MS SINGLES #23.1: Shallowsky, Muddibrooke, Cedric Saga, Wiesinger, IV Collin e mais entre novidades voltadas para o Metal, Rock, Acústico, Pop, Hip-Hop/Rap



METALCORE
SHALLOWSKY
É uma dupla norte-americana que estreia por aqui com um dos seus trabalhos mais recentes, divulgado nas plataformas de streaming e Youtube na última quinzena de Abril, chegando hoje em nossas descobertas.

Intitulada 'MUSCLESAREUSELESSAGAINSTGHOSTS', a faixa entre uma faixa completamente rockeira e que consegue unir vertentes do gênero como o metal (passando principalmente pelo metalcore), com vocais que nos remete a artistas como Bring Me The Horizon, com guitarras tão pesadas quanto a bateria ou o vocal, além de uma pitada de elementos eletrônicos ao longo do instrumental dessa grandiosa e muito bem executada faixa.

“Esta faixa é aquela em que deixamos a criatividade fluir”, compartilha Stephens. “Não partimos com nenhuma intenção por trás disso, só queríamos uma história e uma música interessantes que as pessoas pudessem realmente sentir. É melódico, é emocionante, um pouco assustador e divertido de cantar.”, comenta o artista em release oficial.

Assista ao videoclipe AQUI e ouça a faixa abaixo:


ROCK

BRADLEY DENNISTON
Diretamente de Los Angeles, esse é um artista que estreia por aqui com um single revelado nas plataformas de streaming ano passado, mas que descobrimos somente hoje e já apresentamos para os leitores brasileiros e internacionais do site.

Intitulada '15 Minutes To Midnight', essa é uma música que traz diversos elementos dos anos 80 para o rock, como sintetizadores e uma pitada de pop comercial para um lirismo sobre ansiar por uma paixão e esperar que eles finalmente lhe deem uma chance antes do final da noite. "Aqueles encontros próximos em que você quer dizer a eles como realmente se sente sobre eles e o momento está tão próximo, mas também essa janela de oportunidade está se esvaindo rapidamente." comenta o artista em release oficial.

Com vocais libertadores e uma linha instrumental que não animará as pistas, festas e não nos deixarão parados por um segundo sequer, a faixa apresenta todo o seu grande talento e é uma bela amostra do que podemos esperar para o futuro.

Ouça:



ROCK
MUDDIBROOKE
A britânica está de volta por aqui, com um grandiosa descoberta que fizemos hoje e já apresentamos para o público do site.

Entregando uma belíssima versão de 'You Don't Own Me' de Lesley Gore, a faixa inspirou diversos músicos desde os anos 60 e ganhou também diversos roupagens, como esse single completamente grunge, garage, punk e repleto de elementos anos 90.

"Queríamos trazer de volta essa música fantástica do nosso jeito; com guitarras grunge distorcidas e de tirar o fôlego e as letras aparentemente cuspidas de raiva; em resposta às velhas atitudes de mulher mantida.", comenta a artista em release oficial.

Confira o videoclipe AQUI e ouça a faixa abaixo:




ACÚSTICO
SCOT FREE SESSIONS
É um projeto de Scot Robinson, artista canadense que estreia por aqui hoje e iremos falar mais sobre abaixo.

Intitulada 'Ford Motel', ela foi divulgada em todas as plataformas de streaming durante o último dia 20 e traz uma sonoridade típica do country norte-americano, seja por conta do vocal principal, backing, guitarra, banjo ou outros elementos instrumentais feitos pela grandiosa banda formada por Bobby Cameron (Long John Baldry) nos vocais/guitarra, James LoMenzo (John Fogerty/Slash) no baixo e Kenny Aronoff (John Mellencamp/Bob Dylan) na bateria. 

Liricamente, a faixa é definida como uma música de verão e que festeja a liberdade. A faixa é mixada por Chris Bell (Don Henley, Reba McEntire) de Wimberly, Texas e masterizada por Gavin Lurssen (Alison Krauss, Robert Plant) no Lurssen Mastering em Burbank, Califórnia

Ouça ela e se energize junto abaixo:




CEDRIC SAGA
Diretamente da Alemanha, ele é um cantor e compositor de Hamburgo que estreia por aqui com um single divulgado recentemente nas plataformas de streaming e que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Intitulado 'Call My Name', a faixa entrega uma harmônica linha vocal principal e secundária, doce/suave e que nos emociona completamente, ainda mais em junção com a melódica linha instrumental dominada pelo violão e outros elementos acústico nesse que é o single de seu álbum de estreia.

A faixa entrega uma sonoridade indie folk e foi gravada entre seu home studio na Alemanha e um outro estúdio na Noruega, já a produção foi feita pelo músico norueguês Jarle Skavhellen. Masterização por Jan Tore Ness (Mors Kjeller Studio).

"A música foi escrita em um casamento em uma pequena ilha na Noruega. Foi concebida como uma canção de amor para o casal de noivos e tive o prazer de tocá-lo em vários casamentos desde então", comenta o artista em release oficial.

Ouça:



POP
THE MAGIC EPIC
É um projeto britânico que apresenta para o público ouvinte uma belíssima adaptação para o clássico 'Take On Me', do A-HA e que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Nela, ele entrega uma linha vocal sincera, emocionante e que se conecta perfeitamente com cada elemento instrumental responsável por dar uma intensidade ainda maior a essa grandiosa, perfeita e harmônica versão.

Sobre a decisão de fazer esse single, ele comenta: "Eu sempre gostei da música enquanto crescia, mas quando me pediram para fazer um cover dela em um evento, tive que ir embora e aprender, mas parecia tão natural para mim e decidi fazer minha própria versão da música".

O single foi gravado e produzido no The Brook em Londres por The Magic Epic e Andy Brook.

Confira:




WIESINGER
Cantor, autor, cinegrafista e muitas outros facetas podem ser feitas pelo canadense que estreia por aqui com 'Fomo', single revelado nas plataformas de streaming  há um pouco mais de um mês e que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Também contando com videoclipe, a faixa entrega para o público ouvinte uma sonoridade que trafega por diversas vertentes do pop, sendo o eletrônico a principal delas, apresentando um trabalho ótimo para as pistas de dança, festas e não deixar ninguém parado durante toda sua audição. 

Podendo ser definido como um hit de verão, a faixa foi composta durante o lockdown, onde o artista se viu faminto por alguma coisa, mas sem saber o que era de fato. Diante disso, ele começou a escrever esse single que pode ser ouvido abaixo.




ANTHONY BYRNE
Dá sequência ao eletropop, mas se voltando agora uma atmosfera que trafega pelos anos 80 e 90, com um single que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

Intitulado 'Exhale', esse trabalho foi revelado nas plataformas de streaming durante o último dia 27, a faixa entrega uma linha vocal dark, instrumentais e batidas que penetram em nossa mente e um lirismo sobre lutar contra a depressão, ansiedade e a culpa/vergonha de sentir que é você quem está no seu próprio caminho, como conta o artista em release oficial. No single, ele buscar narrar os pensamentos internos de quando está se sentimento deprimido e incapaz de fazer as coisas que desejaria, sentimentos que certamente serão identificados a outros tipos de ouvintes e fará com que eles estejam conectados a música. 

"Ao escrever a música, eu queria que a letra fluísse de uma linha para outra para imitar uma linha de pensamento fora de controle. "A produção da faixa apresenta muitas camadas vocais como um dispositivo para imitar a sensação de pensar demais e sua mente correr solta. Vozes vindo de todos os ângulos", define o artista. 

Ouça abaixo:




HIP-HOP/RAP
IV COLLIN
É um nome que estreia por aqui com o single 'Mr. Morale', divulgado nas plataformas de streaming em Maio e que iremos falar um pouco mais hoje.

Sendo divulgada nas plataformas de streaming durante a segunda semana do mês passado, essa faixa traz uma sonoridade clássica do hip-hop e rap, seja por conta do estilo vocal acelerado ou das batidas presentes em um trabalho que nos envolvem e fazem se sentir dentro da música do início ao fim.

"Comecei a escrever música porque era a minha maneira segura de me expressar. não é um ganho de dinheiro, mas eu adoraria ser capaz de ganhar a vida com minha paixão. Mr Morale é uma carta para mim mesmo para lembrar por que comecei a fazer isso em primeiro lugar", comenta ele, sobre esse single e seu trabalho num geral, em release oficial.

A faixa é um trabalho DIY que merece destaque e pode ser ouvido abaixo:




BIG JAE GUTSY
É um artista independente que estreia por aqui com 'Haterz', faixa divulgada nas plataformas de streaming na segunda quinzena de Maio  e que iremos falar um pouco mais sobre abaixo.

A faixa entrega uma sonoridade voltada para o hip-hop e rap, com timbres vocais clássicos da vertente old school do gênero, batidas boom bap, entre outros, ao longo de quase 4min20s de duração. Vale destacar também que ele é o responsável pela composição, produção e arranjos de cada um dos seus trabalhos, completamente DIY.

"A música sobre as pessoas não se divertirem e serem muito legais para curtir música e festas porque elas querem parecer durões e legais para curtidas no Instagram", comenta ele em release oficial.

Ouça:



Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

CUPOM GAROTOSDL - EDITORA BELAS LETRAS



CUPOM GAROTOSDL - EM TODO O SITE DA EDITORA BELAS LETRAS - SAIBA MAIS
mockup-joan-jett-1-verde