Header Ads

       
  • Breaking News

    ForMusic: Confira lançamentos de Circa Waves, Matt Simons, Fontaines DC e Tom Speight

    Foto: Hollie Fernando
    O Circa Waves divulgou seu novo álbum de estúdio What’s It Like Over There? em todas as plataformas digitais. O novo trabalho marca algumas mudanças sonoras no estilo da banda que já foram divulgadas para o mundo nos singles que anteciparam o lançamento do disco. Ouça agora em todas as plataformas digitais.

    Foto: Shervin Lainez
    Foto: Daniel Topete
    2018 viu o tão esperado retorno de Matt Simons, começando com o lançamento do hit 'We Can Do Better', lançado em abril, que continua a crescer globalmente. Em 2019, ele levou as coisas para um novo nível com algumas composições soberbas demonstradas em seu terceiro álbum, "After The Landslide", lançado na última sexta, 5, pela [PIAS]. Ouça agora em todas as plataformas digitais. O Fontaines. D.C. lançou hoje seu segundo álbum de estúdio, intitulado Dogrel - a palavra se refere a uma forma grosseira de se dirigir a  classe trabalhadora tradicionalmente irlandesa,   historicamente desprezada pelos críticos literários (estabelecimento e privilégios de classes mais altas). O disco já recebeu nota máxima no review do jornal britânico The Guardian e pela revista NME.


    Foto: Tem Leishman
    O aclamado cantor e compositor Tom Speight lança seu aguardado álbum de estréia, Collide, hoje pela AWAL. O álbum inclui quatro singles de playlists da Radio 2: "Strangers Now", "Want You", "Waiting", além do novo single "Heartshaker" (assista ao vídeo aqui). 

    Collide foi gravado no Jam Hut Studio em Devon e no Abbey Road em Londres, com Chris Bond (Ben Howard) produzindo todas as faixas além de "Lost To Me", que foi produzido por Guy Massey. Os artistas envolvidos na produção do álbum incluem Lisa Hannigan, Jessica Stavely-Taylor (Staves), Freios de Turin, Carey Willets (Atleta), Benjamin Francis Leftwich e Lydia Clowes.

    Quando criança, Tom Speight ouvia interminavelmente os primeiros álbuns de Leonard Cohen, pegando emprestado o violão de sua irmã mais velha para elaborar alguns acordes. Tom sempre soube que ele iria seguir uma carreira musical, uma ambição que o levou a Liverpool para estudar na LIPA, onde ele ganhou o prêmio de melhor compositor do ano e teve a sorte de se apresentar para Paul McCartney.