Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Paul McCartney divulga mensagem sobre George Martin
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Na madrugada desta Quarta-feira o "quinto Beatle" George Martin morreu aos 90 anos e os membros vivos dos Beatles, Paul McC...


Na madrugada desta Quarta-feira o "quinto Beatle" George Martin morreu aos 90 anos e os membros vivos dos Beatles, Paul McCartney e Ringo Starr divulgaram mensagens sobre o emblemático produtor dos Beatles.

Paul divulgou a seguinte mensagem no facebook, que foi traduzida pelo Paul McCartney Brasil, abaixo:


"Estou muito triste por saber da notícia da morte do querido George Martin. Eu tenho muitas lembranças maravilhosas deste incrível homem que estará sempre comigo. Ele foi um real cavalheiro e como um pai para mim. Ele guiou a carreira dos Beatles com tanta habilidade e bom humor que se transformou em um verdadeiro amigo para mim e para minha família. Se alguém ganhou o título de 'quinto Beatle', foi George. Do dia em que ele deu aos Beatles o primeiro contrato de gravação, até a última vez que o vi, ele foi a pessoa mais generosa, inteligente e musical que eu tive o prazer de conhecer.
É difícil escolher as melhores memórias do meu tempo com George, são muitas, mas a que me vem à mente foi a vez em que eu levei a música 'Yesterday' para a sessão e os caras da banda sugeriram que eu a cantasse sozinho e acompanhasse com o violão. Depois de fazer isso, George Martin disse a mim, "Paul, eu tenho uma ideia de colocar um fundo de quarteto de cordas na gravação". Eu disse' "Ah não, George, nós somos uma banda de rock e não acho que seja uma boa ideia". Com a gentileza de um grande produtor, ele disse para mim, "Vamos tentar e se não funcionar, não usaremos e ficaremos com sua versão solo". Eu concordei e fui à casa dele no dia seguinte para trabalhar nos arranjos.
Ele pegou os acordes que eu mostrei a ele e fez as notas através do piano, colocando o violão cello na baixa oitava e o primeiro violino na alta oitava e me deu a primeira lição em como os instrumentos de cordas eram colocadas em um quarteto. Quando gravamos o quarteto de cordas em Abbey Road, foi tão incrível saber que a ideia dele estava tão certa, que eu fiquei falando isso para pessoas por semanas. A ideia dele obviamente funcionou porque a canção se tornou uma das mais gravadas por outros artistas, com versões de Frank Sinatra, Elvis Presley, Ray Charles, Marvin Gaye e centenas mais.
Essa é apenas uma das minhas memórias com George, que também me ajudou com os arranjos de "Eleanor Rigby", "Live And Let Die" e muitas outras canções minhas.
Eu tenho orgulho de ter conhecido um cavalheiro com um refinado senso de humor, que tinha habilidade brincar com ele mesmo. Mesmo quando ele foi reconhecido como um cavalheiro pela rainha, não houve um traço de esnobaria nele.
Minha família e eu, de quem ele era um grande amigo, mandamos nosso amor para a esposa dele, Judy, seus filhos Giles e Lucy, e seus netos.
O mundo perdeu um grande homem que deixou uma marca inegável na minha alma e na história da música britânica.
Deus te abençoe, George, e todos que navegaram com você.
Paul"

Post original de Paul McCartney no Facebook aqui.

Postar um comentário

 
Top