Breaking News

Coletânea "A 300 KM Por Hora" homenageia os 20 anos dos Autoramas

Formado em 1998 no Rio de Janeiro, o Autoramas é uma das bandas mais emblemáticas e bem-sucedidas do rock independente nacional. Com oito álbuns de estúdio, 47 viagens para shows fora do Brasil por 23 países diferentes e incontáveis apresentações em todos os estados brasileiros, a banda não para de colecionar conquistas.

O vocalista e guitarrista, Gabriel Thomaz, é também um dos grandes personagens da história do rock brasileiro, tendo fundado o Little Quail And The Mad Birds e sendo reconhecido como compositor de mão cheia. Tendo assinado hits radiofônicos como "Aquela" e "I Saw You Saying (That You Say That You Saw)", esta última em parceria com os Raimundos.
Sua sonoridade faz uma mistura da surf music dos anos 60 com a new wave dos anos 80, mais influências de rockabilly, Jovem Guarda e a energia do punk rock, guitarras com timbres marcantes, baixo distorcido e batidas dançantes. Em sua formação atual, que está junto desde 2016, o grupo conta além de Gabriel com Érika Martins (voz, guitarra, teclado e percussão), Jairo Fajer (Baixo) e Fábio Lima (Bateria).
Em agosto, eles foram apontados para a pré-lista do prêmio APCA como um dos melhores discos do primeiro semestre de 2018, com o recém-lançado, "Libido" (Hearts Bleed Blue), em novembro eles foram confirmados como uma das atrações do festival Lollapalooza 2019, mostrando que 20 anos depois eles ainda são relevantes para a música brasileira.  

Para fechar o ano de comemorações Rafael Chioccarello (Hits Perdidos) e Débora Cassolatto (Debbie Records) organizaram a coletânea "A 300 KM Por Hora" que faz um passeio pelos 20 anos da banda. Com direito a versões desconstruídas de 41 bandas independentes, de 11 estados brasileiros, o disco traz uma diversidade de estilos e passeia pelo rock, rap, ska, punk, new wave, surf rock, rockabilly, shoegaze, rock alternativo, metal, stoner rock, brega, funk, noise rock, hardcore, psicodelia e folk.

"A ideia inicial era ter 20 bandas e ser lançado no fim do ano passado. No meio do processo conversando com o Jairo, atual baixista do Autoramas, e grande apoiador do projeto, fiquei sabendo que o ano das comemorações seria 2018. Logo adiei e com ajuda de amigos, fui atrás de artistas que tinham certa ligação com a história do AutoramasLittle Quail and The Mad Birds, e do próprio Gabriel. Deixando o tributo ainda mais sentimental.", conta Rafael Chioccarello, um dos organizadores do tributo.

Ouça abaixo: