Pitty, Vênus Negra, War Industries Inc. e Burning Ambition nos lançamentos da semana

Pitty apresenta o clipe do single “Te Conecta”. O vídeo foi gravado em São Paulo e dirigido por Cisco Vasques. Com cenário e figurinos retrô, as imagens foram feitas numa festa em clima intimista. Além da banda, formada por Martin Mendonça (guitarra), Gui Almeida (baixo), Paulo Kishimoto (teclado) e Daniel Weksler (bateria), participam do vídeo Claudinha Rosa (Mãe Claudia), Carolina Borrego (Mãe Carol), a youtuber Alexandra Gurgel (Canal Alexandrismos), a cantora Emmily Barreto (Far From Alaska), a rapper Tássia Reis, a youtuber Preta-Rara, a influenciadora Ju Rangel (coletivo Toda Grandona), o músico ChiRu Chama, a atriz Aline Leony, Teteti e Pagu Senna. 


“Te Conecta”, de autoria de Pitty, foi lançada nas plataformas digitais há um mês pela gravadora Deck e já pode ser ouvida nas principais rádios do país. A música traz uma sonoridade diferente, na qual a cantora usou influências de vários gêneros que fazem parte da sua bagagem, como o reggae e o dub. A letra foi escrita enquanto ela fazia uma reflexão pessoal e fala sobre buscar um lugar de conexão consigo mesmo. 







Riffs arrastados, densos, mas também recheados de fuzz, em compasso com o baixo pulsante e batidas rítmicas moldam o stoner rock da Vênus Negra, que viaja entre ondas psicodélicas e momentos doom. Com estes elementos, a banda de Natal (Rio Grande do Norte) experimenta diversas sonoridades no envolvente disco de estreia homônimo, já nas principais plataformas de streaming pela Abraxas Recordshttps://onerpm.lnk.to/VenusNegra.
O 74 Club, em Santo André, que tantas vezes ferveu com shows da War Industries Inc., foi também o local escolhido pelo power trio de garage punk para gravar uma live session – pesada e com requintes de apresentação ao vivo! A música escolhida foi ‘The Fire is The Weapon Divine’ e o resultado está aqui:



Em 2011, o francês Josquin Lauton veio morar no Brasil após se formar em música na Holanda. Circulou pelo país promovendo um intercâmbio musical e trabalhando com artistas de diversos lugares e diferentes estilos. Após se estabelecer no sul, trabalhando como professor, começou um projeto autoral com outros acadêmicos de música. Devido afinidades musicais, o grupo acabou se transformando num duo.

Com o percussionista e saxofonista Matheus Moresco, Josquin fundou a banda Burning Ambition. O resultado sonoro é uma improvável fusão de grunge com prog, amalgamado com jazz e pitadas de electro. Essa formação compôs e gravou Ney Mon General, um álbum com 4 faixas. O título chega agora em todas as plataformas digitais e tem previsão para ser lançado em breve em CD e vinil através do 180 Selo Fonográfico.

Com esse projeto multicultural, Josquin e Moresco oferecem uma música europeia, mas com ritmo e linguagem brasileira. Apesar de estar baseada no sul do Brasil, a intenção da Burning Ambition é divulgar seu trabalho no exterior. Lauton fala em integrar o público pela música, oferecendo através dela um calor humano que identifica como a quintessência da musicalidade brasileira.

Ney Mon General revela uma sonoridade singular. Sem guitarras, os autores criaram uma obra com baixo, bateria e voz. Teclado, sax, vibrafone e programações acrescentam elementos nessa mistura, que utiliza o jazz enquanto vocabulário. Ambiências e texturas ajudam a moldar uma obra única, carregada de uma identidade europeia e brasileira ao mesmo tempo. Ouça completo aqui.


Nenhum comentário