MUSO SOUP SINGLES #23.1: Emblm, Liza Weald, Ettie, Am7, Hiro, Dream On, Fube, Linda e mais artistas com singles de estilos como R&B, Blues, folk, eletrônico, entre outros

01 - EMBLM
Com um vocal e elementos instrumentais clássicos do R&B, 'Darken My Doorway' é um dos singles mais recentes do artista, sendo lançado no último dia 21. 

Como inspiração, temos a história real de uma viagem noturna feita após o final de um relacionamento que deu errado. O resultado é uma faixa composta por um piano comovente, vocais emocionais e o flerte com beats do eletrônico, unidos a um lirismo que traz sentimentos honestos por parte do artista. 




02 -WHITE HORSES
Divulgada com um videoclipe no youtube final de Abril, 'Can Can Man' é uma faixa típica da mescla de estilos como o americana, country e blues, com vocal emblemático e guitar slide que dá o tom instrumental da música por toda sua duração.

A música é sobre um motociclista americano amante da liberdade, com uma namorada selvagem, e em busca da estrada para Las Vegas e um pouco de jogo! É um retrocesso contra todo o politicamente correto da sociedade moderna. Esté é conhecido como 'Can Can Man'.

E fã de blues, repleto de guitar slide ou de músicas voltadas para o americana e country? Então confira o videoclipe abaixo:




03 - LIZA WEALD
Diretamente de Rotterdam (saudades, Holanda, espero voltar -e ficar- em breve), a artista compositora de indie folk ganhou recente dois prêmios locais: Grote Prijs van Rotterdam e o Rotterdam Music Award. O motivo desses prêmios pode ser ouvido tanto em seus singles anteriores, como em 'Shape Od The Dunes', lançado final de Maio e também título do seu EP de estreia. 

Com um vocal marcante, mas também suave, unido a um instrumental repleto de dedilhados muito bem executados e harmônicos, em conjunto com o jogo de vozes presente na faixa, a música é uma canção folk romântica e calorosa, sobre o desejo de fazer parte das memórias do seu outro significativo. Como você realmente já queria fazer parte da vida dele, muito antes de se conhecer. O jogo de vozes entre ela e seu parceiro de banda simboliza o encontro entre um homem e uma mulher. 

Ouça 'Shapes of the Dunes' abaixo:




04 - ETHAN MUGGLESTONE
No final de Abril, os cantor/compositor Ben Pratt e o compositor/produtor Ethan Mugglestone uniram forças de talentos e influencias musicais para o lançamento de 'Last Chance'. Neste trabalho, enquanto Ethan foi responsável pela letra, Pratt foi o cara dos acordes e do background instrumental, com uma melodia criada por ambos. 

Na faixa, eles contam uma história de amor perdido e como um relacionamento às vezes pode ter seus momentos ruins, mas os bons momentos sempre devem ser lembrados. O título em si, cria uma intensidade imediata com o ouvinte, que fica preso nela do início ao fim, principalmente por conta emoção e sinceridade passa dentro de cada momento da música. 




05 - FONZY AND COMPANY
Grupo de rock alternativo/pop punk britânico, eles lançaram na última semana de Maio o single 'Beyond My Control', faixa que fala sobre a auto-sabotagem, abrir mão da confiança da maneira como você foi criado e perceber que se adaptar é essencial, mas não esquecer suas raízes e as melhores partes que fazem o que há de bom em você, mesmo que isso vá de encontro aos ideais modernos.

Para fãs de: Pixies, Green Day, Weezer, Foo Fighters, Fleetwood Mac, Norah Jones, Ash, Feeder, Jimmy Eat World e muito mais.

Ouça abaixo:




06 - TEN EASY PAYMENTS
O quarteto multi-gênero americano lançou no final de Abril o single 'Things Can't Stay the Same', que nasceu de um experimento que reuniu diferentes estilos, elementos e influencias de cada um deles dentro do indie rock, sendo a primeira de muitas que a banda planejar lançar nesse estilo, sendo também a favorita deles até então. 

