GROOVER APRESENTA #38: Shy Honey, Leyya, Kids Return, Entropie, Poty e mais artistas entre as novidades das últimas semanas; Conheça-os aqui!!



01 - SHY HONEY
Diretamente dos EUA, ela é uma artista que estava começando a divulgar seu trabalho quando a pandemia começou. No início do mês, ela apresentou para o público, o single 'Reckless', som otimista que cresce lentamente, trazendo refrão muito cativante e repleto de grooves. Além disso, podemos conferir sua incrível entonância vocal, numa faixa com ritmo envolvente, dream pop e elementos/influências de R&B e Soul.

Ouça abaixo:



Outra faixa incrível lançada pela artista é 'Runaway', que conta com uma bateria pesada, elementos dos anos 80 na música e vocal muito harmônico que se mescla muito bem com o background instrumental.

Confira o videoclipe abaixo:




02 - TOM DONALD
Tom é artista fundador da hiTrecords e que no úlimo dia 14 lançou 'When Your Woman Leaves', seu single de estreia. 

Neste som eles apresentando mescla de influências e elementos do folk, pop e rock, ao longo de um pouco mais de 3 minutos. 

Em release oficial, eles comentam: "Mais ou menos um ano, Frank Grant, um compositor veterano da cidade de Nova York e um colaborador frequente, enviou uma folha de letras com o início desta música. Pensando em nossas próprias aventuras e desventuras na maior de todas as cidades, Nova York, nós retrabalhamos e o resultado é essa música"

Ouçam abaixo:




03 - LEYYA
Em "Lately", a banda polonesa segue um caminho em direção a canções conceituais que giram em torno da saúde mental, nas quais essa canção desempenha um papel central: É a "música de alívio".

Diz a letrista, cantora e produtora Sophie Lindinger:

"Ultimamente é uma canção de escape. É sobre se deixar ir; sobre fugir de sua cabeça direto para seu corpo. Para uma noite fora, esqueça todas as suas preocupações e problemas. Comece a sentir-se realmente e a se libertar de pensamentos tóxicos; para literalmente dançar para longe de seus medos. Entregue-se, deixe a batida controlar seu corpo. ... e fique acordado até que eu encontre o sol"

Musicalmente/visualmente, Gosto muito do estilo do videoclipe e da sua entonação vocal intimista, que remeteu bastante a um estilo Billie Eilish unido a batidas muito dançantes também. 




04 - MACKENZIE LEIGHTON
Mackenzie Leighton coloca em imagem uma das belas faixas de seu EP "Fleuriste", lançado há duas semanas. A artista franco-americana volta a escrever em inglês após sua soberba incursão pelo francês em "Un jour la vie", o single anterior. Sua guitarra suave e etérea e seu teclado vaporoso estão sempre aqui, logo atrás dela, apoiando uma melodia agridoce, ao mesmo tempo ensolarada e cheia de nostalgia ... Em algum lugar à beira-mar, sua amiga Mona a espera e todos nós queremos esteja lá com eles.

Mais uma prova do talento e da sensibilidade desta artista tão especial, entre a sua cultura americana e francesa, as suas flores e os seus instrumentos. Um lembrete para (re) ouvir seu EP com urgência!




05 - KIDS RETURN
Com "Our Love", Kids Return assina um segundo single mais dançante, mas tão nostálgico e melancólico quanto seu primeiro rascunho "Melody". Ao misturar harmonias e influências do funk japonês que lembram a trilha sonora de filmes dos anos 70 (Vladimir Cosma) com uma voz de toque francês como Air, Clément Savoye e Adrien Rozé afirmam mais uma vez um estilo elegante e animado.

Através de uma faixa groovy e melancólica, gravada e mixada inteiramente em analógico, entre o estúdio Motorbass em Paris e o estúdio Red House em Champagne, Kids Return afirma a profundidade dentro da falsa ingenuidade da infância e o poder evocativo da nostalgia quando obscurece o linha entre alegria e tristeza.

Instrumentalmente, podemos ouvir diversos elementos do jazz, funk e da música dos anos setenta, com uma produção analógica muito bem executada em uma faixa que traz em seu lirismo um assunto interessante para ser abordado.




06 - ENTROPIE
O grupo de pop rock parisiense está de volta ao site. Em release oficial, eles se definem como quatro amigos de infância com estilos e personalidades diferentes que se harmonizam na música.

Em 'The Dancing Plague, eles apresentam junto com a música um videoclipe de introdução brilhando e que pode até ser tratado como um curta-metragem, se analisarmos as cenas com detalhes,

Além disso, temos uma faixa com vocais libertadores, riffs acelerados e um instrumental indie que a acompanha.

Ouça e assista abaixo:




07 - POTY
9 de julho de 2021, lançamento do primeiro videoclipe de Poty. O Teatro Toselli, lugar mágico da cultura piemontesa, recebe Poty nas notas de seu single 'Different'.

Nesta faixa, a artista traz um incrivelmente calmo e doce vocal, misturado com um instrumental variado, com elementos do jazz, pop e rock ao trazer instrumentos como piano e riffs de guitarra do indie rock. 

Ao mesmo tempo nostálgico e dinâmico, o vídeo leva o espectador ao imaginário de Poty, mergulhando-o em um local há muito inacessível devido à pandemia. Este projeto pretende homenagear todos os artistas que não conseguiram se expressar durante esse período.




08 - FABIEN WALTMANN
É produtor-compositor há 20 anos colaborando com artistas como Gwen Stefani, U2, Placebo e Etienne Daho.

Recentemente ele lançou seu primeiro single, intitulado 'Piel' e feito em parceria com Dear Leo, cantora excepcional madrilenha. Uma das sequências deste lançamento será um álbum com 10 faixas.

Ouça uma amostra dele, abaixo:




09 - ROCKLEE
'It's a Feeling' é um dueto emocionante com dois dos melhores dos últimos tempos: Mel Pacifico e Uness

A faixa foi criada a partir de um desafio no Instagram. "Mel Pacifico lançou uma história de IG dela cantando algumas das letras sem nenhum instrumento." explica Lee. "Os músicos foram convidados a produzir uma melodia em torno do que ouviram ou os cantores poderiam adicionar execuções vocais e fazer uma interpretação do vídeo de 15 segundos que haviam visto. Entrei em contato com Mel para obter o vídeo original e colocar sua voz diretamente na minha produção musical. Ela realmente amou o que eu fiz e compartilhou com sua história. Achei que o desafio de 15 segundos fosse uma forma de divulgar o projeto dela, então nunca pensei na possibilidade de fazer uma música completa com ele. Foi só quando conheci Paul Cargnello anos depois, enquanto trabalhava em meu projeto, que considerei aquele pequeno refrão ali colocado. Entrei em contato com Mel para saber quando sua música estava saindo e ela me disse que não estava realmente lançando nada e que seria ótimo se eu produzisse a música completa com ela. O resto é história!"

RockLee revelou seu primeiro esforço de produção em 2020 com seu single I'm Right Here, servida internacionalmente para rádios em 2020. I’m Right Here já conquistou airplay em todo o mundo, incluindo o Brasil , França, Itália, Canadá, África, Austrália, Suíça, Reino Unido, Uganda  e muito mais.


Postar um comentário

0 Comentários