Pedro Mauro Pedro Mauro Author
Title: Resenha do filme "Han Solo - Uma História Star Wars" [SEM SPOILERS]
Author: Pedro Mauro
Rating 5 of 5 Des:
Han Solo – Uma História Star Wars – Dir: Ron Howard Quem acompanha a carreira do americano Ron Howard sabe que o diretor gosta d...

Han Solo – Uma História Star Wars – Dir: Ron Howard
Quem acompanha a carreira do americano Ron Howard sabe que o diretor gosta de fazer filmes biográficos. Howard possui uma longa e respeitadíssima carreira cinematográfica e agora possui mais um bom motivo para ser respeitado. Confesso que como um devoto fã de Star Wars, estava absolutamente inseguro e nada ansioso pelo filme “solo” do contrabandista e mercenário mais malandro de toda a galáxia.


E assim, o filme biográfico nos surpreende de todos os lados. O próprio universo de Geroge Lucas, a direção hábil de Howard, carisma dos personagens e boas atuações. E para quem dar o icônico papel de Solo? Elden Ehrenreich é uma cara nova. Até atuou em um filme independente aqui e uma série ali. E Elden dá conta da responsabilidade com muito carisma, senso de humor, sarcasmo e é claro, muita lábia.


A história é simples, divertida, engraçada ao melhor estilo de Solo. Pela primeira vez no universo da saga, não vemos tanto do drama político apesar de ter lá sua dosagem. Mas o foco aqui é um filme no clima de Han Solo e seu amigo Chewie. É até cabível dizer que é um filme família. Para os fãs mais detalhistas, referências e easter-eggs a outros filmes da franquia é o que também não falta.


Não apenas Elden, mas o resto do elenco também brilha à sua medida. Donald Glover dá vida brilhantemente à versão mais jovem de Lando e Emília Clarke (a Daenerys, de Game of Thrones) além de ser ótima atriz, mostra várias facetas de uma personagem que sabe o tamanho de sua importância para o desenrolar da história. Woody Harrelson fecha com chave de ouro o grupo de protagonistas do novo spin-off. Ah, claro! Nosso querido Chewbacca ganha aqui, um peso e profundidade que não tem como não querer abraçá-lo depois que o filme acaba.


Como não poderia deixar de faltar, vemos as diversas criaturas doidas, robôs que roubam as cenas e personagens inesperados que fazem o público saltar da cadeira. De fato, apesar de ser um filme biográfico de um personagem fictício, Ron Howard mostrou que pelo menos até onde vemos esse é seu campo de melhor atuação. Isso porque é o primeiro filme de uma franquia de 4 décadas que foca em um personagem específico. A missão é grande, desafiadora e cautelosa. E não é que deu certo?


O filme nos leva ao tão amado e cultuado universo Star Wars, mas para conhecer Han Solo, viajar com ele a bordo da Millenium Falcon com Chewie e se meter nas maiores roubadas intergalácticas. O roteiro de engenhoso de Jonathan e Lawrence Kasdan (pai e filho, respectivamente) é cheio de reviravoltas e surpresas que acertam no timing. Desta vez podemos curtir Star Wars com mais risadas e piadas. Tudo está na medida em que Star Wars deve ser. É, de alguma forma, uma comédia espacial, mas que também sabe o peso dramático para deixar o clima mais sólido. Sendo assim, o filme é muito bem equilibrado em todos os gêneros explorados.


A Disney tem feito o impossível. Acabou de fazer com Guerra Infinita e já o fez novamente com o filme biográfico de Star Wars. Depois do lançamento do episódio 9, previsto para lançar em Dezembro de 2019, correm boatos de que teremos um filme biográfico de Obi-Wan Kenobi. Aguardemos.

Nota  - 6 estrelas

Postar um comentário

 
Top