GROOVER APRESENTA #1: Sons de Mercúrio, Baby FuzZ, The Big Idea, Tenuta Mocajé, GR3YWXLF, Clint Is Good e Generik com lançamentos

Entramos em Setembro como influencers musicais da Groover e cada artista que enviar para nós sua faixa, ganhará destaque em uma matéria especial na "Groove Apresenta". Essas são os escolhidos para a 1a semana:


“Peregrino” é uma das 13 canções que integra o álbum “Entre Crendices e Amores Pagãos”, lançado em março de 2019 em parceria com o selo Ruffo. A música fala, de forma poética, sobre a chama desbravadora que queima dentro de cada um de nós enquanto buscamos o desconhecido. Contudo, para alcançar este objetivo, é preciso compreender a si mesmo e as jornadas que vivemos para enfim conquistar a felicidade, o autoconhecimento e a paz.

Segundo a dupla que forma a banda, “Peregrino” dialoga com o arcano do tarot ‘EREMITA’, carta que representa o iniciado, o buscador incansável, aquele que almeja a iluminação. “Na melodia da vida, somos responsáveis pelos acordes que tocamos e pelos versos que cantamos. Somos a luz que ilumina nosso próprio caminho”, afirma Cartre Sans.  

A canção, que está disponível em diversas plataformas de stream, também conta com clipe lançado em novembro de 2019. O roteiro, as imagens e direção foram de Ícaro Oliveira. A produção foi da Atelier Filmes. O álbum “Entre Crendices e Amores Pagãos” foi considerado pelo público o melhor álbum baiano de 2019, em votação realizada pelo site El Cabong – Resultado divulgado em janeiro de 2020. O grupo prepara, ainda para este ano, o lançamento de dois singles e um clipe. 


O gênio do indie rock, Baby Fuzz, oferece nostalgia envolta em uma jam glam, pop e rock. "Before Our Time" é um verdadeiro showstopper com um solo de guitarra que lembra QUEEN e um ótimo refrão de uma música muito bem animada.

"Before Our Time" trás analogias inteligentes trabalhadas na letra, "Jesus Cristo com um PS4", e alguns conselhos sábios "Se você não dá a mínima, então não envelhece". Certamente é uma música que resistirá Tempo.

'Before Our Time' é uma música afirmação otimista que revisita o relacionamento como um pensamento muito avançado para o seu próprio bem. É um sentimento de nostalgia por ser muito futurista, o que é uma espécie de paradoxo. 

Baby FuzZ, o alter ego de Sterling Fox, é indiscutivelmente um dos novos artistas mais interessantes da música. Em 2017, Fox estava prosperando como um dos compositores de maior sucesso no mundo da música pop, tendo escrito com nomes como Madonna, Max Martin, Lana Del Rey e outros.

De repente, e logo após a eleição de Trump, ele deixou a escrita colaborativa, mudou-se para o Canadá e desapareceu do mundo da música. Após um ano de isolamento em Montreal, Fox voltou aos Estados Unidos e ressurgiu como Baby FuzZ, um paradigma bizarro de glam rock audiovisual e normcore.

Ao longo de 2018, o FuzZ lançou singles e videoclipes produzidos por ele mesmo, atraindo a atenção de uma base de fãs leal. 

Por mais diversa que seja a música, as letras são uma narrativa singular e hiperconsciente, com fortes conotações políticas e sociais. Seu álbum de estreia, Plastic Paradise, quebrou o pop padrão, com seu som eletrizante e sem limites. O inimitável criador acumulou elogios de ilustres formadores de opinião como Consequence of Sound, Flaunt, Popdust, Indie Shuffle e muitos outros por seu som dinâmico e em constante mudança.

O álbum seguinte, Welcome To The Future, com certeza será a invasão alienígena completa do Baby FuzZ. É um álbum de conceito selvagem incrivelmente relevante para uma América distópica atualmente no meio de uma pandemia. A maior parte do álbum foi feita em quarentena em Los Angeles, e com certeza, é uma opus de glam rock absolutamente expansiva, mas claustrofóbica.

