Entrevista com The Strypes 5 discos lançados em 2014 Entrevista com Urbana Legion Primeiro show em estádio completa 50 anos Todos produtos com 5% de desconto na Adeus Alasca
domingo, 30 de agosto de 2015
De acordo com produtor, Brasil está na rota de Paul McCartney para 2016


Desfazer o mito de que Salvador não tem público para receber grandes shows de pop e rock internacional é uma das missões do produtor João Carlos Diógenes Parente, da Arte Produções. Com experiência de mais de 30 anos no show business, por meio da empresa cearense, ele já trouxe para o Nordeste nomes como Paul McCartney,  Beyoncé,  Guns N' Roses e The Black Eyed Peas.
Em 2016, ele será o responsável pela vinda da banda americana Maroon 5 para as capitais baiana e cearense. Em Salvador, o evento acontece no dia 13 de março, no Parque de Exposições. A venda de ingressos começa nesta segunda-feira. No ano passado,  João Carlos  trouxe o inglês Elton John à Arena Fonte Nova, num show que foi visto por mais de 40 mil pessoas. 
Em entrevista para o jornal A Tarde, João Carlos foi perguntado sobre a possibilidade de trazer Paul McCartney em 2016, sendo que a resposta foi a seguinte: "Paul McCartney tem um roteiro para o Brasil no ano que vem e Salvador é uma das cidades que ele ainda não fez. Ele gosta muito de tocar onde nunca tocou. Tem essa simpatia e é muito interessante. Quando a gente foi conversar sobre fazer o show do Ceará, o tour manager dele foi de jatinho para entender o que era o estado. Visitou a Arena, perguntou população, renda per capta, foi um inquisidor naquele dia comigo. Diferente do Ceará, a Bahia é conhecida."
Se apresentando pela primeira vez no Brasil em 1990 (RJ), Paul voltou em 1993 (SP e PR), 2010 (SP e RS), 2011(RJ), 2012(SC e PE), 2013 (BH, CE e GO), 2014(ES,RJ,BSB e SP, nesse por duas vezes).
Leia mais
Selvagens À Procura De Lei e O Terno se apresentaram no Banana Progressyva 2015


No último Sábado do mês de Agosto, dois nomes do Lollapalooza 2014/2015 se apresentaram no palco do festival Banana Progressyva 2015.

Atração principal da noite, Selvagens à Procura de Lei começaram seu show por volta das 20h, com a música Massarrara, que já começa explodindo com duas guitarras, seguidas das batidas na bateria. Falando sobre desigualdade de classes, a letra tem trechos como "Seu filho está na serra e o meu na favela, seu filho faz direito e o meu faz a guerra". A música abre o disco de estreia da banda de Fortaleza.


Lançada na época das manifestações de 2013, o show seguiu com um dos maiores sucessos da banda, que cantava praticamente junto com o público o hit Brasileiro, que também rendeu um clipe, junto com uma letra que faz jus ao nome, fazendo crítica tanto ao mainstream e lembrando Cazuza, na música tem trechos como: "Música não pra cabeça, mas feita pro pé" e "Nossos herois morrem por covardia". Outra que também foi cantada junto com o público foi Enquanto Eu Passar na Sua Rua, uma das últimas faixas do disco de estreia.

Com o disco Praieiro previsto para ser lançado neste ano, as primeira músicas dele a serem tocada foram Sangue Bom e Dois de Fevereiro, que abre o disco.


Sr.Coronel é uma música que começa com um piano que segura o ritmo da primeira parte da música, lembrando de músicas como Love, de John Lennon e também pode ser vista como uma versão brasileira para Eleanor Rigby, escrita por Paul McCartney, nos Beatles.

Fora dos três discos de estúdio (contando com o Praieiro) a próxima música a ser tocada foi lançada há um pouco mais de um ano, somente como Single. Com o nome de Bem-Vindo ao Brasil, a letra crítica o "complexo de vira-lata" dos brasileiros e começa com a seguinte estrofe: “Seja muito bem-vindo ao Brasil / Espero que você tenha o perfil / Aqui estamos em guerra civil / Quem não tiver estômago, abandone o navio”.

