Header Ads

  • Breaking News

    ENTREVISTA: "Nós já começamos a trabalhar em novos materiais para a banda", diz Diva Satanica (Nervosa)

    A banda Nervosa anunciou sua nova formação, após as saídas de Fernanda Lira e Luana Dametto. A line up será formada pela guitarrista Prika Amaral, e as novas integrantes Diva Satanica (vocal, Bloodhunter), Mia Wallace (baixo, Hellhammer, Abbath, Triumph Of Death) e Eleni Nota (bateria, Mask Of Prospero, Croque Madame). 

    O site, Os Garotos de Liverpool, realizou uma entrevista exclusiva com a nova vocalista, Diva Satanica, que nos contou como foi entrar para a Nervosa e suas expectativas com a banda.


    Atualmente ela é vocalista da banda BLOODHUNTER, com que já realizou várias apresentações importantes inclusive, abrindo shows para a Nervosa. Diva Satanica participou do programa de TV “The Voice”, surpreendendo os treinadores cantando com gritos e gutural, sendo o primeiro competidor a realizar esse tipo de canto.

    (Foto: Javier Bragado)

    Devo começar parabenizando você por se juntar à banda brasileira Nervosa! Diga como tudo aconteceu.

    Muito obrigada! É uma grande honra, um grande desafio e uma chance incrível de continuar aprendendo como música. Fernanda Lima e Luana Dametto comunicaram sua decisão de deixar Nervosa, então Prika teve que começar a procurar novas integrantes. Ela me perguntou se eu estava interessada em fazer um teste para ser a nova vocalista da banda e isso me surpreendeu!

    Como você se sentiu quando foi anunciada como vocalista oficial? O anúncio foi feito com muita prontidão, dias antes do anúncio da saída da Fernanda. Já estava programado com você sobre se juntar à banda?

    Como eu disse, Fernanda e Luana deixaram a banda primeiro, eles fizeram suas duas declarações sobre suas respectivas decisões e depois Prika começou a auditar outras integrantes, não rolou nada antecipadamente. Como todos sabem, Prika é a fundadora e, uma vez que Fernanda e Luana não faziam mais parte da Nervosa, ela queria tentar manter a chama viva novamente. Sinto muito respeito e admiração por todas elas e desejo o melhor para ambas as partes.


    Você já conhecia o trabalho da banda? Como é fazer parte de uma banda brasileira?


    Claro! Sou uma grande fã da Nervosa e já as vi tocar tantas vezes! No ano passado, minha banda BLOODHUNTER teve a chance de abrir seus shows na Espanha e foi uma experiência incrível, porque pudemos observar como elas são trabalhadoras e humildes. Curiosamente, nasci no noroeste da Espanha, por isso falo galego, que é muito parecido com o português. Vou tentar o meu melhor para vocês!




    Agora, a banda tem garotas de diferentes países, como você acha que isso pode influenciar nos próximos trabalhos? E como vocês estão planejando os ensaios?


    Bem, hoje em dia quase todas as bandas profissionais do mundo precisam trabalhar à distância, porque geralmente vivem em países diferentes. Até o baterista da minha outra banda, BLOODHUNTER, mora em outro país e, graças às modernas tecnologias, você pode tornar isso possível. Todas elas são artistas muito talentosas e experientes, então acho que isso pode oferecer uma abordagem muito interessante!

    Não sei se você já leu, mas o público masculino fez muitos comentários desagradáveis ​​e machistas sobre a Nervosa. Como você lida com isso?
    Eu nunca li sobre isso, mas possivelmente quando uma banda recebe mais atenção, isso pode ser positivo ou negativo nos dois sentidos. O machismo é um grande erro e não merece atenção porque deve ser erradicado.

    1    Este anúncio, aconteceu agora, época em que devemos ficar em casa e ficar á salvos da pandemia do novo coronavírus. Com esse tempo em casa, você já está pensando em compor algo para banda ou está começando a ensaiar as músicas que o Nervosa já tem?
    Nós já começamos a trabalhar em novos materiais para a banda. Obviamente, não podemos sair ou viajar, por isso devemos ficar em casa e trabalhar a partir daí. É hora de ensaiar, escrever ... mas cada uma de sua própria casa até que as coisas melhorem. Mal posso esperar para conhecer as meninas no futuro!



    Imagino que você esteja ansiosa para começar os shows com sua nova banda, depois que a pandemia terminar...
    Claro! Todas nós queremos ir lá e restaurar o controle sobre nossas vidas, mas os problemas de saúde vêm em primeiro lugar e devemos contribuir para essa consciência social.

    Você já conhece o Brasil? Você está ansiosa para fazer shows aqui?
    Estou muito empolgada em conhecer seu lindo país. Quando eu era criança, um dos meus primeiros ensaios escolares foi sobre o Brasil (risos), eu ouvi tantas coisas incríveis sobre o Brasil e os fãs brasileiros que eu simplesmente mal posso esperar para conhecer o mais breve possível!

    Nervosa será sua única banda ou você continuará com os projetos que já possui?
    Nervosa é minha primeira opção no momento, mas eu gostaria de continuar trabalhando com minha banda BLOODHUNTER e fazendo outras colaborações o máximo possível.

    (Foto: Javier Bragado)


    1  Obrigada pela atenção e seja bem-vinda ao Nervosa! Pode deixar uma mensagem para seu fãs brasileiros (e agora, novos fãs)?
    Estou ansiosa para agradecer pessoalmente a todas as mensagens de boas-vindas. Vou trabalhar duro para não decepcionar aos fãs da banda. Nos vemos em breve!