Header Ads

  • Breaking News

    Polysom relança famoso álbum do Som Imaginário




    Álbum mais aclamado do Som Imaginário, o instrumental "Matança do Porco" (1973) volta às lojas em LP de 180 gramas pela Polysom, numa parceria com a Universal Music.

    Terceiro disco do supergrupo formado, à época, por Wagner Tiso (piano e órgão), Luiz Alves (baixo), Robertinho Silva (bateria) e Fredera (guitarra), o registro apresenta forte influência do rock progressivo e psicodélico que tomava conta dos anos 70. Em suas diversas experimentações ao longo das nove faixas há desde "Armina - Vinheta 2", que relembra o estilo consagrado por pioneiros como Dooley Wilson, à catártica "Matança do Porco", que em seus onze minutos vai de suaves notas de piano a intensos solos de guitarra em meio a arranjos e coros orquestrais com participação de Milton Nascimento.

    Inicialmente criado como banda de apoio de Milton, o Som Imaginário também contou com a contribuição autoral do Bituca na música "Bolero". Com início das vendas previsto para novembro, "Matança do Porco" é um dos discos mais instigantes do repertório de artistas e bandas criados em torno do Clube da Esquina. Em breve, seus fãs poderão ouvi-lo em vinil exclusivo de alta qualidade sonora.


    Mais informações: Polysom