Encaminhando para o final do show, o baterista também teve vez de se arriscar nos vocais, com um vocal impressionante que transforma em um soul digno de Tim Maia, até pela voz muito parecida do baterista. A música também é uma das que mostram a grande variedade musical dentro da própria banda.


O maior sucesso da banda, Mucambo Cafundó foi a música que abriu as portas para eles, e portanto é a mais conhecida também. Presente nos dois discos de estúdio, a música também leva o nome que são conhecidos os fãs da banda (Mucambada).

Com um começo que lembra a sonoridade do Arctic Monkeys, a música ainda conta na versão ao vivo com trecho de Geração Coca-Cola (Legião Urbana) e uma Jam session com solos de guitarra, baixo e alguns minutos instrumentais da banda toda, que finalizou seu show após 14 músicas.



No fim do show, Fernando Tibiriçá (O Rei da Noite Paulistana), idealizador do festival,  contava algumas histórias sobre a primeira edição do Banana Progressyva, algumas bandas que ele teve o orgulho de apresentar pela primeira vez (como Paralamas do Sucesso, Blitz e Barão Vermelho), a criação da gravadora Trinca, também sobre apresentar o que seria o primeiro show dos Rolling Stones no Brasil, além de diversas outras histórias, que ficam mais interessantes ao serem contadas por alguém que vivenciou tudo,  desde a criação do rock anos 50 com Little Richard, até o surgimento de novas bandas, presentes na edição de 40 anos do Banana Progressyva.


Formada por Tim Bernardes, Victor Chaves e Guilherme d’Almeida, a banda paulistana O Terno foi a  segunda a se apresentar na noite que marca o 2º dia do festival.

Com um público menor do que no show dos Selvagens à Procura de Lei, só estava presente mesmo quem de fato curte o som da banda, que iniciou o show com O Cinza, a base de distorção nas guitarras no começo/coro da música e um pequeno solo depois da última estrofe, a música está presente no homônimo disco lançado ano passado.

Buscando cativar o público presente no local, foram tocadas algumas músicas feitas para dançar e pular (o que era feito pela parte do público que estava conhecendo a banda durante o show), como Bote Ao Contrário (música que abre o disco) e Quando Estamos Todos Dormindo (música com um ritmo circense, assim como várias outras dentro do show) ela cita Beatles e como foi criada a música mais regravada da história, como pode ser visto no trecho "Onde todos encontramos com um ser superior/ Que nos mostra melodias que não podemos compor/ E nos ilumina imagens que não podíamos ver/ Igual ao Paul McCartney quando fez Yesterday". 


Soando como uma envergonhada canção de  amor, Eu Vou Ter Saudades parecia ser uma música feita para casais dançarem juntinhos e coisas do tipo... De fato seria, se não fosse a quantidade de  alternância entre ritmos lentos e  acelerados. Outra que também varia muitos no estilos é Medo do Medo, mesclando entre um ritmo circenses (como já dito antes, presentes em outras músicas), psicodélicos, regados a riffs e até uma parte mais lenta.

Se por um lado, a voz não me agrada e faz prestar atenção no instrumental, o instrumental me agrada por toda sua variedade (mesmo que de uma forma bagunçada/irregular em algumas músicas) contendo arranjos psicodélicos, circenses, sessentistas, distorções, teclados, riffs e letras que mostram que apesar da qualidade vocal, a qualidade das letras de um disco feito totalmente por eles são muito boas.
Leia mais
sexta-feira, 28 de agosto de 2015
Com André Frateschi como vocalista, Dado e Bonfá voltarão a usar o nome "Legião Urbana"


O guitarrista Dado Villa-Lobos e o baterista Marcelo Bonfá, que formaram o Legião Urbana ao lado de Renato Russo, voltarão a se apresentar sob o nome da banda. A notícia foi divulgada pelo jornalista Marcelo Rubens Paiva, do Estadão.
Em fotos divulgadas pelo Facebook de Bonfá, aparecem os dois integrantes da banda, o produtor paulistano Liminha e o novo vocalista, André Frateschi, também de São Paulo. Banda também contará com o baixista do Planet Hemp.

