Pedro Mauro Pedro Mauro Author
Title: Resenha: Deadpool 2 [SEM SPOILERS]
Author: Pedro Mauro
Rating 5 of 5 Des:
Deadpool 2 – Dir: David Leitch   -   por Pedro Mauro Desde Guardiões da Galáxia, a Marvel viu a mina de ouro em misturar gêner...

Deadpool 2 – Dir: David Leitch   -   por Pedro Mauro

Desde Guardiões da Galáxia, a Marvel viu a mina de ouro em misturar gênero “super herói” e comédia. Tanto que o Volume 2 e Thor: Ragnarok passaram pelo mesmo processo de “humorização”. A diferença é que Deadpool, por natureza já vem com seu humor escrachado desde os quadrinhos então é mais fácil absorver algumas piadas mais pesadas, referências à cultura pop e é claro, muito humor negro.


E Deadpool 2 aproveitou a excelente recepção de seu antecessor para escrachar ainda mais suas piadas. David Leitch soube aproveitar muito bem o legado deixado por Tim Miller e nos dá novos momentos hilários e bizarros na sequência. O filme consegue não se perder, entregar algo novo. Já conhecemos Wade Wilson e seu ótimo senso de humor, já estamos mais familiarizado com seu universo e o mercenário tagarela tira aproveito disso para nos fazer rir ainda mais que no primeiro filme.


Pela segunda vez consecutiva, temos o recente Josh Brolin interpretando um vilão do universo Marvel. Seu arco, assim como o do próprio Deadpool se cruzam e tomam caminhos completamente inesperado, evitando clichês comumente saturados. Isso tudo, depois de uma fantástica cena de abertura com direito a reviravoltas que deixam o espectador sem entender nada num primeiro momento.


Se tem algo que da gosto em dizer, é que apesar de toda comicidade costumeira que envolve o Deadpool, ainda temos tempo para nos emocionar e crescer com o nosso herói. As piadas estão ainda melhores e sacadas absolutamente geniais, ainda mais no que diz respeito as zoações com os X-MEN. Isso porque entre os 2 filmes, a Disney, que já possuía a Marvel também comprou a Fox, que até então possuía os direitos sobre os mutantes. Ou seja, com tudo pertencendo ao mesmo estúdio, fica mais fácil satirizar outros universos já conhecidos.


As cenas de lutas também mantiveram a qualidade do primeiro filme. Dessa vez com mais personagens em cena, e muito mais ação. E com a ação aumentada, junto vem sua violência também mais brutal, justificando até sua censura +18. David Leitch não teve medo de arriscar trazer mais da narrativa que vimos antes, mas sem se repetir. Isso também se deve à um roteiro que escolhe caminhos inusitados até mesmo para o universo de Deadpool. E é justamente por isso que funciona tão bem quanto o primeiro. É diferente, é arriscado e completamente divertido.


Deadpool 2 chegou com tudo. Mais forte, maior e definitivamente sem pudor nenhum, daquele jeitinho adoramos o mercenário tagarela. Como de praxe em um filme Marvel, temos a cena pós-créditos, que é sem dúvida a MELHOR cena pós-créditos já feita. E dessa vez, já adianto que não precisa esperar até todo o letreiro dos créditos, as cenas vêm logo após os nomes do elenco principal e é tudo. Tudo o que esperávamos do super-heróis mais divertido que amamos.


Nota – 5 estrelas

Postar um comentário

 
Top