M.S SINGLES #10.1: Namsakē, Midsõlis, Abby London, Joe Cang, Oroco e mais artistas em estilos como vertentes do Rock, Eletropop/Dance e Soul



ROCK
01 - THE COASTAL TOWN
Banda do Canadá, eles estão por aqui com a faixa 'The A Plus', divulgada nas plataformas de streaming em Setembro e que aparece em nossas listas quase dois meses depois, mas de forma muito merecida.

Repleta de elementos que passam pelo indie rock, dreampop e uma linha vocal catchy, a música mescla entre uma velocidade calma e momentos mais acelerados que se fundem a um lirismo feito para nerds fã de rock, trazendo referfências a nota máxima das escolas e também nos dando motivação "A+" para ganharmos nosso A+ em cada um dos objetivos traçados em nossas vidas. 

Essa e outras faixas da banda podem ser ouvidas abaixo:




02 - NAMSAKē
É uma banda que iniciou sua carreira nesse ano e já revelou ao mundo três singles, sendo 'Dad Shorts' um dos mais recentes, chegando nas plataformas de streaming em Setembro.

Trazendo uma sonoridade do rock alternativo, com guitarras destacadas e riffs/solos muito bem executados, esse instrumental se funde a um vocal rasgado, gritante, libertador que permite energizar o ouvinte, balançando cabeça, corpo e certamente cantando enquanto acompanha a faixa de abertura do setlist da banda que fez um trabalho DIY, com gravação, mixagem e masterização por eles mesmos. 




03 - CITIES IN DUST
De Reading, eles se lançaram para as plataformas de streaming neste ano, com um novo nome, guitarrista e trazendo para o público ouvinte a empolgante 'Vanishing Anarchist', como som mais novo,  divulgado nas plataformas de streaming mês passado.

Trazendo referência de Stephen Morris do New Order, a faixa fala sobre aquelas pessoas que falam muito sobre sua política e se posicionam como ativistas, mas nunca apoiam isso com ação; na verdade, fogem ao primeiro sinal de problemas. Unido a esse tema, podemos identificar elementos do britpop que se fundem a um rock psicodélico, repleto de sintetizadores e elementos eletrônicos durante aproximados 4min e que passam seja por uma vertente post-punk, dark ou até mesmo repleta de grooves do funk. 

Ouça:



RAP/POP
04 - MIDSõLIS
É um artista que está novamente por aqui com a faixa 'Changes', divulgada nas plataformas de streaming em Setembro.

Ao longo de cravados 3min33min, ele traz uma mescla entre diversas vertentes musicais, como o rap, R&B, Pop Alternativo e até mesmo rock (por conta dos solos de guitarra), apresentando um grande leque de influências e conhecimentos musicais dentro de uma música que fala sobre lidar com a rejeição, falta de sucesso e englobando também temas como a luxuria.

Trazendo uma belíssimo jogo de palavras com um estilo vocal ala Eminem, a faixa mostra uma sonoridade repleta de reviravoltas, não nos deixando presos a um gênero ou sentimento específico enquanto ouvimos a música de maneira completa, passando pelo downtempo, rap, por uma linha instrumental e vocal do pop alternativo, elementos eletrônicos e muito mais dentro de um trabalho que pode até ser considerado como experimental.

"'Changes' detalha o desenvolvimento do 'protagonista' enquanto ele lida com a rejeição, escolhendo desabafar e brincar com seus amigos sobre sua falta de sucesso. Implementando o hip-hop em sua apresentação, MidSõlis muda a impressão musical novamente para mostrar suas habilidades como compositor e criador de histórias", define o release oficial.

Esse e outros trabalhos dele podem ser ouvidos abaixo:




05 - IAN DENCKER
É um cantor/compositor de Sydney, Austrália e que revelou mais de um single por mês ao longo do ano, Entre eles, temos 'Smile', faixa divulgada nas plataformas de streaming em Outubro.

Composta em meio ao lockdown, ela raz diversos sentimentos que todos nós tivemos ao longo da pandemia, mas continuando em busca de sorrir novamente, ainda mais agora com as coisas melhorando aos poucos. 

Ouça esse e todos os outros trabalhos do artista:




ELETROPOP
06 - ABBY LONDON
Diretamente de Seattle, 'Bushes' é um dos seus trabalhos mais recentes, sendo divulgado nas plataformas de streaming em Setembro e que chegam hoje por aqui.

Instrumentalmente, ela apresenta uma faixa voltada para o pop comercial, repleta de sintetizadores e trazendo também elementos eletrônicos de videogame retrô e vocais calmos/acelerados que se encaixam perfeitamente em um lirismo sobre um casal que deveriam terminar, mas não fazem isso, tendo uma relação tóxica que afeta e muito cada um deles. 