Ator e músico, Frateschi toca em Sescs com a mulher, Miranda Kassin, cantou covers de David Bowie no show Heroes e lançou o primeiro álbum solo, Maximalista,  no ano passado.

Em 2012, Bonfá e Villa-Lobos se reuniram para um tributo à banda que teve o ator Wagner Moura como vocalista. No mesmo ano, eles tocaram com diversos convidados, entre eles Pitty e Herbert Vianna, no Rock in Rio. Ainda não foram anunciadas datas da turnê ou se eles pretendem gravar um novo disco.

Direito do nome Legião Urbana

Logo após a morte de Renato Russo, Dado Villa-Lobos recebeu um telefonema anunciava que ele e Bonfá não poderiam tocar nem usar o nome da banda. A batalha pelo direito de tocar as músicas durou quase 20 anos.

A página que ocupa o endereço legiaourbana.com.br, foi feita pela empresa Legião Urbana Produções Artísticas, controlada por Manfredini e detentora da marca Legião Urbana, sem o consentimento de Dado e Bonfá.
No dia 28 de Outubro de 2014, após uma briga judicial com o filho de Renato Russo, eles ganharam o direito de usar o nome e a marca da banda,  quando a 7ª vara empresarial do Rio de Janeiro, estabelecendo que os ex-integrantes “foram fundamentais na consolidação do sucesso alcançado pelo grupo e que, portanto, devem gozar dos mesmos benefícios do herdeiro de Renato”: “Por certo, os autores são ex-integrantes da banda e contribuíram durante toda a sua existência, em nível de igualdade com Renato Russo, para todo o sucesso alcançado. Assim sendo, não parece minimamente razoável que não possam fazer uso de algo que representa a consolidação de um longo e bem sucedido trabalho conjunto – reconhecido por milhões de fãs…”
Dado e Bonfá conseguiram os direitos de tocar o  som que ajudaram a fazer vão se apresentar a partir de outubro, em turnê, num show dirigido pelo Felipe Hirsch.

O ano de 2015 marca o relançamento do disco duplo Legião Urbana, no ano que marca 30 anos do primeiro disco da banda.
Leia mais
quinta-feira, 27 de agosto de 2015
Mattilha lança clipe de "Feita Pra Mim"


Nesta 5ª feira (27/08) a banda paulistana Mattilha (leia entrevista) lançou mais um clipe de música do disco Ninguém É Santo, lançado no ano passado.

Depois dos clipes de Filho da Pompeia, Pronto Pra Rodar, Duro De Dizer e Noites no Bar, a quinta música escolhida para ser feita um clipe foi Feita Pra Mim, terceira faixa do disco de estreia da banda.

Com letra de Ian Bueno e Victor Guilherme (baterista e guitarrista da banda), o clipe foi lançado às 16h de hoje e já tem mais de 2 mil views, como informado pela banda no evento criado no Facebook.

Assista aqui:



Leia mais
Paul McCartney: Novas datas da Out There, lançamento download gratuito de remaster e capa de revista no Reino Unido


Nesta semana Paul McCartney anunciou cinco novas datas para a fase norte-americana, da até mais longa turnê dele, a Out There.

Abrindo em 2013 no Brasil e passando por países como Japão, Coreia do Sul, Áustria, Polônia, alguns outros países que nunca havia visitado, sua volta ao Reino Unido e tocar em festivais como o Bonnaroo Festival 2013, iHeart Music Festival 2013, Firefly Festival, Roskilde Festival e Lollapalooza Festival (todos em 2015), além de algumas cidades norte-americanas onde nunca havia tocado, ele marcou mais shows para o mês de Outubro.

