M.S SINGLES #1.1: Lucrezia, Truly, Safiya, Kaypaige, Qastalani e mais artistas com sonoridade Pop, R&B, Indie Folk, Jazz/Soul e Hip-Hop


Em prol de melhorar nossas listas diárias, mas sem diminuir a quantidade de trabalhos apresentados, as matérias diárias serão divididas entre a já conhecida coluna "Muso Soup Singles" e agora a "M.S SINGLES", que vocês podem conhecer artistas voltados para o Pop, R&B, Indie Folk,Jazz/Soul e Hip-Hop abaixo.


POP
01 - APRIL GALLO
Australiana, ela aparece no site pela primeira vez, com a faixa 'Help Yourself', lançada há um mês nas plataformas de streaming.

Com um vocal suave, doce e batidas envolventes, a faixa trafega tanto por uma sonoridade pop, quanto pelo R&B repleto de elementos contemporâneos em um lirtismo que visa inspirar as mulheres a encontrarem independência e força dentro de si, num trabalho realizado em conjunto com seu produtor KB, responsável pela criação dos beats, enquanto Kumar Shome encaixou os riffs para o estilo R&B que teve como resultado final uma faixa impecável. 

Ouça abaixo:




02 - LUCREZIA
Finalizando nossa curta lista pop de hoje, temos de volta a artista britânica Lucrezia, que há um mês revelou nas plataformas de streaming a faixa ‘Reaping What You Sow’.

Sonoramente, ela traz uma belíssima fusão entre R&B, Soul, toques de piano clássico e batidas da música latina numa faixa baseada em história real e que fala sobre o processo de lidar com a desesperança e a tristeza pós-separação. A tristeza por trás da letra é contada maestralmente por meio dos vocais suaves da artista, além das ricas harmonias executadas, os backing vocal e toda a atmosfera instrumental da faixa que consegue unir diversos gêneros em uma só música.  

O resultado disso pode ser ouvido abaixo:



INDIE FOLK
03 - TRULY

Aparecendo pela primeira vez no site, Truly é um artista com sonoridade voltada principalmente para o folk e que trouxe toques de produção bedroom pop para a faixa 'Billy', lançada em Junho nas plataformas de streaming.

Com um estilo vocal clássico do indie rock e uma instrumentalidade acústica que passa pelo folk, indie e até mesmo dream pop, liricamente e fala sobre um garoto fictício, podendo até mesmo está mesclando confissões reais com histórias inventadas ao longo de quase 3min30.

"Minhas canções favoritas enquanto crescia sempre foram aquelas que contavam histórias, mesmo que fossem um pouco tristes. Enquanto crescia, sempre fui fascinado pela capacidade do artista de criar personagens, conflitos e uma história convincente por meio de apenas algumas linhas de verso. Hoje, submeto para sua aprovação minha simples história de amor, perda e crescimento", comenta o artista no release oficial. 

Ouça abaixo:




04 - FORGOTTEN GARDEN
É uma banda escocesa que em Julho revelou nas plataformas de streaming a faixa 'Jessica', seu primeiro single de 2021.

Com uma sonoridade que passa por um estilo vocal do folk e se une a elementos new wave em lirismo que fala sobre a busca de paz interior de uma mulher após sofrer um trauma doméstico, buscando destacar o fato de que traumas dessa natureza costumam afetar o estado mental das vítimas, de alguma forma, por toda a vida. Isso se resume nas falas da música “agora ela está sempre se afastando, soprada pelos ventos de ontem”.

Ritmicamente, a linha vocal também traz toques dark que se complementam a guitarra melancólia e os sintetizadores, sendo responsáveis por conseguir prender o ouvinte e o fazer acompanhar a faixa do início  ao fim. 

Ouça abaixo:




JAZZ/SOUL
05 - SAFIYA

Baixo destacado, uma bateria muito bem executada e rica de detalhes e o saxofone são os instrumentos principais por trás de 'Let's Pretend', trabalho de estreia da artista afro-caribenha e revelado em Junho.

Nesta faixa, ela cria uma fusão de estilos ao passar pelo jazz, soul e world music unida a elementos instrumentais e dançantes caribenhos que deixam a faixa ainda mais única. 

"A energia instrumental e as melodias principais combinam perfeitamente com as vibrações dos vocais e, como resultado, Let's Pretend tem um som muito orgânico e espontâneo", define detalhes do release oficial da faixa. 

