Breaking News

Brasil Game show 2018 traz lançamentos de marcas conhecidas, do mercado indie, mundo geek e muito mais

Hoje foi dado o pontapé inicial da Brasil Game Show 2018, em um dia somente para imprensa, VIPs e pessoas que adquiriram um ingresso que dá direito a todos os dias da feira. 

Foto: Brasil Game Show
Se no ano passado a cerimônia de abertura ocorreu 1h antes e o evento foi aberto ao público exatamente às 13h, neste ano houve um atraso significativo (cerimônia 13h20 - abertura 14h), mas que foi compensado com todas as estrelas internacionais que fizeram parte da cerimônia: Fumito Ueda (criador do  Shadow Of the Colossus, Ico e The Last Guardian), Charles Martinet (voz original do Mario e outros personagens da série), Daniel Pesina (intérprete de diversos personagens icônicos de Mortal Kombat), Katsuhiro Harada (diretor de Tekken), Nolan Bushnell (criador do Atari), Yoshinori Ono (produtor do Street Fighter), Yoshiaki Hirabayashi (produtor de Resident Evil 2) e Michiteru Okabe, produtor sênior de (Devil May Cry 5), além de Shota Nakama (criador da Video Game Orchestra e produtor da Capcom Live).

Logo no começo,  já vi alguns recentes ou futuros lançamentos que podem ser jogados pelo público (no primeiro dia isso foi possível, que filas até que tranquilas para usufruir os jogos, algo que não deverá ocorrer nos outros dias): 

Days Gone foi o último que jogamos, mas o primeiro dessa lista é Days Gone, um exclusivo de Playstation 4 que mescla ação, aventura e sobrevivência. Em mundo aberto, os jogadores tem diversas formas para completarem seus objetivos, de modo furtivo, agressivo entre outros, também  é possível subir em cima de carros, casas, se esconder em lixeiras, para despistar os zumbis. Sendo sobrevivência, vocè começa com 10 balas em uma arma, 5 em outra e vai encontrando balas ou outros tipos de armas (como armas brancas, gasolina ou outros). Nós jogamos somente 10min, pois esse era o tempo limite por vez que pegava a fila, sendo que na BGS está disponível duas fases do jogo. Gameplay de maior duração pode ser assistido abaixo:

Days Gone (Playstation 4/Fevereiro 2019)

Hitman 2 (que será lançado mês que vem)

Outro jogo que testamos foi o (já lançado) Spider Man exclusivo de PS4 e que relembra os bons momentos da franquia dentro dos videogames. Com os gráficos hiperrealistas da geração atual, o jogo relembra algums comandos de Amazing Spider Man (ao menos na versão do WiiU), seja no web swing ou jeito de combate, que agora está bem amplo, tendo diversas interaçoes de cenário, podendo atingir cestas de lixo, armários, tampas de bueiro e até mesmo granadas jogadas contra você, como artíficio para acertar seus inimigos. Além disso,  vale destacar a interatividade com os NPC's do  jogo, que críticam fortemente o super-heroi, ou pedem para tirar foto, dependendo de relação que cada um tem sobre o Aranha. O jogo conta uma nova história sobre o Homem-Aranha que não está ligada a uma história em quadrinhos ou algum filme, e abrange os aspectos de Peter Parker e Homem-Aranha no personagem e certamente seria um dinheiro bem gasto. 



Forza Horizon 4 (lançado há uma semana e exclusivo de Xbox One)

Battlefield V (que será lançado em Novembro e contou com um stand exclusivo e diversos computadores para o público jogar)

Shekiro: Shadows Die Twice

Lego DC Super Villains


Tom Clancys The Division 2 (exclusivo para Xbox One e com data de lançamento para Março)  e Shadow of the Tomb Raider foram alguns dos jogos conhecidos disponíveis para o público testar se vale a pena comprar ou não, ou se valerá comprar quando ser lançado.





Além dos recentes e futuros lançamentos conhecidos, a maior feira de games de América Latina também foca e incentiva o indie (ou seja, as desenvolvedoras que independente, que fazem jogos com poucas pessoas na equipe, isso se não for só uma, em suas casas ou empresa) nacional e internacional, trazendo para o público a chama Avenida Indie, em um dos corredores da BGS. Nós testamos dois jogos desses e falaremos um pouco sobre eles abaixo.

Um deles é da Ignite Games Studio e se chama O Rei do Cangaço. O jogo é um shooter em VR, onde nós controlamos dois controles, podendo usar duas armas para matar os oponentes do cangaço, usar as armas correspondentes as cores dos oponentes para matá-los ou usando duas facas invés das armas. Isso tudo até onde podemos jogar.

Conversando com um dos desenvolvedores, eles disseram que o jogo iniciou sua produção em Junho deste ano, podendo ser considerado um tempo recorde para trazer um produto a BGS (para comparação, o próximo jogo que falaremos está em produção há dois anos) e a empresa é de Bauru-Curitiba, sendo Curitiba o local desenvolvimento, após pesquisas de campo referentes a universidades e cursos da área por lá e Bauru sendo mais voltada para o escritório. O jogo está sendo desenvolvido para Playstation VR/Oculus/Vive.




O segundo jogo que testamos não é VR, mas justamente por isso ele é mais multiplataforma, sendo já confirmado em todos os videogames da nova geração (PS4/XOne/Switch/PC). O enredo se passa nos terrestres descobrindo a terra e nós tendo uma chance de salvar isso, embarcando com a Tenente Kaya e o Esquadrão 51, ajudando a derrotar o disco voador.

De uma maneira simples, o jogo tem aquela temática linear dos jogos de aviões dos primeiros videogames, atirando misseis e armas contra os inimigos, porém ele traz coisas temáticas de filmes extra-terrestres, como as notícias da TV e jornais em preto e branco, mesmo cor que é passada durante todo o jogo, remetendo a década de 50.


No flyer atual de divulgação, os desenvolvedores informam que o jogo terá seis fases e lançamento em 2019. Também no flyer é exibido diversos prêmios brasileiros que eles chegaram na final.


Além dos jogos dos apresentados para o público, a feira trouxe novidades no quesito de mundo geek/nerd de forma em geral, como roupas, canecas, Funkos, camisas, itens colecionáveis espalhados por lojas como Taberna do Rei, Palácio Geek, Banana Geek, Almofada Geek, Pixel, Estrela, Geek Tag, Legião Nerd e Loja Tip além de trazer novidades até no áudio (como na Rádio Geek e UOL Geek), vídeo (stand da Globo com gravação do Programa Zero 1), TV (série Terrores Urbanos, da Record, está na feira em formato Escape 60), literatura (com o lançamento do romance do novo God Of War) e educação (com stand da Mackenzie, por exemplo).


Quem gosta de games, cosplays, itens do mundo geek e nerd de uma forma de geral, além de gincanas de diversos tipos, vá até a Brasil Game Show, que acontecerá de hoje até Domingo, no Expo Center Norte. Todas as informações aqui.