As datas são as seguintes:

Dia 13 no Nationwide Arena, Ohio
Dia 15 no Bryce Jordan Center, Pennsyania
Dia 17, Air Canada Centre, Toronto
Dia 21, Joe Louis Arena, Michigan
Dia 22, First Niagara Center, New York

Mais informações podem ser obtidas aqui.

Paul é capa da revista Uncut no Reino Unido



Paul é destaque na capa da nova edição da revista Uncut, falando sobre as futuras reedições de Tug of War e Pipes of Peace. Na entrevista Paul fala sobre as gravações e composições desses dois discos, a revista está nas bancas do Reino desde o dia 25.

Baixe versão exclusiva de Take It Away

Para comemorar os relançamentos dos clássicos álbuns Tug Of War e Pipes Of Peace em Outubro, o PaulMcCartney.com está dando aos fãs um download gratuito exclusivo de 'Take It Away [Edit Single] (2015 Remaster) ', faixa que não estará nos relançamentos e pode ser baixada aqui.
Leia mais
terça-feira, 25 de agosto de 2015
Atrações do Lollapalooza Brasil 2014 e 2015, O Terno e Selvagens à Procura de Lei se apresentam, neste sábado, em SP‏



Após noite de abertura com um super show inebriante do Vanguart, o projeto que comemora 40 anos de realização do lendário festival Banana Progressiva apresenta, neste sábado (29/08), a sua segunda edição trazendo dois grandes nomes da nova música alternativa brasileira.
O Terno e Selvagens à Procura de Lei voltam a se reencontrar com o público paulistano, no palco do Superloft, novo complexo multicultural projetado dentro de 40 containers que juntos pesam 200 toneladas, localizado em Pinheiros, em São Paulo.
Formando por Tim Bernardes (voz/guitarra/teclado), Guilherme D’Almeida (baixo) e Victor Chaves (bateria), O Terno traz no repertório as músicas de seu segundo disco, que leva nome do trio. No setlist estão canções como “Ai, Ai, Como Eu Me Iludo”, “Cinza”, “Desaparecido”, “Vanguarda?”, “Bote ao Contrário”, “Pela Metade”, “Quando Estamos Dormindo”, “Medo do Medo”, “Eu Vou Ter Saudades”, “Quando eu me Aposentar”, além de algumas músicas do debut “66”.  Na ativa desde 2009, desde então, o trio vem acumulando prêmios e se apresentando nos principais festivais de música do país.
Já a banda cearense Selvagens à Procura de Lei está se preparando para o lançar o seu terceiro full-lenght intitulado “Praieiro”. Este trabalho, gravado no Red Bull Studio, em São Paulo, e produzido pelo David Corcos, é resultado de campanha de financiamento coletivo.
Gabriel Aragão (guitarra/voz), Rafael Martins (guitarra/voz) Caio Evangelista (baixo/voz) e Nicholas Magalhães (bateria) conseguiram maior notoriedade, quando se apresentaram na edição do Lollapalooza Brasil 2014, além de sempre ser citado por grandes nomes do rock nacional como um dos grandes surgimentos dos últimos anos. A banda foi indicada ao prêmio Vídeo Music Brasil (VMB) da MTV, na categoria Aposta do VMB 2012, da emissora MTV. Ainda em 2012, a banda se apresentou no Prêmio Multishow junto com o Capital Inicial.
Os ingressos continuam à venda pela internet (www.eventick.com.br) ou antecipado na Galeria do Rock (loja 255); e custam a R$ 20,00 (1º lote antecipado meia), R$ 40,00 (1º lote antecipado inteira) e R$ 50,00 (antecipado – lote promo Heineken inclui 01 ingresso + 02 cervejas).
Totalmente posicionado na vanguarda dos grandes centros que apostam na cena “underground”, os 450 m² do Superloft foram totalmente concebidos com o propósito de ofertar uma superestrutura adequada para receber qualquer tipo de entretenimento, desde exposição de artes, shows e baladas.



Serviço São Paulo
Banana Progressyva 2015 apresenta O Terno e Selvagens à Procura de Lei
Data: Sábado, 29 de agosto
Local: Superloft
End: Rua Cardeal Arcoverde, 2926 (próximo ao Metrô Faria Lima)
Hora: das 18h às 23h
Classificação indicativa: 14 anos
Imprensa: press@theultimatemusic.com
Valores:
R$ 20,00: antecipado – 1º lote meia
R$ 40,00: antecipado – 1º lote inteira
R$ 50,00: antecipado – lote promo Heineken (inclui 01 ingresso + 02 cervejas heineken)
Ingresso online: www.eventick.com.br
Ponto de Venda: Galeria do Rock – Loja 255: Rua 24 de Maio, 62 – (11) 3361-6951
INFORMAÇÕES IMPORTANTES:
– Ingressos sujeitos a disponibilidade de acordo com capacidade do complexo.
– Só é permitida a entrada apresentando documento oficial com foto recente (RG, CPTS, CNH, passaporte, etc.)
– Os ingressos são limitados a nossa lotação e garantem o acesso.
– O ingresso é individual e intransferível.
– O acesso ao complexo se encerra as 20h.
– Nomes na lista não garantem o acesso.
– Atingida a lotação, operamos em sistema rotativo (sai-entra).
– Os lotes promocionais não ofertam meia entrada por incluir serviços agregados não previstos na legislação.
Formas de pagamento: Cartões crédito, débito e/ou dinheiro | Não aceitamos cartões ELO.
Patrocínio: Desperados
Apoio: Absolut Vodka, TNT Energy Drink, Jameson, Beta Labs e PROAC
Leia mais
CJ Ramone confirma nova passagem por São Paulo


CJ Ramone, ex-baixista dos Ramones, é um verdadeiro apaixonado pelo Brasil e seus ensandecidos fãs. Tal paixão se traduz na quantidade de bem-sucedidas turnês que o músico já realizou pelo país e ele faz questão em voltar sempre que possível.
Considerado um dos artistas mais carismáticos da música mundial, o ex-integrante da histórica banda americana de punk rock está, neste momento, promovendo o seu segundo álbum de inéditas, o elogiado “Last Chance to Dance”.

Os shows acontecem entre 14 de outubro e 2 de novembro, e vão passar por Peru, Chile, Uruguai, Paraguai, Brasil e Argentina. Este é o quinto ano consecutivo que o artista vem ao país. O objetivo é sempre levar a elogiada performance para novas cidades brasileiras e também abranger outros países.
Nesta nova passagem pelo Brasil, o músico vem acompanhado de Steve Soto (guitarra – Adolescents), Dan Root (guitarra – Adolescents) e Pedro Esteban Sosa (bateria). O setlist que novamente deve emocionar os fãs brasileiros, será composto pelas excelentes composições dos álbuns “Reconquista” e “Last Chance to Dance”, além de diversos clássicos dos Ramones.
A apresentação em São Paulo está agendada para o dia 31 de outubro (sábado), no lendário Hangar 110. Os ingressos já estão à venda em pontos na capital paulista (Galeria do Rock e Galeria Presidente), Santo André (Metal CDs) ou pela internet (Ticket Brasil), e custam a partir de R$ 80,00 (1º lote pista estudante/promocional). Mais informações no serviço abaixo.
Na bagagem, CJ Ramone trará na bagagem o projeto solo de Jiro Okabe, produtor, baixista e presidente da Mosrite americana. Após trabalhar com Richie Ramone e inclusive passar pelo Brasil em 2012, o artista promove o álbum “Return Of The Kamikazi”. Este trabalho contou com a colaboração do próprio CJ, Dez Cadena (Black Flag/Misfits), Steve Soto (Adolescents), Johnny Two Bags (Social Distortion), Clem Burke aka Elvis Ramone (Blondie), Elliot Easton (The Cars), Nokie Edwards (The Ventures), Mickey Leigh (irmão de Joey), entre outros.
O representante brasileiro será a banda Dillinger. Formada em 2008, na cidade de Uberlândia (MG), Pedro Borges (baixo), Tatiana (bateria) e Max (guitarra/vocal) estão divulgando o EP “Sacana-mor”.
Em setembro do ano passado, CJ Ramone comemorou 25 anos de sua entrada na “família real” do punk rock mundial. Para celebrar este marco, a gravadora Fat Wreck Records lançou o single “Understand Me?” em vinil 7’’. A música está disponível para audição em https://soundcloud.com/fat-wreck-chords/cj-ramone-understand-me.
São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Goiânia (GO), Brasília (DF), Curitiba (PR), Santos (SP), Goiânia (GO), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Palmas (TO), Novo Hamburgo (RS), Caxias (RS), Taguatinga (DF), Maringá (PR), Bragança Paulista (SP), Estância Velha (RS), Uberlândia (MG), Betim (MG) e Nova Odessa (SP) já receberam o ilustre músico.
Christopher Joseph Ward foi escolhido para substituir Dee Dee, o lendário baixista dos Ramones, em 1989, e ficou até o fim da banda em 1996. Com o grupo, e já usando nome de CJ Ramone, lançou os álbuns Loco Live (1991), Mondo Bizarro (1992), Acid Eaters (1994) e Adios Amigos (1995). Depois disso, o artista montou outros projetos como o Los Gusanos e Bad Chopper, e inclusive chegou a receber um convite para tocar no Metallica, mas recusou a oferta para cuidar do filho, que havia sido diagnosticado com autismo.


Serviço São Paulo
CP Management & Hangar 110 orgulhosamente reapresentam CJ Ramone
Data: 31 de outubro de 2015 - Sábado
Local: Hangar 110
Endereço: Rua Rodolfo Miranda, 110 – Metrô Armênia
Abertura da casa: 19h
Bandas de convidadas: Jiro Okabe (EUA) e Dillinger (MG)
Infoline: (11) 3229.7442
Imprensa: (11) 964.197.206 - press@theultimatemusic.com
Censura: 14 anos
Ingressos:
Pista: R$ 80,00 (1° lote promo/estudante)| R$ 100,00 (2º lote promo/estudante)
Mezanino: R$ 150,00 (apenas 50 pessoas)
*valor promocional/estudante mediante apresentação de 1kg de alimento não-perecível ou carteirinha de estudante do ano vigente no dia do show.
Pontos de venda:
Galeria Presidente: London Calling - R. 24 de Maio, 116 - (11) 3223.5300
Galeria do Rock: Consulado do Rock - (11) 3221.7933 | Loja 255 (11) 3361.6951
Santo André: Metal CDs – R. Dona Flaquer, 184 - (11) 4994.7565
Ingresso online: http://www.ticketbrasil.com.br
Leia mais
David Gilmour divulga cover de Beatles e deve se apresentar no Brasil em Dezembro


Para promover seu novo álbum solo, "Rattle That Lock", previsto para sair em 18 de setembro, David Gilmour liberou um cover da clássica "Here, There and Everywhere", composta por Paul McCartney nos Beatles.

A música, que foi gravada há cerca de dois anos com seu filho, está saindo numa matéria exclusiva sobre o guitarrista na revista Mojo. 

Na entrevista à Mojo, Gilmour falou do impacto dos Beatles nele como músico. “Realmente gostaria de ter participado dos Beatles”, disse o guitarrista do Pink Floyd. “[Eles] me ensinaram como tocar guitarra; aprendi tudo. As partes de baixo, os solos, a base, tudo. Eles eram fantásticos.”



David Gilmour no Brasil

No site não oficial do ex-guitarrista/vocalista do Pink Floyd, shows no Brasil, Argentina e Chile são dados como confirmados.

Marcado para Dezembro, as datas que devem ser confirmadas em breve são:

12/12 - Allianz Parque - São Paulo
14/12 - Pedreira Paulo Leminski - Curitiba
16/12 - Arena Gremio - Porto Alegre
18/12 - Hipodromo de San Isidro - Argentina
20/12 - Estadio Nacional de Chile - Chile

Fiquem atentos aqui no site para mais informações!!