Confira:




HIP-HOP/R&B
06 - KAYPAIGE

Traz uma produção internacional para a faixa 'Crew', revelada nas plataformas de streaming início de Junho.

Com produção na Espanha, gravação na Coréia do Sul e detalhes finais nos EUA, o artista apresenta uma mescla entre hip-hope R&B, além de uma letra bilíngue ao longo de +3min de duração.

Este trabalho ainda apresenta SADBOY JB, um rapper coreano ligado à popular série de TV “High School Rapper” e o engenheiro de som Angelo Q, um engenheiro que trabalhou ao lado de muitos artistas famosos, incluindo os pesos pesados ​​Madonna, Omarion e Missy Elliot.

Lançando sua carreira em 2020, este é o single mais recente da artista que conseguiu trazer outras participações para uma faixa multi-gênero/cultural que pode ser ouvida abaixo:




07 - QASTALANI
Passa pelo eletrônico, com vocais do autotune, beats clássicos do hip-hop e toques de R&B na faixa 'The First Time', revelada nas plataformas de streaming em Junho.

Liricamente, a fala sobre as diferentes fases que passamos para superar um rompimento de relacionamento e sonoramente traz uma energia calma, melancólica, mas que também se une a momentos dançantes de instrumentais do eletro/hip-hop. 


“Relembrando publicamente. Lembro-me da noite em que essa música foi gravada. Dizendo a mim mesma para deixar ir e deixar tudo o que pode querer sair, sair - para ser honesto e vulnerável. Nenhuma letra dessa música foi escrita antes de ouvir a batida na primeira gravação", conta em release oficial.

Um pouco sobre o artista: Depois de um período que mudou sua perspectiva de vida, o cantor, compositor e produtor Qastalani entrou no jogo tarde, lançando seu EP acústico de estreia auto-lançado Hope I'm Not Too Late (2019) em 28 de dezembro - alguns meses depois de completar 28 anos. anos. Sua música pode ser descrita principalmente como um R&B sombrio e suave com o pop ocasional e faixas de festa.




08 - DERECK SCOTT

É um artista estadunidense que aparece pela primeira vez no site com a faixa 'P A L A D I N' nas plataformas de streaming.

Apresentando uma sonoridade que flerta entre o hip-hop, rap e elementos do R&B, ele dá nome de personagem da Marvel para a sua melodia, tal como em outros trabalhos de seu catálogo e neste trabalho ele mostra trabalho para o DIY, com gravação e produção feita em seu estúdio caseiro. 

O resultado disso é uma faixa com belíssima entonação vocal e beats envolventes que podem ser conferidos abaixo:




09 - CULLEN THE GREAT
Está novamente no site com a faixa 'I'm Sorry', revelada nas plataformas de streaming final de Junho e considerada pelo compositor como uma ode de desculpas a todos aqueles que ele ama, consegundo reunir elementos do hip-hop e rap a uma sonoridade pop e diversos elementos instrumentais presentes na música latina, ao longo de quase 3min de duração.

Já liricamente, ele oferece uma visão mais pessoal de como se sente sobre constantes desculpas, pedindo 'I'm Sorry'
 sobre o tempo, o amor e os relacionamentos pessoais/profissionais, tornando-se algo comum para ele.  El sabe que não há como voltar atrás ou mudar as coisas que ele disse e fez, mas ele entende que a única maneira de seguir em frente é aceitar essa realidade e se desculpar, fazendo isso no modo de uma música que pode ser ouvida abaixo. 




10 - JAXXON WYNN
Diretamente de Nashville, o artista norte-americano lançou final de Julho um de seus trabalhos mais recentes nas plataformas de streaming e é sobre ele que iremos falar um pouco sobre abaixo.

'Brag Rap (Freestyle)' se volta para uma mescla entre hip-hop, rap, elementos do trap e eletrônico feito durante uma gravação improvisada por um dia.

Depois de um produtor mostra para Jaxxon um catálogo de suas produções eletrônicas, ele escolheu um instrumental e trabalhou em cima dele durante seis horas. O resultado disso foi não somente esta faixa, como também um EP intitulado como "Let Me Spare You The Truth".

A faixa e o videoclipe pode ser conferido abaixo:


Postar um comentário

0 Comentários