“Talvez tenha sido você e outra pessoa. Talvez seja o tipo de relacionamento em que você está agora ”, diz London. “Romper é difícil. Isso dói, e significa que se você quer seguir em frente e estar com alguém novo, você tem que revelar quem você é novamente. Emocionalmente, isso pode ser uma sensação exaustiva. Então, talvez você tenha ficado em algum lugar ao qual realmente não pertence para evitar tudo isso.", comenta ela sobre a faixa em release oficial.

Confira esse e outros trabalhos da artista:




07 - GHOSTS AND LEVIATHANS
De Londres para o Mundo, este é o projeto principal de Matthew, que lança músicas há mais de 5 anos e em 2021 divulgou nas plataforma de streaming duas faixas, sendo '19 Forever' a mais recente delas, em Outubro.

Sendo uma celebração aos 19 anos, ele fala sobre ser ingênuo, bagunceiro e saber que os amigos sempre estarão por perto, mostrando o sentimento de saudade e o desejo de reviver épocas que não voltam mais. Musicalmente, a faixa traz elementos principalmente eletrônicos, mas que também trafegam pelo hip-hop, com vocais repletos de autotunes e batidas que nos remetem a, por exemplo, um Kanye West de 2008/9, além de identificarmos traços de hyperpop em seu trabalho.

No release oficial, ele comenta sobre a música: "Eu a escrevi depois de ir para casa na Irlanda por algumas semanas. Voltar para casa para visitar amigos muitas vezes é a sensação de fuga definitiva da realidade, tudo o mais que está acontecendo em minha vida pára e me sinto como um adolescente sem responsabilidades novamente. Eu queria capturar a essência desse sentimento - querer ser jovem e bagunceiro para sempre e celebrar a amizade que faz você se sentir indestrutível.
É uma homenagem a uma certa época da minha vida quando eu estava na faculdade, morando com meus melhores amigos e saindo o tempo todo - eu tenho tantas boas lembranças daquela época, e como me tornei um 'adulto responsável' Muitas vezes gostaria de poder voltar e reviver aquela época novamente".

Ouça:




DANCE
08 - JOE CANG & BENSLEY
Compositores londrinos, Joe Cgang e Bensley uniram forças para apresentar 'Lose It', faixa pronta para embalar as pistas e playlists oitentistas, trazendo jazz, funk e eletrônico neste trabalho divulgado nas plataformas de streaming em Setembro.


Instrumentalmente, a faixa mostra para o público ouvinte um groove eletrofunk sônico que envolvente o ouvinte e certamente não deixará as pistas paradas enquanto estiver sendo tocada. 

Ouça e conheça outros trabalhos deles:




SOUL
09 - APRIL GALLO
Vindo da Austrália, ela traz uma música com vocais intimistas e clássicos do Soul para apresentar um lirismo sobre "como encontrar a luz no final de um triste coração e a jornada para recuperar força e autoestima", como definido no release oficial de 'What You Lost', faixa divulgada nas plataformas de streaming em Setembro e que é o segundo single dela no ano, mesma quantidade de vezes que aparece em nosso site.

Refletindo sobre o relacionamento tóxico e o empoderamento que podemos desenvolver com as mudanças, 'What You Lost' é uma faixa que toca nossos corações, com uma instrumentação suave e vocais sinceros que tocam nosso  coração e fazem toda a faixa entrar em nosso subconsciente

"O próximo álbum de estreia de abril oferece a ela a oportunidade de transcender suas experiências musicais e treinamento técnico, e conceder sua arte a todos aqueles que já sentiram o corte profundo da espada de um coração partido", conta em release oficial e uma amostra disso pode já ser ouvida abaixo.




INSTRUMENTAL
10 - OROCO

Alguns meses depois, o artista londrino está de volta ao site, com a belíssima obra-prima intitulada 'Parallels' e revelada nas plataformas de streaming final de Setembro.

Sendo seu quarto lançamento em menos de um ano, ele trafega pela música instrumental, clássica, cinemática e relaxante ao longo de quase 4min de duração. 

Diante de uma pandemia global e obviamente muitaas dificuldades, o mundo de todos nós virou de cabeça pra baixo, impactando em nossa saúde física e, principalmente, mental... Como uma maneira de relaxar a mente e seguir em frente, ele pegou seus problemas e os transformou numa faixa esperançosa e repleta de sentimentalismo, nos fazendo se emocionar e pegar pondo pra fora nossos sentimentos, seja de alegria ou tristeza, quando menos percebermos. De sentimentos de ansiedade e medo à esperança e ao poder reconfortante das comunidades, ‘Paralelos’ é uma composição instrumental que oferece um lugar de consolo.

"‘Parallels’ é a primeira tentativa de Oroco de contar histórias sem letras e por meio de motivos atmosféricos de piano, sons de sintetizadores semelhantes a corais e o calor orquestral das cordas, a música leva os ouvintes a uma jornada emocional. Há elementos de tristeza e tons sombrios, mas também alívio por meio de momentos edificantes e otimistas que representam esperança para o futuro", define em release oficial.

Ouça a faixa:


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS

CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde