Header Ads

       
  • Breaking News

    SlipKnot: Percussionista, Chris Fehn, não faz mais parte da banda




    O Slipknot anunciou hoje a saída de um dos seus integrantes. Em uma mensagem oficial em seu site, a banda divulgou que Chris Fehn, um dos percussionistas e muito famosos por trajar uma máscara com um enorme nariz, não faz mais parte do grupo, meses antes da chegada do novo disco, em agosto.

     "O Slipknot está focado em fazer o álbum número 6 e nos próximos shows pelo mundo. Chris sabe o motivo de não ser mais um integrante do Slipknot. Nós estamos desapontados que ele escolheu apontar dedos e manufaturar demandas, em vez de fazer o que era necessário para continuar com o Slipknot. Nós gostaríamos de dizer que preferíamos não ir por este caminho que ele quis, mas evoluir em todos os em todos os assuntos é algo fundamental na vida. Longa vida ao 'Knot'", diz o comunicado.

    Na semana passada, notícia publicada pelo site The Blast dizia que Fehn processou o Slipknot, acusando a banda de não lhe pagar integralmente os valores que lhe cabiam, incluindo porcentagens da venda de merchandising, por exemplo. Na ocasião, o grupo não respondeu à matéria

    A notícia vem logo depois que a banda anunciou uma turnê norte-americana completa e mostra o apoio ao Metallica na Austrália no final deste ano. O sexto álbum do Slipknot, ainda sem título, deve ser lançado em 9 de agosto.
    O outro percussionista, Shawn, disse recentemente que o novo disco é como descobrir o Slipknot novamente.
    “Eu não sou fã da qualidade do som do nosso primeiro álbum, porque há um barulho na minha cabeça. Eu não estou falando por mais ninguém aqui, e não estou tentando tirar nada, então, por favor, não estrague minhas palavras aqui! A linha de fundo é, para mim, há um barulho na minha cabeça que está constantemente aumentando à medida que envelheço. Quando eu comecei a banda, eu tinha 26 anos, ok? Eu vou fazer 50 em setembro, e o barulho muda. Portanto, este álbum é como ... não sendo dada uma outra chance, porque não precisam de uma chance. Estamos aqui . Mas este álbum é como descobrir-nos novamente como seres humanos mais velhos. Você tem um certo tipo de guerra em 98, e agora você vai ter outra guerra em 2019. ”
    Fehn estava no Slipknot desde 1999, antes do lançamento do primeiro disco, responsável por alçar a banda à fama de proporções globais. Um dos diferenciais do grupo sempre foi a presença de, além da bateria, dois percussionistas, o próprio Fehn e Shawn Crahan. Já no primeiro disco Fehn aparecia trajando a máscara que teria algumas alterações de álbum a álbum, mas que manteria como característica principal o longo nariz. Ele ainda era responsável por parte dos backing vocals nos shows.