Na faixa, podemos ouvir com clareza um mix entre o indie pop/rock e o dream pop. Confira você mesmo abaixo:




07 - ETTIE
Divulgado no finalzinho de Maio, 'manic pixie dream girl' é a primeira divulgação antecipada do EP de estreia da artista.

Trafegando principalmente pelo indie pop, a faixa traz um conteúdo importantíssimo de ser debatido hoje: A romantização da saúde mental das mulheres na mídia. Essa personagem da 'garota dos sonhos da fada maníaca', sonhada por homens sozinhos em salas de redação, com a garota linda e problemática que está lá apenas para ajudar no crescimento pessoal do personagem principal masculino. A música também reflete a própria batalha de Ettie com a saúde mental, finalmente sendo mais sincera sobre seu próprio transtorno bipolar.

O pop alternativo autoescrito da marca ettie chama a atenção para conceitos e ideias comuns, com um toque criativo. Inspirado para escrever por artistas pop-punk, como Paramore e Panic! at the Disco, contar histórias é o coração de seu trabalho.

‘Manic pixie dream girl’ é o primeiro single de um EP de cinco faixas que promete ser cru, honesto, gay e cafeinado. Pelas referencias musicais citadas acima e pelo single antecipado, podemos dizer que ettie é realmente uma artista  que deve ser observada.




08 - KARINA MAGALLON
Apresentando uma mescla de R&B, Pop e elementos da música latina, seja pelos instrumentais ou por conta da música cantada em espanhol/ingles, 'Cafecito' é uma música que descreve seu amor, como a xícara de café que precisamos precisamos todos os dias. 

Sobre a faixa, a artista comenta que escreveu juntamente com Thomas Ng, mas de maneira remota, com ela em Houston e ela em Boston. A escolha da faixa ser bilingue se deu por conta da artista ter nascido nos EUA, mas vivido no Panamá e, além dissom, com esse mescla de dois idiomas, com certeza a artista tem possibilidade de atingir público não só por todas as partes da América, como também pela Europa (por conta do espanhol).

Já sobre a arte da capa, ela comenta: "Os bluebonnets na arte da capa são um símbolo do orgulho e do amor do Texas. Eles só florescem por uma semana no Texas, então eu tive sorte de tirar uma foto com eles". 




09 - MUSCULAR
Lançado na primeira quinzena de Maio, 'Word on the Wire' é o segundo single da banda, que apresenta um eletropop, com arranjos voltado ao funky e sintetizadores de peso, unidos a um vocal limpo por grande marcante da música. 

A faixa traz os vocais de Oskari Ruohonen, também conhecido como Oskr, e das bandas Traffic Island e Yournalist. As letras são feitas por Oskari, Ilmari Aitoaho e Santeri Ruohonen.

O cérebro por trás desse projeto Muscular é o tecladista e pianista finlandês Ilmari Aitoaho. Atualmente ele também faz parte do grupo de funk-rock East Funk Attack, da banda de soul inspirada na Motown, Punomo, e do cult de indie-rock Yournalist. Ilmari se cercou de músicos super talentosos que dão seu próprio suplemento brilhante a este tecido muscular.

Ouça o single repleto de elementos do synth, dance e até mesmo da psicodelia, principalmente por alguns trechos instrumentais, abaixo:




10 - AM7
Lançada final de Março, 'Affirmations' é a música da estreia do artista londrino, que mostra ao público seu trabalho dentro do trap, hip-hop e com elementos de gêneros como o eletropop e o synthwave, numa música definida pelo artista como a autorreflexão deste início de 2021, ao apresentar letras agressivas e a convicção de nos aprimorarmos, para conseguirmos o que desejamos. 

O artista recentemente foi vencedor do concurso de artistas da Coast2coast London. Com apresentações na cidade de Camden, Reino Unido e na Flórida, Miami.




