde terão 12 faixas que abordarão diferentes aspectos do depoimento de uma testemunha, unindo também a peliculariedade da comédia, por sua vasta experiência com o stand-up comedy.

Ouça abaixo:




14 - WYNONA
O duo fundado em Osaka lançaram há cerca de um mês o single de estreia, intitulado 'Get Back to Myself'. 

Apresentando uma mescla entre um pop expressivo e guitarras que dão um teor mais rock para a faixa, eles gravaram essa som em seu estúdio caseiro no centro de Osaka; onde encontraram conforto e uma sensação de simplicidade em sua produção criativa conforme eles começaram a se sentir isolados e com saudades de casa sozinhos em um país estrangeiro.

Forçados a fazer o último voo para fora de Tóquio na primavera de 2020 e voltar para casa em Hampshire, Reino Unido, por conta da pandemia global, Natalie & Rich escolheu revisitar uma música que ganhou vida no Japão - ‘Get Back To Myself’.

Música sobre a saudade de casa e sobre isolamento de viver em uma cidade a meio mundo de distância, o single de estreia resultante é um número pop romântico e feliz, com uma belíssima melodia vocal de Natalie e uma combinação relaxante de ritmos estridentes e linhas de guitarra nostálgicas.

Ouça abaixo:




15 - LUNARCODE
Talvez a faixa mais rocker da lista, 'Heartbreak' é uma faixa lançada final de Abril, onde apresenta um som enérgico, melódico, com bateria pesada e guitarra repleta de riffs e solo envolvente, por aproximadamente 4min. 

Líricamente, eles falam sobre a confusão do coração e a batalha de si mesmo no amor, que alguém pode simplesmente amar e afastar nosso coração partido e que a única cura para o nosso coração partido está nas mãos daqueles que o quebraram para começar.

Eles montaram a banda durante a pandemia e, com a junção de pessoas que já estão nesse meio há algum tempo, foram capazes de criar uma música onde misturam nostalgia e originalidade. Em release oficial, eles contam ter como objetivo fazer com que as pessoas sintam algo quando ouvem e isso as façam se concentrar na música, afim de digerir líricamente a mensagem que estão passando em suas músicas. Instrumentalmente, conseguem compôr um som que faz o ouvinte dar play por algumas vezes, não acha? Confira abaixo e tire suas próprias conclusões.


Postar um comentário

0 Comentários