Aproveite o final de semana conhecendo 6 álbuns lançados recentemente, passando pelo Rock, Pop, R&B e mais



ROCK
THE LOWTONES
Depois de estrearem por aqui com alguns singles, o quinteto de Norwich está de volta com o EP "Front Row Empty", que foi lançado nas plataformas de streaming hoje mesmo, chegando de maneira instantânea em nossas descobertas. 

Com 5 músicas em quase 13min de duração, eles trazem uma sonoridade que passa por vertentes como o indie/alt rock, post-punk e até mesmo elementos vocais que se voltam para algo mais dark e que certamente caberia em baladas como o Madame (em SP). 

O EP foi gravado em algumas semanas em novembro de 2021 na Catch 21 Records, Norwich. Produzido e mixado por Gavin Bowers e traz um lirismo que aborda temas como isolamento, solidão, términos difíceis, amor não correspondido e outras cosias que muitas pessoas poderão se relacionar,com melodias envolventes, dançantes e que nos deixam envolvidos do início ao fim.

Confira:




TRENT PELTZ
Artista de Los Angeles, EUA, ele estreia por aqui trazendo uma forma única de canção e composição ao unir diversos elementos do rock anos 60/70 e indo ainda mais longe ao trazer pelo synth, pop e pela psicodelia.

Todos esses elementos e gêneros estão presentes em "Crossing Bridges", álbum com 11 faixas em um pouco mais de 39min de um trabalho conceitual que explorar a dor e a resolução por trás do abuso emocional, falando sobre desgosto, morte, maus hábitos e amor próprio.

De maneira DIY, o  álbum foi gravado no quarto de Trent Peltz nos primeiros 2 anos da pandemia. Ele mesmo escreveu e produziu o álbum inteiro e o enviou para Isaac Carpenter (baterista do Awolnation) para adicionar bateria ao vivo, bem como mixar e masterizar o álbum.

Ouça:



MULTIGÊNERO
MAHTO & THE LOOSE BALOONS

Diretamente de Johnson City, TN (EUA), ele estreia por aqui com o EP/Álbum "The Buzzard", divulgado nas plataformas de streaming no início de Março e que chega por aqui nessa lista especial de descobertas da semana.

Composta inicialmente com o piano, ele é o responsável por escrever e gravar todo o EP, que trafega por diversos gêneros e foi feito em meio ao auge da pandemia. A banda ainda conta com Sam na percussão, Travis na guitarra e Craig como uma das vozes. 

Sobre esse projeto, ele comenta: "É mais um reflexo das coisas que aconteciam ao meu redor na época do que meus lançamentos anteriores. O bloqueio foi um período bastante estressante e acho que me forçou a examinar a mim mesmo e meu relacionamento com minha comunidade".

Ouça:


R&B
LARRI JAE

Artista de Chicago, ele cresceu na cidadee e evoluiu ao longo da vida, desde sobreviver às ruas locais até fazer música com produtores premiados pelo Grammy, mostrando um grandioso talento presente no EP "Chapter 30", divulgado nas plataforams de streaming ontem (22).

Contendo três faixas, elas trafegam por sonoridades como o emo rap, trap, além de diversos elementos do R&B que se conectam a linha vocal repleta de autotunes característicos dos gêneros citados. 

Tendo produtores que já trabalharam com nomes como Kanye West, Wiz Khalifa, Twista e John Legend, ele tem influências musicais (e que, de fato, podemos notar) de artistas como Chris Brown, Sammie, Usher, Omarion e T-Pain.

Gravado de maneira DIY, no seu quarto durante a pandemia, ele havia perdido seu emprego e vendido alguns equipamentos, mantendo somente a interface de áudio e um par de fones de ouvido. 

Tendo um lirismo inspirado por emoções que rolam em ser um artista desconhecido, ele comenta que lida com diversas pessoas que falam que o trabalho é bom, mas sem entenderem da dificuldade que é dar continuidade a tudo isso, principalmente sendo um artista independente. 

Já sobre o EP, ele comenta: "Estou feliz com a forma como saiu... apesar de ser um EP curto, acho que prova que pertenço ao palco com outros grandes artistas de R&B".

Ouça:




POP
MY BABY
O trio pop eletrônico dos Países Baixos (Holanda) está por aqui de maneira inédita com o álbum "Sake Sake Sake", divulgado nas plataformas de streaming.

Para esse trabalho, eles se juntaram com o produtor Steve Dub (Chemical Brothers, The Prodigy, Daft Punk), vencedor de 5 Grammys e colocou sem dedo e conhecimento em cada uma das 13 faixas presentes no álbum lançado ontem (22). 

Além do gênero já citado, eles passam pelo synthpop, dance, leftfield, dreamwave pop, trip-hop, entre outros elementos que dão um toque futurista ao trabalho e uma sonoridade que não deixará ninguém parado nas audições ou nas pistas. 

Confira o álbum completo:




MOANZY
Outro artista holandês na lista de hoje, o nome de Leiden (cidade próxima a Haia a quarta com mais população da Holanda do Sul.

Tendo música de berço, filho de professor de violão e compondo suas próprias canções desde os 10 anos de idade, ele estreia por aqui com o EP "Only For When It Rains (preferably at dawn) pt 2", que foi divulgado nas plataformas de streaming há um pouco mais de um mês e chega hoje na nossa última descoberta de EPs e Álbuns da semana.

Ao longo de somente quatro músicas, elas trazem uma sonoridade pop (trazendo elementos contemporâneos e comerciais do gênero), entregando para o público ouvinte também elementos do R&B, Hip-Hop e até mesmo lo-fi, mostrando grande conhecimento de estilos e facilidade de trafegar por vários deles num período curto de tempo. 

Esse EP pode ser ouvido de maneira completa, assim como outras músicas dele, abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde