Clipe na vertical e exclusivo para o Instagram; veja “Cafona”, de Felipe Parra



Felipe Parra lançou seu primeiro single como artista solo no último dia 16 de abril. “Cafona”, a música escolhida como pontapé inicial da carreira, faz um resgate da música (realmente) popular brasileira, que tocava no rádio AM e ia de Roberto Carlos a Só Pra Contrariar – quase sempre tendo o amor como tema principal. Agora, “Cafona” ganha sua versão em vídeo no Instagram. Veja aqui: https://www.instagram.com/felipeparra/ (aba IGTV).

 

Se a música traz tons nostálgicos, o clipe arrisca no formato e apresenta um caminho que dialoga com as novas possibilidades das redes sociais. Diferente do comum, horizontal, Parra aposta no formato vertical, próprio para a tela do celular e com lançamento exclusivo no Instagram do artista. “A gente está investindo no Instagram por ser acessível e funcionar bem no celular. artisticamente é interessante porque estamos acostumados a ver tudo na horizontal e na vertical é ousado e diferente. Pra ver um clipe, é preciso deitar o celular. Agora, não, é na vertical mesmo. Estamos assumindo essa linguagem, não é uma adaptação”, afirma Parra.

 

A música é o primeiro single de seu álbum de estreia, batizado de Estrela, com lançamento previsto para este segundo semestre de 2021.

 

Dirigido por Gustavo McNair, o clipe teve suas gravações interrompidas pela fase mais severa da COVID-19 em São Paulo “É muito diferente fazer essas coisas na pandemia, né? Equipe super reduzida. Mas foi muito bom ver que mesmo com uma equipe pequena deu pra fazer coisas tão legais. Foi uma experiência boa também, parecida com a de gravar o disco. A gente é músico e está carente desse contato com show, com público. É uma pílula de normalidade. A vida é muito melhor do que a gente tá vivendo agora”, conta Parra. Na tela do celular, o destaque fica para o protagonismo do artista trans Juno Nedel. “Éramos só nós dois, Juno e eu, sem máscara e, mesmo assim, só pra fazer as imagens”, finaliza o artista.

Postar um comentário

0 Comentários