Header Ads

  • Breaking News

    Teco Martins, Tiago Elniño ft Tássia Reis, Sick Dogs in Trouble, Blastfemme e Peixes Voadores entre os lançamentos que encerram Julho

    Completando 10 anos de arte de rua, Teco Martins se prepara para lançar seu segundo disco solo e para isso, fecha o ciclo do debut “Solar” com o clipe de uma das faixas mais ouvidas do registro lançado em 2018. “Música para o Amor da minha Vida” ganha um vídeo que mostra a conexão com o natural como um objetivo da jornada humana. O clipe está disponível no YouTube e a faixa, em todas as plataformas de música digital.




    Com rimas fortes e ao mesmo tempo acolhedoras, Thiago Elniño acaba de lançar “Os Pretinho Bem. Faixa, em parceria com a cantora Tássia Reis, é um boombap clássico e está disponível em todas as plataformas digitais, esquentando para o próximo e segundo disco do artista, "Pedras, Flechas, Lanças, Espadas e Espelhos".

    Enquanto escrevia esse som, fiquei pensando bastante em Muhammad Ali. Apesar dele ser duro e agressivo contra o racismo, era completamente doce, carinhoso e divertido com nosso povo. Acho uma bela referência para nossa luta. Se estamos ativos e determinados em não aceitar que racistas nos calem, definitivamente, devemos estar mais ativos ainda no cuidado com os nossos, tendo isso como prioridade, para que estejamos nos sentindo amados, acolhidos, saudáveis e seguros, ressalta.



    Atração do "Só A Música Salva" de Junho, a Sick Dogs in Trouble lança também nesta Sexta-feira (26) seu EP Glitter in the Gutter em todas as plataformas digitais e em cópias físicas pela CRAIC DEALER Records.

    Raul Signorini deu a vida a músicas, produzidas com a ajuda de Matheus Krempel (The Bombers) e que virariam logo depois os primeiros singles da banda. Nos farrapos da cena Hardrock, perdidos pela rua Augusta, que Felipe Skid, Lucas Magalhães e Daniel Vicari acabaram entrando na banda que, agora, lança seu primeiro EP.




    Atenção, ouvidos que amam uma sonzeira punk rock: a Blastfemme lança o seu primeiro disco, “Blastfemme” (independente), nas plataformas digitais na sexta, dia 26 de julho. Formada por Dani Vallejo nos vocais, Igor de Assis na guitarra, Jhou Rocha no baixo e Vladya Mendes na bateria.

    O álbum “Blastfemme” reúne dez músicas, compostas pelos seus integrantes. A maioria fala de relacionamentos, do primeiro ao último suspiro, em várias fases. E vai além do amor sexual, incluindo o que vivemos a dois em uma amizade também. “A gente já começa anunciando um fim em ‘I Don’t Love You Baby’. Essa é sobre aquele fim que demora para se estabelecer”, conta Dani.

    A banda já tem cinco shows marcados: No Escritório (Rio de Janeiro) em 2 de agosto; no Z (São Paulo) em 8 de agosto; no Clandestino (Campinas) em 9 de agosto; na Cervejaria Bamberg (Votorantim) em 10 de agosto; e, na Audio Rebel (Rio de Janeiro) em 5 de setembro.




    É aquela ideia clássica, gigante que adormece, retorna ainda mais forte. E a Peixes Voadores entraram em estúdio e saíram demonstrando ainda mais força com sua música inédita, cantada em inglês e ainda mais pesada.



    A gravação foi feita no estúdio Áudio Porto em Porto Alegre, a música é um registro que fará parte do novo disco como nos conta Eduardo Daronch: "...na verdade em nossos shows sempre reproduzimos canções em inglês, vínhamos tocando muito Black Sabbath por exemplo, então pensamos... Porquê não cantar em inglês? Já que é o rock and roll é um gênero tão universal."



    A música pode ser conferida no Youtube e Facebook, assim como o som mais maduro ao Stoner e viajando então ao inglês como primeira canção da banda na língua estrangeira, a capa do single pode ser observada com a presença de um peixe indo em direção ao novo. A filmagem mostra a banda em ação, em um cenário mais íntimo, demonstrando união e amor pela música e fãs que apoiam a gigante Peixes Voadores.