Canil, Supersonic, Black Pantera, Sturle Dagsland, Lo Han e EBORIS com lançamentos


Após o lançamento do clipe de “Foda-se”, quando partia em miniturnê para São Paulo, em novembro do ano passado, a banda cearense Canil volta a apresentar novidades para o público. Dessa vez, o quarteto lança o single “Fuja do Marginal” acompanhado por um videoclipe em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.

A figura na capa retrata uma praia paradisíaca sendo poluída com panfletos eleitorais e a chegada de um homem com os sapatos sujos de sangue provocando medo aparente nos habitantes locais. Vítor Mesquita, vocalista e guitarrista da Canil, explica: - A ideia da banda de colocar essa imagem como capa do trabalho é evidenciar a contradição que permeia parte da nossa sociedade sobre quem é a "família tradicional brasileira" e quem é o "marginal".

Trazendo uma atmosfera mais leve, o videoclipe mostra cenas de shows e momentos do cotidiano da banda vividos ao longo dos últimos anos. Segundo os membros da Canil, as imagens trazem saudades dos palcos e são quase como um chamamento para o reencontro com o público quando a pandemia for superada.


Após um tempo de hiato a banda, Supersonic, formada por Ricardo Alexandre Alves de Souza (voz e guitarra), Leandro Barbosa (baixo) e Ricardo Sousa Fialho (bateria e backing vocal), retorna a ativa para o lançamento do novo single intitulado "Rock n Roll Boy" em todas as plataformas digitais via Electric Funeral Records.

Desde o início da sua formação, as músicas já eram de composições próprias e cantadas em inglês. Sempre influenciados pela era Grunge e Rock Alternativo dos 90, com guitarras distorcidas, baixo marcado e bateria intensa.

Retornando em fevereiro de 2018, e logo nos primeiros ensaios, a banda sentiu a necessidade de gravar, entrando em estúdio para a gravação de 11 músicas no mês de julho do mesmo ano. A finalização do CD segue em 2020 com cinco faixas finalizadas, preste a ser lançadas em formato de  singles nas plataformas digitais.


Sempre envolvidos com o movimento negro, os integrantes da banda de hardcore Black Pantera aproveitaram uma pausa nas gravações do novo álbum e lançam hoje, Dia da Consciência Negra, o EP audiovisual “Capítulo Negro”, para marcar a luta contra o racismo. 

Charles Gama (guitarra e voz), Chaene da Gama (baixo) e Rodrigo Pancho (bateria) escolheram três músicas com discurso forte sobre empoderamento e fizeram novas versões; “Identidade” (Jorge Aragão), “Todo Camburão tem um Pouco de Navio Negreiro” (Alexandre Meneses/ Marcelo Lobato/ Marcelo Yuka/ Nelson Meirelles), sucesso do álbum de estreia d'O Rappa e “A Carne” (Marcelo Yuka/ Seu Jorge/ Ulisses Cappelletti), conhecida na voz de Elza Soares.



Sturle Dagsland, artista de música experimental contemporânea da Noruega (promovido na América do Sul via Brain Productions Booking), acaba de lançar ‘Harajuku’, o segundo single do seu primeiro disco completo, homônimo, que sai dia 5 de fevereiro de 2021. Inspirada pela cultura japonesa, ‘Harajuku’ difere do primeiro single (‘Kusanagi’) pela atmosfera. É mais introspectiva, etérea e com sons da natureza.



Lo Han lançou recentemente 'I’ve got the rhythm', passeando pelo Classic rock e o Hard Rock dos anos 80, com refrão marcante e estrofes ritmadas. Ou seja, um hard classudo que reverbera neste novo single ritmos ora alucinantes, ora viajantes, com momentos de muito alto astral.

 

Para Rafael Breschi (vocalista) o novo som do grupo é disparando um som vintage, devastador e dançante “Uma faixa com a cara da LO HAN, adicionado muita autenticidade e guitarras viajantes”.



EBORIS é um grupo que apresenta um estilo musical com letras voltadas para questões sociais, da negritude e das religiões da matriz africanas, aliando em suas letras, temas importantes, com abordagem na preocupação com movimentos sociais minoritários e contra-hegemônicos.

 

No ano de 2020, a banda EBORIS lançou nas plataformas digitais o seu primeiro EP intitulado “Radio Cotidiano” contendo cinco faixas: “Olho de Boi”, “Imutável”, “Saudai a Terra”, “Viela” (em destaque na coletânea da web rádio Rock Freeday) e “Que bicho é você?”.

 

A Músicas: “Olho de Boi” retrata questões das crenças e dos saberes populares, valorizando a originalidade presente no conhecimento das gerações, buscando quebrar hierarquias entre os saberes culturais e ressignificar o que há de melhor no patrimônio imaterial afro-brasileiro.

 

Em 2020 a formação da banda é finalizada e composta por: Kabutt – guitarra, Sobral – vocal, Rodrigo Felismino - baixo, Victor Quintan – percussão e Jorge Brito – bateria.

 

Ouça o EP “Radio Cotidiano”



Postar um comentário

0 Comentários