Header Ads

       
  • Breaking News

    A sexta-feira 13 de mais sorte na história dos gaúchos, poder presenciar Paul McCartney ao vivo pela segunda vez!

    Paul McCartney em PoA - 2017
    Foto: Marcos Hermes / Texto: Ton Müller
    Foram dias de muita chuva no RS inclusive na Capital Gaúcha aonde nesta última Sexta-feira recebeu um dos nomes mais históricos da música internacional, Sr. Paul McCartney desembarcava no meio da semana para passagem de som (sim, que ele mesmo faz diferente de muitas estrelinhas por aí) e aproveitou para dar oi, mandar beijos e muito carinho do hotel aonde ficou hospedado. Um verdadeiro Gentleman com seus fãs.

    Paul McCartney em PoA - 2017
    Foto: Marcos Hermes
    Logo ao chegar nas redondezas do estádio do internacional nota-se filas quilométricas circundando a estrutura, para todos os setores, eram filhos, pais e netos celebrando a boa música, passando de geração para geração canções que marcam vidas, e ali estaria uma noite de grandes surpresas, set list especial e todo o espetáculo não só por parte da logística, mas também pelo próprio McCartney que é um showman!

    Paul McCartney em PoA - 2017
    Foto: Marcos Hermes
    Com abertura de Frank Jorge e Luciano Albo às 19h enquanto já caia muita chuva, os caras mandaram clássicos dos Cascavelettes, (banda gaúcha clássica que os dois integraram nos anos 80). Enquanto o público chegava a ansiedade chegava junto, e exatamente às 21h as luzes se apagam e surge no palco um jovem “guri” senhor de 75 anos de idade que faz o estádio inteiro gritar sem parar como a Beatlemania dos anos 60. Quer energia melhor? Impossível! Paul chega agradecendo e mostrando que está na hora de um show de história, energia, emoção e rock’n’roll.
    O show iniciou com “A Hard Days Night” prometendo mais clássicos dos Beatles e de uma carreira solo invejável como a de McCartney. E no show não faltaram momentos marcantes como o português preparado do Sr. em vários momentos “olá”, “muito obrigado”, “Gaúchos e gaúchas” “Tri legal” e até um “bah” (expressão gaúcha) Paul arriscava em meio as músicas conquistando qualquer gaúcho que se preze. Em Blackbird, Paul falou sobre os direitos humanos e depois disso o estádio ecoou um "Fora, Temer". Foram várias homenagens aos falecidos companheiros George e Lennon que emocionaram aos fãs mais fervorosos além da pirotecnia em “Live and Let Die“, palco flutuante em meio a sets acústicos com a banda incrivelmente bem afiada em todos os momentos. 

    Paul McCartney em PoA
    Foto: Ton Müller
    Para a parte final do show Paul ainda convidou algumas garotas para dançar com ele em “Birthday” com humildade recebeu elas, conversou com elas, enfim, foi McCartney com elas e todos curtiram juntos o momento além humano para muitos de nós ali presentes. Em certo momento os integrantes da banda junto de Paul erguem as bandeiras do Brasil, Inglaterra e do movimento LGBT que levou todos aos aplausos que não pararam mais até a sequência final. Macca se despediu ao som de “The End”, alguns fãs sentiram falta de algumas canções como “All My Loving” ou “Come Together” mas em contra partida ganharam outras ainda não executadas na capital gaúcha neste segundo show.


    Paul mostrou como se faz rock’n’roll por gerações e não da sinais de cansaço ou de levantar a bandeira branca, se deixar para o garoto de liverpool seu show chega tranquilo as 4 horas de duração. Mas Pra deixar o gostinho de quero mais o Beatle deu seu presente a Porto Alegre e aos seus 50 mil espectadores com um show de quase 3 horas. Um símbolo do rock, a história acontecendo ao vivo e nós eternamente gratos por participar de algo que faz parte de todos nós de alguma maneira. Foi chuva e McCartney lavando a alma, um modo de celebrar a vida, o amor e a igualdade que o Beatle deixa sempre explícito em seus concertos! 

    Paul McCartney em PoA
    Foto: Ton Müller
    A Hard Days Night
    Juniors Farm
    Can't Buy Me Love
    Got to Get You Into My Life
    Let Me Roll It
    I've Got A Feeling
    My Valentine
    1985
    Maybe I'm Amazed
    We Can Work it Out
    In Spite Of All The Danger
    You Won't See Me
    Love Me Do
    And I Love Her
    Blackbird
    Here Today
    Queenie Eye
    New
    Lady Madonna
    FourFiveSeconds
    Eleanor Rigby
    I Wanna Be Your Man
    Being for the Benefit Mr Kite
    Something
    A Day In The Life
    Obla Di Obla Da
    Band On The Run
    Back in the USSR
    Let it Be
    Live and Let Die
    Hey Jude
    Yesterday
    Sgt Pepper Reprise
    Helter Skelter
    Birthday
    Golden Slumbers
    Carry That Weight
    The End

    Vídeo compacto do show:


    A Tour On on One iniciou em Porto Alegre e agora segue para São Paulo (15), Belo Horizonte (17) e Salvador (20), sendo que a Tour desde 2016 já passou por 4 continentes. Quer motivos ainda para ir a um show do Paul? Um Beatle entre nós!