MS SINGLES #17: The Trusted, Yutzi, Timur, Allegra, Sharl, Gully e mais novidades que trafegam por vertentes do Rock, bastante Pop e Jazz/Soul




ROCK

GARROW HILL
Diretamente de York, Inglaterra, eles estreiam por aqui com 'Depth', single gravado em Outubro de 2020 e que ganhou sua versão final mais de um ano depois. 

Trafegando pelo rock alternativo, classic e noventista como gêneros principais, a faixa conta com uma pesada linha de guitarra, bateria e uma linha vocal acelerada que traz até mesmo uma pitada de punk (com a união entre o vocal e a bateria), mostrando que eles não se prendem a nenhum tipo específico de gênero ou tendência, proporcionando uma gama ampla de tipos de expressões artísticas. quase ilimitada de oportunidades de expressão artística.

No momento em que pensamos até que a faixa terá uma calmaria, ela na verdade entrega um belíssimo e grandioso solo de guitarra enérgico e que não deixará nenhum ouvinte parado. 

Ouça essa e outras faixas da banda abaixo:



INDIE ROCK
THE TRUSTED
Eles estão por aqui com 'Millenium' faixa divulgada nas plataformas de streaming na última sexta-feira e que apresentaremos ao público brasileiro e internacional do site logo abaixo.

Mostrando típico indie rock britânico, a faixa enteega para o ouvinte um lirismo sobre crescer no início do século 21, dai o nome do single e conecta essa temática e uma suavidade eletrônico, sintetizadores, riffs que acompanham a faixa por grande momento, sendo essenciais para o início instrumental e um vocal repleto de harmonia e que nos deixa ainda mais envolvidos durante a audição de um single muito bem produzido. 

"Vivemos em uma época em que é muito difícil desligar e escapar do mundo mais amplo. Todo mundo quer ser uma celebridade e parece que a cultura moderna adora conteúdo irrelevante/sem sentido. É tão fácil se perder em uma sociedade cada vez mais barulhenta”, é um trecho retirado do release oficial e que fala um pouco sobre o single em questão. 

Ouça:



FOLKROCK
YUTZI
De Maryland, cidade localizada nos EUA, eles estreaim por aqui com 'Give Me The Blame', lançada nas plataformas de streaming no último dia 22 e que iremos falar um pouco sobre abaixo.

Trazendo uma sonoridade que une o folk ao indie rock, ela entrega vocais que penetram em nossa mente, bateria executada de maneira suave e toda uma instrumentação que se encaixa perfeitamente a cada detalhe, indo de combinação entre os instrumentos (incluindo os de corda), a toda a gradiosa combinação de vozes deste que é definido pela banda como uma evolução para um som comercial e mainstream.

Sendo um trabalho que parece ser simples, a faixa conta com 10 instrumentos diferentes e diversos vocalistas.

Ouça:


ELETROPOP
TIMUR
A artista da Malásia está por aqui pela primeira vez com o single e videoclipe 'Not A Criminal', divulgado nas plataformas de streaming e Youtube no primeiro dia do mês e que já conta com mais de 500K views no Youtube.

Sendo influenciadas por nomes mais clássicos como Rihanna e Beyoncé, além de "novidades" como Blackpink e 2NE1, ela une o pop comercial ao dance, mas sem deixar de lado suas raízes asiáticas do pop, em um videoclipe super bem produzido e mixado por produzido e mixado por Gustav Efraimsson (Monsta X/NKOTBSB) na Suécia, além de o videoclipe trazer nomes como Hayden Bell (EXO/Super Junior), Ronny Svendsen (Girl's Generation/ITZY), Anne Judith (NCT 127/Kylie Minogue) e o próprio Gustav, que fazem com que esse trabalho seja maior e una as danças do videoclipe aos elementos cinemáticos.

O videoclipe que marca o início de uma trilogia já está no Youtube, enquanto a música está nas principais plataformas de streaming e a artista possui contas no YouTube, Instagram, TikTok, Facebook e Twitter.

Assista:




POP
LIV CHARETTE

Diretamente de Nashville, ela lançou há exatamente um mês a faixa 'Red Flash White', que chega em nossas descobertas dessa início de semana e iremos falar um pouco sobre abaixo.

Trazendo principalmente o pop comercial, ele ainda mescla com momentos mais calmos do pop contemporâneo e mostra para o público ouvinte batidas, elementos e ritmos nostálgicos dos anos 80, que embalariam facilmente festas e playlists do gênero, nos permitindo dançar sem parar do início ao fim. 

Com um vocal moderno, ele consegue ser uma ponte entre um estilo moderno do gênero a elementos sonoros oitentistas, mas que na verdade são atemporais e agradam todo o tipo de fã ouvinte de música pop.

Ouça:




ALLEGRA
Depois de alguns meses, a artista britânica está novamente por aqui, com o single 'He Ain't You', que foi divulgado nas plataformas de streaming há quase duas semanas.

Na faixa em questão, trafega mais pelo pop, com diversos elementos característicos da vertnete eletrônica do gênero, fugindo um pouco de suas raízes do dance e mostrando a facilidade em passar por outras vertentes, com uma evolução ao longo da carreira.

