Header Ads

       
  • Breaking News

    Daryl Hall & John Oates realizou show inédito e cheio de clássicos em São Paulo

    Fotos: (Facebook: Carol Mendonça Fotografia /Instagram: @carol_mendonca_fotografia)
    Um dos duetos do pop mais bem sucedidos dos Estados Unidos, Daryl Hall & John Oates realizou na noite da terça-feira (11), no Espaço das Américas, em São Paulo, o primeiro show no Brasil em quase cinco décadas de carreira. Antes do Brasil, eles se apresentaram no Chile e Argentina.

    Realizado pela Move Concerts – que tem trazido alguns shows inéditos -, Hall & Oates era um dos artistas mais pedidos pelos fãs no Brasil, questionados sobre isso, Daryl Hall culpa o empresário, Tommy Mottola, que tomou as rédeas da parceria nos anos 1970, a colocou no topo e, anos mais tarde, seria motivo de dor de cabeça para a dupla - segundo John Oates, além de definir as turnês, foi Mottola quem o induziu ao estilo de vida perdulário que o levaria à falência. “Vir ao Brasil não era uma decisão que dependia de nós. Tivemos muitos problemas com ele. Agora, trabalhamos com pessoas diferentes e falamos que já havia passado da hora de irmos", disse Daryl Hall.




    Com mais de 34 hits na parada das 100 mais da Billboard americana, Daryl Hall, de 72 anos, e John Oates, de 71 anos, estão sem lançar um álbum novo desde 2006. A dupla deu ao público o que ele mais gosta de ouvir: hits. Pontualmente às 21:30, o show começa com um dos maiores hits da dupla: “Meneater”, o que fez o público começar a noite com muita animação e com a certeza de qu a noite seria satisfatória.


    Tendo o Espaço das Américas lotado, a cena era de uma balada anos 80, com o público mais velho que cantava todos os hits com a banda, arriscam os famosos passinhos da época ou dançavam juntinhos nos hits mais românticos. As luzes e imagens do telão também foi um show a parte, com imagens que fizeram do show um espetáculo grandioso.

    Entre uma música e outra, Hall conversava com os fãs "Vocês estão se divertindo? É tão bom estar aqui", demostrando a alegria em estar pela primeira vez no país. Antes de cantar “One on One” - que é outro hit romântico da dupla, estava de fora do repertório da turnê da banda pela Europa e América, e foi tocada aqui e nas apresentações da dupla pela América Latina – Daryl Hall brincou: "A gente não tocava essa música há um tempo. Vocês serão os primeiros a ouvir".

    Durante a música “She's gone”, a apresentação foi atrapalhada por problemas técnicos no som, mas os artistas ignoraram e continuaram cantando, junto com a maravilhosa e talentosa banda de apoio. Daryl Hall tocou duas músicas no piano  “Sara Smile”, que foi escrita por Hall para a ex-mulher e parceira de composições Sara Allen, e “Is It a Star”.

    Antes do bis, a dupla tocou um dos maiores clássicos de carreira “I Can't Go for That”, música  marcada pelo uso do sintetizador e que inspirou Michael Jackson a fazer “Billie Jean“. O Bis foi composto de mais 4 hits, incluindo um dos – se não, o mais famoso – da dupla: “Private Eyes”.

    Para finalizar o show após a sequência de clássicos, Hall diz "É tão bem estar aqui. Vocês são ótimos. Vocês são fantásticos. É tão bom estar aqui em cima",e a banda se despedem com a animada “You Make My Dreams”. Foi um show imperdível, um encontro dos fãs mais antigos aos mais novos, famosos qu foram prestigiar e muita gente com Discos e CDs na esperança de conseguir um autógrafo dos ídolos que estavam pela primeira vez no Brasil. È difícil, mas todos foram embora na esperaça de ver outra apresentação da dupla no Brasil.

    Confira o Setlist:
    1.    Maneater
    2.    Family Man (Mike Oldfield cover)
    3.    Out of Touch
    4.    Method of Modern Love
    5.    Say It Isn't So
    6.    One on One
    7.    You've Lost That Lovin' Feelin' (The Righteous Brothers cover)
    8.    She's Gone
    9.    Sara Smile
    10.     Is It a Star
    11.     I Can't Go for That (No Can Do)
    Encore:

    12.     Rich Girl
    13.     Kiss on My List
    14.     Private Eyes
    15.     You Make My Dreams