Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: ENTREVISTA INTERNACIONAL com Red Fang e Böhse Onkelz
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Nesta noite de Sexta-feira (12), fomos do bairro do Bixiga para o Alto da Lapa, entrevistar a Red e Fang e Böhse Onkelz, duas bandas que ...
Red Fang

Nesta noite de Sexta-feira (12), fomos do bairro do Bixiga para o Alto da Lapa, entrevistar a Red e Fang e Böhse Onkelz, duas bandas que se apresentam na tarde de hoje pela segunda edição do Maximus Festival.

Com a Red Fang, perguntamos sobre Maximus Festival, Only Ghosts e Ross Robinson, produtor do disco mais recente da banda. A resposta está abaixo:

Nós tocaremos o mesmo setlist dos outros shows, pois teremos somente 30 minutos de apresentação, então talvez não teremos surpresas. Gostaríamos de fazer alguma surpresa, um show secreto, mas não teremos tempo.
É ótimo tocar num festival como esse, em clubes pequenos é algo mais intimista e gostamos da energia, mas adoramos um público grande. E "uau", se levantamos o palco, todo o público também levanta, é algo impressionante. Gosto de shows solo e festivais.

O primeiro disco nós gravamos onde vivemos, então íamos para o estúdio, depois para casa, diversas vezes. Com Robinson nós ficamos quatro semanas em um estúdio que também era a nossa casa. A música veio primeiro e depois o instrumental, isso foi algo novo para nós, as quatro semanas diretas em estúdio foi a grande diferença.

ipt>

Algumas horas depois, estivemos com a Böhse Onkelz, que na Alemanha serão headliner de um festival com Slayer, Five Finger Death Punch, Papa Roach e outros. Aqui, sem o status de headliner, virão pela primeira vez para o Brasil, se apresentando para o Maximus Festival.

Conversamos com Mathias Röhr sobre o que conhece do Brasil, expectativa para o Maximus e intervalo entre o disco anterior e Memento. O resultado pode ser visto abaixo:

Eu não conheço muito da cena de rock, mas ouço muito cantores brasileiros das décadas 50/60, pois minha esposa gosta bastante. Já tive uma banda de apoio brasileira, com bateristas e percursionistas que me acompanharam, mas é só isso que sei mesmo de música brasileira.


Sobre o Memento, nós nos separamos e cada um foi para seu canto. Eu fui para América do Sul e Estados Unidos, os outros para outro locais e acabamos não se vendo mais nesse período.

Böhse Onkelz

As duas bandas se apresentam às 13h25 e 15h de hoje.

Postar um comentário

 
Top