11 - HIRO
Apesar de ter sido lançada em Abril, escolhemos um dia apropriado para divulgar 'Sapphire', um dos trabalhos mais recentes do artista norte-americano, que apresenta uma faixa voltada para o synthcomercial pop e que fala sobre como encontrar um amor especial, m romance que faz o mundo parecer parado. Um amor que é um em um milhão e que transcende o tempo.

Essa música pode não somente ser ouvida, como também ser assistida pelo videoclipe abaixo:




12 - DREAM ON
Lançada há aproximadamente dois meses, 'Falling' é um dos trabalhos mais recentes da banda, que apresenta um som alt/indie rock, tendo como destaque as guitarras muito bem executadas e responsáveis por momentos de crescimento vocal, dentro uma faixa influenciada por nomes como Beach Fossils, Dr. Dog e Lewis Del Mar. 

O som pode ser ouvido abaixo:




13 - COUCHSLEEPERS
Mesmo sendo lançada no começo de Fevereiro, 'Monsters' é uma das faixas que mais merecem atenção deste compilado. Uma faixa com vocais simples e gostosos de se ouvir, unido a uma guitarra mesclada com maestria e elementos não tão característicos do gênero, como o sintetizador, numa faixa de aproximadamente 3 minutos.

Sobre a produlão, o artista explica que foi algo desafiador, divertido e interessante de se fazer. Dentro da faixa, ele silenciou as cordas do acústico e transduziu mecanicamente o sinal de sua pedaleira; re-sampleando também seu vocal em um som de flauta fantasma que pode ser tocada como um sintetizador. O resultado é um ambiente sonoro profundo, de uma música escrita e gravada dentro do seu apartamento e que já soma +12K streams no Spotify.




14 - BASEBALL HAT
É um duo estudaniense que apresenta em 'Up All Night' uma faixa voltada para dance/eletrônico, mas repleta de elementos não só do pop, como também do indie rock. Lançada em Abril, este é o segundo single da banda e foi composto após tomarem a vacina e estarem ansiosos pra poderem ir em uma balada e dançarem por toda a noite, quando os locais abrirem novamente. Apesar de toda essa expectativa por ir em locais com mais pessoas, eles gravaram a música em um estúdio caseiro, com somente eles dois. 

A faixa pode ser ouvida no bandcamp da banda, abaixo:




15 - MJ DUKE
O último trabalho do artista britânico em 2020 apresenta um vocal repleto de emoção, numa faixa que trafega por estilos como o R&B, Soul, hip-hop e música eletrônica, seja por conta da variedade vocal do artista ou dos beats e elementos encontrados durante aproximadamente 4 minutos.

Em 'Ruthless', MJ Duke trás como tema as desvantagens de ser carregado negativamente em relação aos outros. Ouça abaixo:




16 - FUBE
Diretamente do Canadá, o artista já vem lançando música independente ao longo dos últimos três anos e um dos seus últimos trabalhos foi lançado nas plataformas digitais no último dia 21. Com duração de aproximadamente três minutos, 'Lemon Tea' é definida pelo artista como uma celebração da individualidade e da diferença, encorajando o público ouvinte a aceitar o que tornam especiais, diferentes e não ter medo do que os outros pensam sobre eles, a ter auto-confiança.
Esse tema nasceu do próprio que o artista tinha do julgamento dos outros por como ele é ou deixa de ser e, com o tempo, ele viu que nunca deveria deixar a opinião dos outros o impedir de viver,  porque no final do dia, nada disso importará. O importante é sempre amar a si mesmo e viver sua vida com autenticidade.

Em um trabalho que mescla indie com dream pop e rap, ele contá que há um humor frio em seu lírismo e, que num geral, podemos ver elementos de R&B, Hip-Hop e Pop nas suas músicas. 