No começo do post, vocês podem ouvir e assistir ao single "Before Our Time" e se forem fãs de Indie Rock, com certeza vão amar a música e querer conhecer mais sobre a banda, caso não conheça.


REDES SOCIAIS

https://babyfuzzz.com/
https://www.instagram.com/babyfuzzzz/
http://www.facebook.com/babyfuzzz
https://www.youtube.com/c/BabyFuzZ


The Big Idea é um sexteto francês tocando junto desde 2015. O sexteto de La Rochelle lançado é o terceiro álbum "Margarina Hotel" na Only Lovers Records em 2019, viajou pela Europa várias vezes.

Este novo single foi escrito tendo em mente a ideia para gravar um hit indie de verão. 
As habilidades da banda em vários instrumentos são perfeitas para isso.

"Why (Why)" é o primeiro passo para o retorno da banda com um novo projeto louco para o final de 2020.


O que há para saber? Tenuta Mocajé, violinista e pianista parece mais à vontade no escuro, portas e janelas fechadas, uma vida tocando música, acompanhando artistas em seus trabalhos, banhados em música clássica, música de cinema e rock dos anos 70.

Além da mensagem que a letra traz ao ouvinte, eu adorei como foi feito o lyric video. Soube trazer a sutileza do som para o olhar de quem está assistindo ao vídeo e vocês podem conferir acima.

 

GR3YWXLF, pronuncia-se Greywolf, retorna com “Drip”. Uma faixa alternativa enérgica sustentada pelo discurso político atual.

Com seu sétimo lançamento independente do ano, misturando hip hop e pequenos elementos lofi apoiados por um fluxo único quase antagônico, em parceria com um instrumental de grande impacto (produzido por James, Jacob Alder). Fãs de Earl Sweatshirt e Kendrick Lamar vão se sentir em casa com este pesando sobre questões de auto-estima, postura acordada e agenda política.


Abalado pela música desde tenra idade, Clint Is Good primeiro segue um treinamento clássico antes de mudar para o rap e depois para o grime. Exigente, sua musicalidade e sua atração por instrumentos como o violão permitem-lhe desenvolver um universo musical singular.

O legado ressoa em seu primeiro EP "French Grime", um projeto presente em todas as plataformas de streaming desde 10 de maio de 2019.


O DJ internacional Generik se recupera com Fourcès do Reino Unido, numa boa house music na forma de “Need U”. 

Apresentando-se de Ibiza a Las Vegas, de Nova York a Bali, Amsterdã e Londres, A programação de Generik antes da pandemia global manteve os funcionários do passaporte trabalhando horas extras com residências na Pacha, Ushuaïa, Hi, e Mambo, em Ibiza, Las Vegas mega-clubes Omnia, Hakkasan, Wet Republic, Miami’s LIV, New Yorks ’Marques, como bem como apresentações regulares em festivais, incluindo Creamfields UK, Lollapalooza, HARD Summer, Festival X Australia, Life in Color e Sunnyvale na Croácia, ao lado de Calvin Harris, Annie Mac, Nicole Moudaber, Martin Solveig, MK e Fisher. 

Após remixes de Halsey e Dillon Francis e ARIA Club Chart # 1 anterior, gráfico viral e adições de rádio de suas faixas amigáveis ​​de verão ‘Bunny’, ‘The Weekend(com Nicky Van She) ',' Late at Night ',' So High 'e' Be There '(apresentando os vocais sedosos do colaborador de Duke Dumont A * M * E), um retorno à Austrália em 2020 viu Generik focar em novas músicas e em seu próprio selo ‘You Do You’, a mais recente é “Need U” ao lado de pares do recém-chegado Fourcès no Reino Unido dirigindo bateria e mãos na massa o piano aéreo para um corte puro de música House transatlântica que enche o chão!


Website: http://generik.com.au

Instagram: http://instagram.com/generik_dj/ 

Soundcloud: http://soundcloud.com/generik_dj