Festival João Rock comemora 1 ano do "Rock das Mangueiras", projeto social que leva aulas de música e dança para 90 crianças e adolescentes em situação de risco


Em parceria com a Casa das Mangueiras, de Ribeirão Preto, que acolhe crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, nasceu o Rock das Mangueiras, que é realizado na própria entidade com aulas de musicalização infantil, danças urbanas e violão. O projeto foi idealizado e é mantido pelo Festival João Rock e parceiros.

Cerca de 90 crianças e adolescentes entre 6 a 15 anos de idade recebem aulas com os profissionais especializados - "Acreditamos que por meio da música e da dança esses jovens ganham autoconfiança, se divertem e também conhecem seus talentos, que poderiam estar adormecidos. Além disso, nosso maior desejo é que realmente a música transforme a vida deles, porque o poder que a arte tem é esse, trazer sonho, autoestima e até mesmo renda para nossas vidas", contou Luit Marques, organizador do João Rock e um dos idealizadores do Rock das Mangueiras.

Com início das aulas, em maio do ano passado, os jovens tiveram o primeiro contato com os professores. "Foi preciso despertar a confiança neles, criar um vinculo com os alunos e assim começaram a conhecer os ritmos e desenvolver mais a sensibilidade nas aulas de musicalização. Entenderam os movimentos e expressões corporais por meio das aulas de danças urbanas. E a aula de violão, uma das mais esperadas por muitos jovens já que é um dos instrumentos mais populares, onde eles realmente conseguem desenvolver o talento e aprender a tocar as músicas que mais gostam", explicou Maria de Lourdes Pereira da Silva, coordenadora da Casa das Mangueiras.

BRINQUEDOS RECICLADOS NO NATAL- Após seis meses de aula, os jovens apresentaram suas novas descobertas no mundo das artes, se apresentando para os familiares em um palco construído pela produção do Joao Rock.

Além de cantarem e dançarem, eles receberam brinquedos pedagógicos, feitos com o material da cenografia usada no João Rock 2017, que reciclada virou carrinhos de rolimã, aviões e penteadeiras.
"Foi um dia muito marcante, montamos um 'mini João Rock' na Casa das Mangueiras, com palco, iluminação, e os alunos fizeram um show para seus familiares, e ao final, ainda tiveram a surpresa de um dos nossos educadores vestido de Papai Noel, entregando esses presentes", contou Maria de Lourdes.

A casa surgiu justamente para acolher e tentar transformar a vida desses jovens e de suas famílias. O objetivo é que o Rock das Mangueiras, em longo prazo, traga grandes realizações, revelando talentos e transformando futuros.

Sobre o João Rock
O festival acontece no dia 9 de junho, no Parque Permanente de Exposições. Neste ano, estão confirmados no Palco João Rock os shows de Skank, Supercombo, Gabriel O Pensador, Pitty, Criolo, Planet Hemp, Raimundos, Cordel do Fogo Encantado e Natiruts. No Palco Brasil, que fará uma homenagem aos 50 anos de Tropicália, passarão Os Mutantes, Tom Zé e os projetos: Refavela 40 (Gilberto Gil, Moreno Veloso, Anelis Assumpção, Chiara Civello, Bem Gil e Mestrinho) e Ofertório (Caeteano, Moreno, Zeca e Tom Veloso). Já no Palco Fortalecendo a Cena, a música é por conta de Kilotones, Rael e convidados, Froid, Sinara, Francisco El Hombre e Dônica

Nenhum comentário