Ouça a mais recente delas e confira o Spotify do artista abaixo:




17 - TESSA MAYNARD
Tessa é uma artista diretamente da Holanda e, que há cerca de um mês, lançou o single 'We Are The Stars', feita em colaboração com Alexander Kasakov e que apresenta estilos vocais e instrumentais voltados principalmente para um pop dançante, mas que também tem o baixo como destaque ao longo do background instrumental.

Alexander tem em seu trabalho a influencia de artistas como Sam Smith e Little Mix. Focado na ideia de criar um novo estilo de pop, unido ao seu tom vocal, ele trabalhou com a produtora Tess Maynard, que também se volta a vertente pop, produzindo faixas de destaque no cenário local. 

Afim de permitirmos eles de atravessarem o oceano, cá trouxemos 'We Are The Stars', um dos trabalhos mais recentes de ambos e que pode ser ouvido abaixo:




18 - JEM DOULTON
Jem, artista britânica repleto de gêneros musicais, está lançando uma música na última sexta-feira de cada mês, até março de 2022, como uma espécie de serialização de seu álbum "Perfect Pircure", que une músicos muitos distintos que o artista conheceu ao longo dos anos. 

Um desses trabalhos é 'The Thingly Thing', faixa épica, experimental, psicodélica, shoegaze de quase 11min (e um pouco menos de 6min em sua versão editada para a rádio) que levam o ouvinte a navegar para um mundo retrô, repleto de sintetizadores hipnóticos, melodias impulsionadas e batidas poderosas. 

Nesse projeto, ele pediu aos músicos que contribuíssem com as faixas que considerava mais adequadas para eles e, basicamente, os deixei fazer as coisas que fazem. Isso significa que há instrumentais agitados e grandes canções shoegazey, há pulsos de sintetizador e há solos.

Convidados especiais do projeto em ordem alfabética: #SamAyres #LukeBarlow #BenjiBouton #DemCastellanos #BenDoulton #DebGooge #RachelKenedy #AgatheMax #JamieMcCredie #ThurstonMoore #TomRelleen #KevinToublant #AublicWlerard. Convidados extras especiais são Joe Winawer (filho de Mike) com o Fountayne Road Choir de N15 (também conhecido como Little Italy).




19 - LINDA
Diretamente de Budapeste, Hungria, a artista lançou na segunda quinzena de Abril 'City Lights', escrita durante o lockdown com o intuito de alegrar o público o ouvinte e lembrar a cada um deles, que em breve poderemos tomar uma garrafa de um bom vinho, ou algumas doses na margem do rio (saudades fazer isso, exatamente na Hungria), logo poderemos viajar e estar juntos, abraçar e beijar.

De brinde, ainda temos um videoclipe filmado em Budapeste, durante a noite com drones, e também capturando cenas emocionantes sobre como a carga e os grandes aviões são carregados durante a noite em aeródromos internacionais.

Mesclando diversos estilos, temos vocais clássicos pop/r&b, unidos a uma big band com instrumentos característicos do jazz, numa faixa criada com a colaboração de:

Linda Horváth - vocais principais e de apoio, além da letra
Ádám Meggyes - trompete
Gergő Kováts - saxofone
Krisztián Csapó - trombone
Ábel Mihalik - guitarras, bateria, baixo, sintetizador




20 - CASPARK
Diretamente de Chicago, EUA, ele lançou no começo do ano a faixa 'Takeout', onde apresenta ao público ouvinte beats intimistas, dançantes e típicos de estilos como o urban e R&B, assim como sua entonação vocal aao longo da faixa e muito bem mesclada com o instrumental. 

Nela, o artista fala sobre um amor passado, mas que ele não consegue passar de pensar, muito menos seguir em frente. E na letra, é dito sobre os momentos que tiveram e o desejo dele poder traçar planos, junto com seu amor e estar juntos dia a dia.

Tenha uma melhor experiência com o videoclipe abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários