Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Bula faz show "surpresa" e apresenta seu maior repertório durante aniversário de Santos
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Anunciado algumas horas antes, a banda Bula (entrevista nossa do próximo mês) se apresentou gratuitamente na Tenda 2 de Santos, localiza...

Anunciado algumas horas antes, a banda Bula (entrevista nossa do próximo mês) se apresentou gratuitamente na Tenda 2 de Santos, localizada no praia de Gonzaga, fazendo parte da festa de aniversário de Santos.

Com um pequeno atraso, por conta dos ajustes finais para o show, o mesmo começou por volta das 20h, e logo antes mesmo da banda entrar no palco, já era pedido para o público chegar na frente do palco, deixando mesas e cadeiras de lado, para apreciarem um verdadeiro show de rock feito pelo power trio.

Mito's solo #Bula @bularock @marcaobritto #blogosgarotosdeliverpool BULA ROCK Marcão [Marco Britto]
Publicado por Elio Sant'Anna em Terça, 26 de janeiro de 2016


O show foi iniciado com Zóio de Lula, grande sucesso do qual o líder e baterista do Bula fizeram parte: Charlie Brown Jr.
Também da banda criada por Chorão, foram tocados hits como Tudo Que Ela Gosta de Escutar, Sino Dourado, Proibida Pra Mim, Hoje Eu Acordei Feliz, Quinta-Feira e Papo Reto.


Além dessas versões, o público caiu de lágrimas em dois sucessos de um mesmo disco. Fazendo dobradinha do "100% Charlie Brown Jr.", foram tocadas Lugar ao Sol (que não consegui filmar ou tirar alguma foto, por conta das lágrimas que caíam dos meus olhos) e Como Tudo Deve Ser (com Lena, assumindo o vocal, e somente ela, fazendo uma emocionante versão sem o marcante baixo).

Entre todas essas músicas que relembraram CBJr no aniversário da cidade de coração de Chorão e Champignon, eram tocadas também as músicais autorais da Bula, que lançou seu disco no fim de 2014, e fazendo diversos shows, já tocaram em festivais como o Lollapalooza e o Rock in Rio.


O Sol Dela Brilhou (música lancada na versão normal e acústica) foi a primeira da banda a ser tocada no show, seguindo com Ela Nasceu Pra Mim (única música do disco feita pelo CBJR inteiro, com letra feita por Marcão, Chorão e Thiago Castanho, baixo de Champignon e bateria de Bruno Graveto) e, um pouco mais adiante, Algum Lugar, Isqueiro e Armas de Lado (duas delas contando com backing vocal da Lena e do Pinguim, baixista e baterista da banda).

Não podendo faltar nos shows, os dois primeiros singles também foram tocados: Doses Gigantes foi uma das últimas músicas do show, enquanto Duas Caras foi a penúltima música, mesmo fora do setlist oficial. Bilhetes de Ida foi a última música autoral, presente no setlist, a ser tocada.


Dando espaco também para influências e vocal do baterista e da baixista, Lena assumiu o vocal fazendo uma bela versão de That's What You Get, do Paramore, e Highway to Hell, do AC/DC.


Já o Pinguim dominou o vocal da versão de Give It Away, composta pelo Red Hot Chilli Peppers.
O filho do Marcão também deu sua pitada, mostrando que herda parte do dom musical do pai, fez um beatbox, enquanto Marcão cantava trecho de A Banca, que Chorão cantava em todos shows do Charlie Brown.


Com a tenda cheia, mesclada entre amigos como Bruno Graveto, como o responsável pelo clipe "Não Estamos Sozinhos", parentes, amigos de outras bandas, fãs que viajaram para assistir o show, entre outros, o show acabou após 21 músicas e a banda falando que ainda iria ter mais, senão por conta de horários a cumprir.

O setlist completo foi o seguinte (+ Não Estamos Sozinhos e Duas Caras depois de Papo Reto):


Postar um comentário

 
Top