Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Pet Shop Boys levaram nostalgia e cores para o Espaço das Américas
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Na noite de ontem (19), o maior duo do Pop Inglês desembarcou em São Paulo e se apresentou no palco do Espaço das Américas, trazendo a tu...
LRM_EXPORT_20170920_010300

Na noite de ontem (19), o maior duo do Pop Inglês desembarcou em São Paulo e se apresentou no palco do Espaço das Américas, trazendo a turnê do disco Super, lançado ano passado. 

Antes mesmo do show começar, já esperamos grandes efeitos der luzes do palco, quando em todos os telões exibiam que não seria transmitido o show, por conta da incompatibilidade entre todos os efeitos de luz e os telões / projetores da casa. Enquanto o show não começava, o público também conferia e adquiria produtos licenciados da banda, como camisas e blusas.

LRM_EXPORT_20170920_013036


Com pista Premium e comum cheias, o público aguardava ansiosamente pelo início do show, o primeiro desde 2013, que começou com Inner Sanctum, sétima faixa do disco mais recente. Nela também começou a mar de celulares, uma constante da década, dificultando o trabalho dos fotógrafos oficiais do evento, que estavam posicionadas entre a pista comum e premium.

Em Burn, mais uma do disco lançado ano passado, batidas envolventes animavam o público e a música fica ainda mais bela com todo o sincronismo do vocal, já em faixas como Love Is a Bourgeois Construct, o destaque fica maior para a banda de apoio, com violino e bateria unida ao ao synth presente no começo da música.


LRM_EXPORT_20170920_011354

Numa das faixas mais esperadas, o público se contentava tendo o duo lá em cima do palco, mas como prestar atenção somente "na atração principal", quando o som que sai do palco é New York City Boys, cantada em coro pelo público, enquanto você não sabe se fica só olhando para eles, prestando atenção em toda a performance, nos efeitos e cores significativas do palco de um verdadeiro show que ocorreu ontem em São Paulo.

Arriscando palavras em português de vez em quando, chegou a hora de Se a vida é (That’s the Way Life Is), presente no disco Bilingual e com certeza um dos momentos mais legais do show, não só pela mensagem que a música traz na letra, mas também pelo sotaque britânico de falar português. Fazendo surpresa para a banda, bexigas vermelhas foram enchidas e levantadas pelo público, trazendo um efeito visual melhor, junto com a magia do palco.


LRM_EXPORT_20170920_010903

Passando metade do show, West End Girls com certeza foi o ápice, com berros histéricos dados por parte do público no seu começo e a banda de fato deixando o microfone de lado por um pouco de tempo, para o público entoar um dos maiores sucessos (se não for o maior) da banda. Num público de velhos e jovens, a faixa vencedora de diversos prêmios tocou ela por aqui praticamente no dia que GTA V completou cinco anos e, com a música presente no maior jogo da história, ela foi renovada ao atingir um público mais jovem e de outras gerações.





Faixas como Home and Dry e o cover de Go West (Village People) deixaram o público empolgado até o final do show, que acabou as músicas Domino Dancing, Always On My Mind (de Elvis Presley) e The Pop Kids, abrindo e fechando o show com músicas do disco Super. 

Postar um comentário

 
Top