Além disso, temos um lirismo muito bem elaboraado com ela explorando as dificuldades de superar um relacionamento fracassado do passado, encontrar alguém novo, mas ainda romantizar esses sentimentos passados ​​​​inesquecíveis. 

Ouça:


ARIEL ROSE

Poucos dias depois ela estrear por aqui, a artista de Miami está de volta as nossas descobertas da semana, mantendo o espanglês com a faixa 'Let Me Go', divulgada nas plataformas de streaming na última sexta-feira. 

Fazendo parte de seu próximo EP, a ser lançado em Maio, o single mantém as raízes latinas e trafega por diversas vertentes do pop, unindo elementos comerciais, do dancepop e até mesmo entrega o momento espanhol no trecho rap da faixa composta por ela, Tony Succar, Kenyi (feat. LORS).

"Ariel se tornou uma artista premiada aos 15 anos com seu single, “My Perfect Day”, que conquistou o 1º lugar na Categoria Pop no Great American Song Contest. Mais recentemente, Ariel Rose foi o vocalista de destaque em um projeto vencedor do Suncoast Emmy, chamado River of the Last Valley na categoria composição musical e arranjo. Seu amor por sons multiculturais latinos e sua formação clássica chamaram a atenção do produtor colombiano Juan Vicente Zambrano, indicado ao Grammy Latino. Zambrano produziu seu primeiro álbum, Rhythms of Life, que ela gravou em inglês e espanhol. Ariel lançou uma versão salsa de "Send My Love (To Your New Lover)", de Adele, combinando o ritmo e instrumentação da salsa com sua forte melodia melódica", trecho retirado do release oficial, mas que traz para o público ouvinte um pouco sobre a artista e também nos permitem ter uma imersão com o trabalho da mesma, entendendo suas composição mais a fundo.

Ouça essa e outras faixas dela abaixo:




TORI BOLTWOOD
A artista de For Worth, EUA, está de volta por aqui com 'Stay On The Moon', faixa lançada nas plataforams de streaming no oitavo dia de Abril e presente em nossa segunda lista de descobertas da semana.

Trazendo uma sonoridade atmosferica/espacial e um estilo vocal que penetram em nossa mente, essa voz se conecta a um lirismo repleto de metáforas sobre como devemos reconhecer que amar alguém nem sempre é suficiente para mantê-lo em sua vida, define a própria artista em release oficial.

Nos mantendo envolvidos do início ao fim, seja por conta da sua voz ou das batidas e fluxos rítmicos, a faixa passa por vertentes como o eletrônico/contemporâneo/art/alt e um background cinemático por toda sua extensão.

"Escrever essa música foi minha versão de terapia. Ela me permitiu trabalhar com minha dor e raiva da perda que a inspirou e, em vez de me perder nesses sentimentos, pude me concentrar em escrever uma música que poderia ajudar outras pessoas em suas própria dor", define a artista.

Ouça abaixo:




SHARL
Artista com sede em Melbourne, Austrália, ela está de volta as nossas descobertas com esse belíssimo trabalho divulgado nas plataformas de streaming intitulado 'Games'.

Trazendo a sonoridade primaria do hyperpop, ele se conecta ao pop comercial e diversos elementos eletrônicos que dão um charme e poder ainda maior a esse trabalho, com batidas que não nos deixarão parados e ainda colocaram nossa energia para o palco, mesmo que a letra tenha uma temática pesada sobre alguém exausta de jogos mentais, sendo até mesmo um desabafo dela. 

Sendo o segundo single do álbum de estúdio “City Lights”, ainda a ser lançado, a faixa produzida por Daniel Bohen.

Isso segue o lançamento bem-sucedido de três singles recentes, “Let Me Know”, “That Girl” e “I Fell in Love”, que foram bem recebidos por blogueiros, playlisters e ouvintes e estabeleceram Sharl como um novo talento sensacional para assistir em 2022.
O álbum City Lights nasceu de meses de reflexão durante os muitos bloqueios de Melbourne. City Lights documenta a jornada de amadurecimento de Sharl pelos altos e baixos de namoro e relacionamentos no contexto da vida da cidade.
Abrangendo de baladas clássicas a um retrocesso de disco vintage até as alturas do hiperpop e das batidas do trap, seu som e estilo se baseiam no melhor dos elementos clássicos e modernos.
Para mais informações, arte do álbum, fotografia ou para solicitar entrevistas com o artista, entre em contato com info@sharlmusic.com




JAZZ/SOUL
GULLY
Cantor de Portsmouth, ele estreia por aqui com esse é o segundo do single e que foi revelado nas plataformas de streaming há praticamente uma semana.

Vindo de uma cidade repleta de pubs e shows com piano durante a noite, a faixa entrega um lirismo sobre 'estar aqui para ficar ficar' e que é isso que acontecerá. Com diversos elementos característicos do jazz, soul, com uma bateria pesada, belíssimo de jogo de vozes e, no conunto final da obra, uma fanfarra. 

Entre suas inspirações, um leque amplo de nomes como Easy Life, Louis Armstrong, Lizzo, Chance the Rapper, Nina Simone, Jack Garratt, Radiohead, Brasstracks, Supertramp e Queen.

Feito de maneira DIY, esse trabalho foi gravado em seu pequeno bangalô onde, de acordo com ele, ainda não houve queixas dos hóspedes por conta do bartulho (ainda bem!!).

Ouça:





Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde