MUSO SOUP SINGLES #9: Rise Of Veins, a: two, Satre, Ginger Parks e mais artistas com lançamentos de metal, country, synthpop, jazz e indie.

01 - RISE OF VEINS
Com riffs e solo marcantes, além de um vocal bem destacado, eles lançaram no começo do ano o single 'Unsaid'. Apresentando um metal da melhor  qualidade, a faixa tem como destaques a guitarra e a bateria (ficando em perfeita harmonia com o estilo vocal da banda), que com  certeza fará o público ouvir mais vezes, afim de digerir todos os detalhes possíveis da música.

Esse é o primeiro single da banda, que promete lançar mais trabalhos ao longo de 2021.




02 - A: TWO
Projeto solo de Marco Ledri, tecladista da banda de rock progressivo Soniq Circus, esse é seu primeiro trabalho de estreia,

A música é inspirada no nascimento da sua primeira filha, trazendo um início calmo e melancólico, com teclados sendo bem destacados ao longo da faixa, principalmente antes do crescimento vocal após o primeiro minuto da música, e em momentos de solo do instrumento.  Também apresenta a variedade de estilos do artista, que transforma algo mais acústico e pop, em alho hard rock e mais pesado no último minuto da faixa, que pode ser ouvida abaixo.




03 - OLIVIA MORREALE
A faixa começa com sintetizadores brilhantes e, ao longo da música, flerta com sons pop retro dos anos 80; apresentando batidas características também do comercial pop, prontas para serem executadas em rádios e playlist do estilo, mantendo a mesma estrutura ao longo da música.

NO ANSWER é o primeiro lançamento do EP SPACE DREAMS



04 - DUVY BURSTON
Na primeira quinzena de Janeiro ele lançou seu terceiro single, intitulado 'To the Dust', trafegando pelo pop em uma música com caráter de composição sensível, falando sobre a luta contra sentimentos e pensativos negativos, A faixa saiu como uma resposta ao que passamos na pandemia, onde tivemos diversos desafios para serem vencidos, dia a dia.

"Minha esperança é que a música inspire outras pessoas a se sentirem fortalecidas para superar os pensamentos e emoções negativas", diz Duvy.




05 - SATRE
Passando por estilos como eletrônico, synth pop, trap e até mesmo hip-hop, variando todos os esses estilos na entonação vocal ou nos beats, Satre lançou no começo do ano o single 'Get Up', disponível em todas as plataformas digitais. 

Confira:


06 - BRIAN MACKEY
Passando por estilos como o country e o folk, ele lançou recentemente 'Keep the World Alive', escrito para destacar a mudança de vida em meio à pandemia COVID19. Violão delicado, dedilhados interessantes de se ouvir e uma mescla com violino faz o ouvinte relaxar, esquecer dos problemas do mundo,  durante os quase cinco minutos de música. 

A magia da música ficará melhor acompanhada do videoclipe, que vocês podem ver abaixo:




07 - GINGER PARKS
Trazendo um clima natalino para o indie pop, os australinos da Ginger Parks lançaram no penúltimo dia de Dezembro o single 'New Year', que fala sobre mudanças, coisas que desejamos e traz uma reflexão sobre a possível única coisa em que podemos confiar no futuro: O Amor.

Ouça a faixa abaixo:




08 - KING CASTLE
Com instrumentos típicos do jazz e entonações vocais do R & B, eles também trafegam pelo pop e hip-hop em 'Dracula', single de estreia feito no DIY, com equipamentos caseiros por conta do lockdown.

A faixa fala sobre pessoas presas em relacionamentos narcisistas que estão esgotando completamente
sua energia. Seja um ente querido, um amigo ou um colega. Todos nós experimentamos isso, seja num passado distante ou atualmente por conta do lockdown, que fez com que as pessoas passassem mais tempo em casa e devido a isso ocorreram muito mais problemas domésticos. A artista que essa música vai soar fiel a muitas pessoas e, com sorte, fornecer uma voz de apoio e razão para que saibam que não estão lutando sozinhas.




09 - RODERIC H
Caprichando no dance music e sintetizadores, além de uma voz perfeita para o pop comercial, ele lançou 'Sunny Skies' no começo de Janeiro, sendo primeiro single do artista em 2021. A música de aproximadamente 3min ainda trás influências do eletro e britpop, num som que não deixará o ouvinte parado.


Esta matéria foi criada via Musosoup, entenda mais aqui: #Sustainablecurator