Leia mais
domingo, 23 de agosto de 2015
sexta-feira, 21 de agosto de 2015
The Strypes lança oficialmente novo disco, ouça aqui!!


Lançado no Japão há cerca de um mês (quando era previsto o lançamento mundial), hoje oficialmente foi lançado nos serviços de streaming e na mídia física ao redor do mundo o segundo disco do grupo irlandês The Strypes (leia entrevista EXCLUSIVA, feita  há 2 meses, no  dia do show do Cultura Inglesa, que pode ler sobre aqui), intitulado Little Victories, ouça no fim da matéria.

Leia mais
quinta-feira, 20 de agosto de 2015
Curta-metragem apresenta imagens inéditas do histórico festival Banana Progressyva em 1975

Fernando Tibiriça, idealizador do evento que foi uma longa viagem sonora regada a muito rock progressivo – foto: reprodução
O lendário festival Banana Progressyva definitivamente está de volta! O evento, que embalou a noite paulistana e revelou a nata rock e da música alternativa brasileira, completa 40 anos de realização e celebrará o seu legado em várias edições até o final do ano.

Leia mais
Faith No More lança videoclipe para 3º single de novo disco

Ainda há ingressos para o show em SP (Foto: Marc Nader)
Tudo indica que a apresentação do último dia 8 de maio, no The Fillmore, em Detroit (EUA), foi extremamente especial e proveitosa para o Faith No More. Após apresentar videoclipe gravado durante esta exibição para a poderosa “Superhero”, o grupo acaba de lançar mais um registro daquela noite.

Leia mais
terça-feira, 18 de agosto de 2015
Primeiro show em estádio completa 50 anos


No dia 15 de Agosto de 1964, os Beatles fizeram aquele que provavelmente foi o maior e mais louco show da banda que excursionou até em 1966.

O show no Shea Stadium foi um marco para toda uma história de shows que vieram a partir desse, que foi o primeiro show a ser feito num estádio (no caso, se Baseball) e passou a se tornar algo comum, entre shows de diversos estilos, espalhados por todo o mundo.

Leia mais
John Wayne anuncia novo disco e lança clipe

Banda toca dia 24/09 no Rock in Rio (Foto: Felipe Nevares)
A banda paulistana John Wayne é considerada um dos destaques da nova geração do metal nacional. Com letras cantadas em português e um som pesado, rápido e cortante, o quinteto tem um EP e um álbum, Tempestade, na bagagem. Agora, eles assinaram contrato com a gravadora Deck e lançam em setembro seu novo álbum, Dois Lados – Parte I, que já está em pré-venda no iTunes. 


Leia mais
segunda-feira, 17 de agosto de 2015
sábado, 15 de agosto de 2015
no image


Em entrevista à revista Classic Rock (leia o assunto em inglês), David Gilmour, guitarrista do Pink Floyd, oficializou o fim da banda. Portanto, Endless River, primeiro disco inédito em vinte anos, lançado no ano passado, será o último da banda.
"Já deu para mim. Passei 48 anos no Pink Floyd - muitos deles, lá no começo, ao lado de Roger [Waters, baixista fundador que deixou o grupo]. Aqueles anos, que agora são considerados nosso auge, eram 95% alegres, musicalmente engrandecedores, cheios de diversão e risadas. Eu certamente não quero deixar que os 5% restantes afetem meu ponto de vista do que foi um tempo longo e fantástico juntos. Mas já deu o que tinha que dar, acabou. Seria uma coisa falsa voltar e fazer tudo de novo", diz.
No ano passado, Gilmour já dizia que The Endless River seria o último disco do Pink Floyd. Depois da morte do tecladista Rick Wright, em 2008, o guitarrista disse que "seria errado" voltar a se apresentar com o Pink Floyd ao vivo de novo.
No Pink Floyd desde 1968, David Gilmour  lançará um novo disco solo, Rattle that Lock, no dia 18 de setembro.

Leia mais