Resenha do filme "Fantástica"


Dir: Yongchang LinHuida Lin

Dois irmãos ursos, Briar e Bramble, tentam impedir que o lenhador Vick destrua a floresta onde vivem. Ao mesmo tempo, longe dali, estão alguns exploradores, fazendo uma busca sobre um tesouro perdido, em um lugar místico e animado chamado Fantástica. Ladrões são enviados para roubar o Tesouro Dourado. Mas ainda há uma solução quando a simpática robô Coco se une aos irmãos Boonie Bears, Vick o lenhador e uma guerreira da floresta. Juntos eles irão proteger o seu lar dos criminosos.

Fantástica é uma animação super divertida e repleta de aventuras, mas apresenta algumas falhas aos olhos mais exigentes como por exemplo, cenas de perseguição repetitivas, personagens exageradamente burros e diálogos fracos. Ainda assim, personagens carismáticos são entregues de bandeja ao público, e fica a critério dele escolher entre Vick e a hilária Coco, principalmente por ver que a relação dos dois cresce de maneira divertida e que proporciona bons risos do público.

Por um lado, temos personagens carismáticos e que conquistam o público, de outro temos vilões rasos, mas que apresentam boas cenas de lutas contra os aventureiros. O charme principal fica no vilão “chefe” da história, que apesar de ser caricato e clichê, acaba entregando uma mensagem importante no final. Devido a atmosfera absolutamente infantil, não diria que é um filme família, mas com certeza é um filme fácil e que distrai a molecada para os pais que buscam um bom divertimento saudável para seus pesquenos.

Não exija momentos tensos ou de grandes reflexões como os que os grandes estúdios que conhecemos nos proporcionam. Fantástica é voltada especialmente para o público infantil, ou seja, não há necessidade de aprofundamento em personagens e até mesmo na história, porque o objetivo é se divertir e isso a animação proporciona quase que a todo instante. Fantástica, Uma Aventura no Mundo Boonie Bears é realmente fantástica, proporciona momentos leves, divertidos e uma mensagem interessante ao público infantil.

Nenhum comentário