Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Em São Paulo, John Mayer faz show apresentado no formato de capítulos
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Quatro anos depois da sua última turnê em solo brasileiro, John Mayer começou a parte brasileira da turnê The Search for Everything, no ...
LRM_EXPORT_20171019_025438

Quatro anos depois da sua última turnê em solo brasileiro, John Mayer começou a parte brasileira da turnê The Search for Everything, no Allianz Parque, que há dois dias havia recebido capacidade máxima no show de Paul McCartney.

Com o setor mais barato ainda vazio e a pista Premium tendo um espaço tranquilo para se locomover (e até mesmo chegar na grade), John começou o show por volta das 21h25 com Helpless e no primeiro intervalo entre as músicas, ouviu o público cantando em coro o "parabéns para você", já que John completou 40 anos no último dia 16.


LRM_EXPORT_20171019_025652

Dividindo seu show em capítulos, como se fosse uma série e fazendo o público digerir parte por parte, a banda esteve completa em músicas como o medley Why Georgia / No Such Thing, Something Like Olivia fez o público se empolgar de vez, cada começo de música era recebido por gritos histéricos e palmas. 

Na parte acústica, Free Fallin' é tocada pelo artista e merece destaque, tanto pela belíssima versão feita, como por ter sido a primeira vez que ele tocou ela desde a morte de Tom Petty. Ele mesmo disse "É a primeira vez que eu toco essa música desde que o Tom Petty se foi. Quem dera eu tivesse escrito ela".


LRM_EXPORT_20171019_030132

Além dos capítulos com banda completa e acústico, temos o formato power trio, onde ele leva toda sua influencia Clapton para o palco e deixa a noite mais blueseira impossível, trazendo músicas de inspirações para seu trabalho, como Every Day I have the Blues BB King) e Cross Road Blues (Robert Johnson, mas também muito conhecida pelo Eric Clapton).

LRM_EXPORT_20171019_025923

Se no primeiro ato demos parabéns a ele, no quarto ato quem recebeu presente foi o público, com sarradas no ar em Queen of California. Outro presente foi num pequeno recado que John deu, quando ele falou que lê as mensagens da internet e agradeceu a cada um que enviou "come to Brazil", completou dizendo que voltou por esse amor e completou um conselho "nunca desejem que o tempo passe rápido". Além disso, esse também foi o momento para trazer mais baladas para o show, como em Who Says e Dear Marie.

LRM_EXPORT_20171019_030421

Já na penúltima música do show, o estádio ficou completamente iluminado e visualmente lindo em Gravity. No final, a banda se despediu e, como se fosse um filme mesmo, a foto dele (seguida de The End), foi exibida, com os créditos sendo exibidos, mostrando nome das pessoas da banda e toda equipe de produção do show.


Postar um comentário

 
Top