MUSO SOUP SINGLES #12: Darcy, Aaron Yorke, Slowe, Gürl e mais artistas com lançamentos passando pelo folk, rock alternativo, pop e experimental

01 - SABINE
Um vocal nasal, que nos remete e muito a Shakira, e uma linha marcante de viola cameo, são os destaque de 'Hoy Do You Sleep At Night', primeiro single lançado por Sabine em 2021.

Apesar do estilo vocal parecido, a artista tem um DNA próprio, com uma voz que poder ir da calmaria a explosão no momento que ela bem entender, sendo bem mesclada com hora viola, hora guitarra elétrica. Conseguindo trazer um som rápido para uma voz suave, mas bem poderosa.

A faixa sucedeu os singles 'Over e 'Let You Go' e sobre ela, a artista disse o seguinte: "Comecei a escrever esta faixa há cerca de cinco anos, tocando-a ao vivo com uma banda completa no verão de 2019, antes de gravá-la mais tarde naquele ano, junto com o videoclipe que a acompanha. A faixa é sobre um relacionamento cheio de promessas quebradas, onde uma pessoa não é livre e a outra sabe, no fundo, que não está indo a lugar nenhum; retrata a mistura de emoções deixadas quando termina inevitavelmente."



02 - DARCY
Piano clássico dá o tom instrumental de 'Faithful', uma das músicas mais recentes da artista e que faz parte do disco homônimo lançado em Fevereiro. A faixa traz um vocal rápido, mas que encaixa perfeitamente com o piano executado e traz para o ouvinte até alguns momentos solo do instrumento, algo bem raro de se ver atualmente.

 


03 - MAIDA ROSE
Trafegando por estilos como o Dream Pop e Indie Rock, Maida Rose lançou recentemente o single 'Where Do We Go', que apresenta um baixo destacado e guitar slide em diversos momentos da música, que se passa no final de um relacionamento de longo prazo, onde começa a se dar conta de que você precisa redescobrir quem você é quando não estiver mais com seu parceiro. É uma fase de negação, após tentativas malsucedidas de deixar seu amante ir.




04 - AARON YORKE
No seu mais single recente, Aaron consegue variar bastante o tom da voz, indo da crescente para decrescente vocal rapidamente e conseguindo manter a harmônia e tons do piano, numa melodia muito bem elaborada. 

Sobre a música, ele comentou: "Master of Deflection é o primeiro de 10 singles que pretendo lançar este ano. Estou estabelecendo o desafio de escrever e produzir uma nova música mensalmente e então ter meu álbum lançado no final do ano, quando as coisas voltarem ao normal!"




05 - SUNLUST
Bateria pesada, riffs repetidos e vocal sujo. Essas são algumas características do som mais garage possível e presente com maestria em 'Magnum Opus', som mais recente do trio Sunlust, comandado por um vocal feminino. Por todo esse conjunto da obra (vale destacar que o vocal sujo, nesse caso, é uma grande qualidade) e faixa merece seu destaque e com certeza estar marcando presença nas playlists principais do gênero e ganhando um espaço em festivais ou abrindo shows de bandas maiores do estilo, para o público passar a conhecer.

O videoclipe foi idealizado e criado por nossa cantora e guitarrista Stephanie Woulfe, inspirado no videoclipe visualmente espástico e enérgico dos Pixies de "Debaser". "Achamos que temos um som único, enérgico e empolgante, e nos divertimos muito gravando esse single e todo o LP, e adoramos ver nossas músicas evoluir e tomar forma".




06 - SLOWE
Trafegando por estilos como o R&B, a artista Sloew apresenta um vocal suave, típico do gênero, em WYLTK, faixa presente em todas as plataformas digitais e que ja foi executada em rádios como a BBC Introducing in the West e Radio 1.

Fazendo o trabalho com um toque de DIY, ela compõe, canta, toca guitarra, grava e produz de dentro do seu quarto, durante o lockdown. A música ganhou vida através da colaboração de seu grupo de amigos músicos próximos para preencher as outras partes, dando briefings e enviando arquivos online.

Com uma sensibilidade DIY e um toque Lo-Fi, ‘WYLTK’ combina sabores de neo-soul, R&B indie e influências do bedroom-pop.




07 - CAROLINE GUSTAVSSON
Nos apresentando um pop bem comercial, pronto para ser tocado nas principais rádios, playlists e (em breve, esperamos) festivais espalhados pelo mundo, 'Changes' é uma música que fala como enfrentar os desafios da vida e continuar acreditando que você vai superar esses tempos difíceis. 

Equilibrando a letra repleta de mensagens positivas/de esperança com grooves e acústico alegre, a música deixa o ouvinte com um sentimento bom ao final da música. 




08 - GÜRL
Se denominando como anti-pop, eles lançaram recentemente o single 'Dolores', que traz guitarra e bateria tão pesadas quanto faixas do EDM (tendo elementos do gênero), mas com um vocal presente no rock alternativo. 

É indicado para fãs de Bring Me The Horizon, Yungblud e Nova Twins




09 - COLOURSHOP
Em 2019, Colourshop lançou a faixa 'Dear Friend' voltada mais para um público folk, com a música sendo somente voz e violão. Um pouco mais de um ano depois, ele fez uma nova roupagem para a música, novos instrumentos de corda, bateria e elementos que transformaram e faixa em algo  mais dançante e elaborado. Confira a versão 2019 aqui e a 2021 abaixo:




10 - CHRISTIAN BERNAL

Em 'Revolution', o artista inicia com um drum 'n' bass, trazendo um som típico da floresta e logo em seguida acrescenta instrumentos de sopro ao drum 'n' bass, transbordando de elementos experimentais e psicodélicos, por cerca de 5min.



Esta matéria foi criada via Musosoup, entenda mais aqui: #Sustainablecurator

Postar um comentário

0 Comentários